Clube do Pai Rico
Adquira o seu agora mesmo!

Saiu a convocação da sua carteira da Copa !!

Ontem o país parou para ver o anúncio dos convocados para a Copa da Rússia. Você viu ?

Se não viu, não tem problema, eu vou lhe dizer quem poderia embarcar na sua carteira para esta Copa ! 😉

Opa … não não, não vou falar da seleção. Ou até vou … Mas será de uma seleção que realmente importa e que pode lhe ajudar a formar patrimônio. (e quem sabe te levar para assistir os jogos das próximas Copas, hehehe)

Papel e caneta na mão e vamos à convocação !! 😀

Goleiro

A sua última linha de defesa. É o goleiro que poderá salvar a partida no último segundo de jogo, caso um ataque inesperado surja e pegue seu time de surpresa. É ele que estará lá para lhe proteger e garantir sua tranquilidade.

#1 Caderneta de Poupança

Não poderia ser diferente. Na hora do “pega pra capar” é ela que está lá. Capital protegido, rendimento garantido, liquidez total. Em uma situação de emergência é com ela que sempre podemos contar.

Como reserva do reserva para esta posição poderíamos escalar a própria conta corrente. Não é o meu preferido … mas pode ser uma proteção extra.

Zagueiros

Aquele que impede que o goleiro seja acionado. A última linha de proteção e que ainda consegue armar uma ou outra jogada. 😉

Pensemos em quem pode nos proteger e ainda render alguma coisa:

#3 Tesouro SELIC

#4 CDB

Investimentos que lhe garante proteção e algum retorno. Nada de excepcional quando pensamos no gol tão desejado. Mas sem eles … ficamos desprotegidos e sem condições de um bom contra-ataque. 🙂

Meio de campo

Ainda com algumas características de proteção, mas olhando pra frente, tentando ligar o ataque, aqui vemos alternativas que oferecem algum retorno, mas que precisam redobrar sua atenção quando resolvem “partir pra cima“:

#5 Câmbio

#7 Tesouro Prefixado

#8 Tesouro IPCA

O câmbio tem uma característica praticamente 100% de proteção. Especialmente indicado para quem tem algum tipo de gasto em moeda estrangeira, mas que também pode ser usado como proteção contra variações cambiais mais fortes. Como goleador … são raras as vezes que vemos um surgindo nessa posição.

Já os Tesouros IPCA e Prefixado estão lá para proteger e trazer rendimento. Quando seguem seu propósito, de ficar até o fim da partida, podem nos trazer retornos BEM interessantes. O problema é que muitos são usados como atacantes … e quando o são, acabam deixando o espaço aberto para contra-ataques. Indo até a linha de fundo garantem o que foi acertado em contrato. 😉

Atacantes

É aqui que a alegria mora ! São os jogadores que irão te trazer os tão desejados gols. É o ataque que irá se destacar e que poderá lhe garantir o campeonato. 😉

#9 FII

#10 Ações

#11 Opções

O FII veio para substituir o investimento tradicional em imóveis. Tadinho … se contundiu. 🙁

Os FIIs jogam bonito, trazem robustez para o time e ainda nos proporcionam alguns belos gols. Com a possibilidade de valorização e a geração de aluguel, tem muito time que se preocupa mais com eles do que com os outros atacantes. (antigamente todos queriam e só tinham ele em sua escalação …)

Já as Ações são o nosso camisa 10 ! É ele que vem dando show. É ele que vem arrancando os aplausos da torcida. Quando em boa fase é garantia de espetáculo e de casa cheia ! 😉

Como não podia deixar de ser … o nosso matador, o artilheiro do time é a melhor opção do time ! 😀

As Opções, quando bem usadas, podem garantir o campeonato em apenas uma ou duas jogadas. Muitas vezes está tudo parado … quando vem uma opção e estufa as redes. Surge do nada, com uma explosão maravilhosa e garante a partida. 🙂

E nas laterais ?

Qual é mesmo a função dos laterais ? Isso: ligar todos os setores do time e criar jogadas sempre que possível. Portanto … os nossos laterais serão ligados a Educação !! 😉

#2 Livros

#6 Cursos

SIM ! É a educação que irá lhe permitir organizar o time. É graças ao apoio dos laterais que as coisas andam. Eles “passeiam” entre os zagueiros, o meio de campo e o ataque. São eles ligam uma ala a outra e permitem que as jogadas ocorram. Uma hora mais focados na defesa, outras no ataque, a educação é fundamental para que tenhamos uma carteira que funcione direito, que jogue um jogo bonito, que proporcione um espetáculo.

Tente organizar um time sem a presença dos laterais pra ver o que acontece … 🙄

Acredite: se você, como técnico deste time, entender como cada um desses jogadores atua, encontrar suas vantagens e desvantagens, terá em mãos um elenco vencedor e que irá garantir o caneco no final do campeonato ! 😉

Mas me diga, qual seria a sua seleção ideal ? 😀

Investir em BrasilPrev é uma boa ?

Pergunta:

Olá Zé, boa noite! Fiz recentemente um BrasilPrev para o meu filho, o que você acha sobre esse tipo de “investimento”?

Resposta:

Bom dia Gabriela,

Antes de qualquer coisa: parabéns ! Você está proporcionando uma coisa que poucas crianças têm acesso. A oportunidade que seu filho está tendo lhe trará uma incrível vantagem no futuro. Se isso vier junto de Educação Financeira então … 😉

Para localizar melhor as coisas, a pergunta da Gabriela foi publicada na forma de comentário no post “Como juntar dinheiro para o meu filho até ele completar 21 anos ?“. Sugiro a todos que leiam. 🙂

O que eu acho da previdência privada do Banco do Brasil ? O que eu acho do BrasilPrev ?

Olha … Acima de tudo isso é um investimento. 😀

Pode não ser o melhor … O que mais me agrada … O que oferece o melhor retorno … Mas é um investimento. E só por isso já é algo bom.

Mas … É, não é um dos que mais me agrada. 🙁

São casos específicos que me fariam usar uma previdência privada. Praticamente só no caso de uma “complementação” por parte do empregador. Em alguns casos ele “dobra” o valor que você aportar mensalmente (até um determinado limite), em outros até um pouco mais. E como não podemos reclamar de “dinheiro de graça” … 😉

O problema é que é basicamente esse único caso que me faria pensar em aportar em um PP. Não vejo grandes vantagens na modalidade.

Dando uma olhada na rentabilidade deles, reforço a minha posição.

O retorno é bem baixo (comparando com seus semelhantes) e você poderia tê-lo superado, facilmente, se investisse diretamente. Na compra de títulos do Tesouro, para a renda fixa, ou em ETFs, para o multimercado. As taxas das previdências privadas – na minha opinião – matam o investimento …

Muitas vezes escolhemos esse tipo de investimento por uma sugestão do banco/gerente, ou por conta da facilidade de investimento proporcionada por ele. Com o rendimento oferecido, consegue entender o motivo para ser tão “fácil” ? 🙄

O problema é que o investimento direto, 100% administrado por você, poderia ser tão simples quanto e com o mesmo nível de risco apresentado por uma PP como o BrasilPrev. Mas na maioria das vezes as pessoas não sabem disso. (e algumas fazem questão de não querer saber)

Eu te respondo na forma de pergunta: o que te levou a escolher esse tipo de investimento ? Qual foi a vantagem que você enxergou que te fez preferir ele às outras alternativas ?

Gostaria de te ouvir antes de darmos continuidade ao papo. 😀

Abraços !

O Tesouro Direto é protegido pelo FGC ?

Pergunta:

Ze, os investimentos feitos no Tesouro Direto estão protegidos pelo Fundo Garantidor de Crédito?

Em caso afirmativo, o que acontece quando os investimentos no TD atingem 250.000 reais? Posso contratar outra financeira para fazer custódia de mais papéis que compro no TD, para assim, evitar ultrapassar o limite do fundo garantidor de crédito em uma instituição?

Resposta:

Bom dia Jackson,

Não, o investimento em Tesouro Direto não é protegido pelo Fundo Garantidor de Crédito (FGC).

A única garantia que temos em relação ao dinheiro aplicado no TD é realmente a promessa de que o governo federal vai honrar com seu compromisso … Em teoria esse é a “maior garantia” que um investimento pode ter. 😉

Falei sobre isso em um vídeo publicado no canal do Clube no youtube:

 

Digamos que se o governo não honrar seus pagamentos é porquê a coisa está feia e provavelmente o FGC também não daria conta de restituir todos os seus participantes. Então … seria uma garantia acima da garantia. 🙂

É … se houvesse uma quebradeira generalizada, mas generalizada mesmo, o FGC não teria recursos suficientes para entregar a grana da galera … 😯

Então, mesmo não tendo acesso ao Fundo Garantidor de Crédito, o investimento no Tesouro Direto é tão seguro quanto o de um investimento protegido por ele. 😀

“Ah, e se a corretora onde eu comprei o título quebrar, o que acontece ?”

Nada. 🙂

Da mesma forma que acontece com as ações, a custódia dos títulos do TD é feita pela Bolsa, através da CBLC. Se a corretora que você usou para comprar o título quebrar, você só precisará abrir uma conta em outra corretora e transferir sua “custódia” para ela.

Espero ter te ajudado. 😉

Abraços !

Tenho R$100 de sobra do meu salário todo mês, como investir e em que investir ?

Pergunta:

Tenho 100 de sobra do meu salário todo mês, como investir e em quer investir?
 

Resposta:

Bom dia Cleiton,

Existe uma infinidade de alternativas de investimento para quem tem R$100 disponíveis. De forma mensal então … 😉

Vou apresentar uma lista das que me vêm à mente, ok ?

Caderneta de Poupança: (sim, por quê não ?)

O investimento mais tradicional de todos … Que permite qualquer tamanho de investimento … Protegido pelo FGC … De fácil acesso, extrema liquidez, o investimento mais “papai com mamãe” que existe. 🙂

Hoje rende 70% da SELIC, aproximadamente 4,55% por ano. E como é isento de IR, é isso que você receberá.

Tesouro Direto:

O queridinho de 11 em cada 10 educadores financeiros, afinal com apenas R$30 é possível de se iniciar. Como já vimos em outra oportunidade, a coisa não é beeeem assim … Mas é assim. 😉

Existindo 3 alternativas:

Tesouro SELIC: a partir de R$90, entregando 100% da SELIC, mas com desconto de IR de acordo com a tabela.

Tesouro Prefixado: a partir de R$30, com rendimentos prefixados, entre 7,97% e 9,79% ao ano. Também conta com desconto de IR de acordo com a tabela.

Tesouro IPCA: a partir de R$30, com rendimentos entre 4,5% e 5,5% ao ano + a correção pelo IPCA. Também conta com desconto de IR de acordo com a tabela.

CDB:

Nos bancões você encontrará CDBs apenas para valores maiores … Se encontrar para R$100, será um que oferece algo perto de 80% do CDI (que é quase a mesma coisa que a SELIC), mais o desconto do IR.

Se for em um banco menor, encontrará CDBs oferecendo 100% do CDI, mais o desconto do IR, mais algum risco por conta do “tamanho do banco”.

Mas em ambos os casos, você é protegido pelo FGC. 🙂

Fundos de renda fixa:

Encontrará ? Sim. Mas com taxas de administração lá no alto. Coisa de 1%, 1,5% ao ano. Em um investimento que rende 6,5% isso é MUITA coisa ! Cai para 5% ao ano, mais o desconto do IR

Ações:

Sim !! Você pode investir em ações com um valor como R$100. Deverá partir para o mercado fracionário, de menor liquidez, mas com valor de “entrada” mais baixo. O problema aqui é o peso das taxas operacionais em cada aporte que for feito.

Deverá buscar uma corretora com uma taxa de corretagem mais baixa e que te ofereça isenção na custódia. 😉

Mas é renda variável … Não existe como você imaginar quanto virá a obter de rendimento.

FII:

Mesma coisa que as ações.

Hoje existem corretoras que já lhe oferecem corretagem grátis para que você possa operar com os Fundos de Investimento Imobiliário. Sensacional, não ? 😀

Mais algum ?

Certamente que sim ! Provavelmente dezenas de outras oportunidades … mas estas são algumas que me lembrei.

Agora … existe uma que a maioria simplesmente ignora. Uma que dá retorno certo e garantido. Uma que te oferece o menor nível de risco que se possa imaginar. Sabe qual é ?

A EDUCAÇÃO ! Sim, a educação te oferece acesso a todos estes investimentos que falei. Só falei porque parti em busca de informação e estudei sobre o tema. Se não tivesse, não saberia que eles existem e não poderia estar aqui falando sobre eles para você …

A educação transforma, por mais batida que a frase possa parecer. Ela é libertadora e gratificante.

Você pode partir em busca de estudo na web, existem infinitas fontes de informação na internet. Pode buscar em livros, pois com R$100 terá acesso alguns bons livros que te permitiriam conhecer melhor as oportunidades que existem.

Poderia fazer um de meus cursos, por exemplo. Gostaria de aprender sobre Bolsa ? O Minha 1x na Bolsa está disponível por parcelas mensais de R$47 ! O Double PUT Double CALL, por parcelas de R$77 !!

Ah, mas se eu usar esse dinheiro para o meu estudo, e não colocá-lo diretamente em investimentos, estarei deixando de obter o rendimento que ele poderia ter durante aquele período …

Lembra, será um investimento em educação. Você investirá a quantia hoje, mas em pouco tempo estará sabendo mais sobre outras oportunidades de investimento que te poderão trazer um rendimento muito superior às alternativas que tem disponíveis hoje. É uma das trocas mais justas que existe.

Justa e indicada. 😉

Quer deixar “pra depois” ? Deixe … Mas em algum momento você precisará destinar parte do seu capital ao investimento em conhecimento. E saiba que quando você fizer isso, dirá: “Por que eu não fiz isso antes ??!”

Invista. Existem inúmeras possibilidades disponíveis. Mas não se esqueça de investir em educação e conhecimento também. É isso que fará com que você cresça e atinja níveis nunca antes imaginados. 😀

Se você acha que a educação é cara, é porque não imagina o preço a ser pago pela ignorância …

Derek Bok

Espero ter te ajudado ! 🙂

Abraços !

[Guestpost] Vantagens e Desvantagens dos Fundos de Investimento Imobiliário (FII)

Olá pessoal, tudo bem com vocês? 🙂

Aqui quem escreve é Jonatam, fundador do Portal Pobre Poupador.

No final de semana estávamos, eu e Zé, conversando sobre Fundos Imobiliários.

Eis que surgiu o convite para escrever este post a vocês, contando um pouco sobre as vantagens e desvantagens desta modalidade de investimento.

Vamos nessa?

Acompanhe aqui e depois nos diga o que achou! 🙂

Fundos Imobiliários – O que são afinal?

Os Fundos Imobiliários são os instrumentos mais eficientes para qualquer tipo de investidor que queira ter acesso ao investimento em negócios de base imobiliária.

O mercado dos fundos imobiliários no Brasil vem crescendo de forma exponencial nos últimos anos, acompanhando de perto os fortes investimentos públicos e privados no setor de construção civil.

O grande aliado dos Fundos Imobiliários é a baixa barreira de entrada no investimento.

Por muitas vezes não possuímos grandes quantias de capital para o investimento em imóveis propriamente ditos, desta forma, a maneira mais fácil, segura e transparente de se investir neste setor é através dos Fundos Imobiliários. 🙂

Fundos Imobiliários – Vantagens:

Que tal vermos as principais vantagens deste tipo de investimento? Bora?

As vantagens do investimento em Fundos Imobiliários estão na ideia de exposição diversificada podendo o investidor adquirir cotas de fundos de shoppings centers, prédios comerciais, escritórios, hospitais, prédios educacionais, galpões de logística e outros de alto valor agregado e com bom preço.

Ué, como assim investir em grandes shoppings e afins?

É isso mesmo. Os Fundos Imobiliários têm, em seus portfolios, todos estes grandes tipos de imóveis que falei anteriormente.

Os gestores dos Fundos Imobiliários geralmente alugam os imóveis para grandes empresas: bancos, grandes redes, escritórios, faculdades, hospitais, etc.

Os contratos também são redigidos com cláusulas que protegem o fundo, ou seja, em caso de desistência do inquilino há, geralmente, uma multa por não cumprimento do contrato.

Gestão Profissional:

A gestão profissional dos fundos também é um fator positivo. Os Fundos Imobiliários são geridos por corretores especializados que possuem formação e experiência no ramo onde atuam.

Ao adquirir cotas de um fundo imobiliário, o investidor poderá contar com a gestão, administração e recomendação de especialistas envolvidos com estes ativos para auxiliá-lo na tomada de decisões.

Custos e Isenção do Imposto de Renda:

Os custos reduzidos também são aliados do investidor. Como taxas a pagar possuímos a taxa de corretagem aplicada pela corretora e a taxa de administração e performance do fundo escolhido.

Os rendimentos mensais recebidos são isentos de imposto de renda. Já os ganhos de capital obtidos através da venda de cotas possuem uma tributação exclusiva.

Pera aí Jon, rendimentos isentos? 😯

Sim!

Uma das principais vantagens desta modalidade de investimento.

São isentos de Imposto de Renda os rendimentos auferidos por pessoas físicas nesta modalidade de investimento.

As pessoas físicas são isentas do I.R. desde que não possuam mais de 10% das cotas do fundo e o fundo possuir no mínimo 50 cotistas com as cotas negociadas em bolsa ou mercado de balcão organizado.

Baixo Custo de Entrada:

Os Fundos Imobiliários propiciam a compra de cotas de imóveis com capital reduzido, ao contrário de imóveis físicos convencionais.

Com pouco dinheiro é possível entrar no mercado imobiliário através desta modalidade de investimento. Geralmente uma cota quando é lançada no mercado primário (início das negociações onde há o período de reserva) custam R$ 100,00.

Mas possuímos, atualmente, cotas de fundos imobiliários negociadas a menos de R$5,00.

Diversificação:

Já imaginou comprar um galpão de logística no Rio de Janeiro, um escritório na grande São Paulo, um hospital em Minas Gerais?

No investimento em Fundos Imobiliários podemos diversificar nossos imóveis entre setores e regiões, não ficando presos a um único ciclo de alugueis.

Fundos Imobiliários – Desvantagens:

Como vocês já puderam perceber, as vantagens dos Fundos Imobiliários são inúmeras, seja para pequenos, médios ou grandes investidores.

Maaas, apesar das vantagens, existem duas desvantagens que merecem destaque:

Liquidez:

Se você for um graaande investidor, com milhões aplicados em fundos, a liquidez pode ser um fator que pode incomodar. Ela costuma ser mais baixa que outros investimentos semelhantes, o que pode fazer dos Fundos Imobiliários um investimento mais arriscado quando um grande investidor, com muito dinheiro alocado, desejar se desfazer de seus papéis de forma rápida.

Inadimplência:

Este é um risco inerente ao mercado imobiliário em geral. Ele acompanha também os investidores que compram imóveis para locação.

A tão temida: inadimplência! Afinal, o inquilino do imóvel pode não pagar o aluguel ou atrasá-lo, certo?

Trata-se de um risco mitigado, afinal, os grandes gestores profissionais buscam traçar contratos seguros e bem elaborados para que esse risco seja bastante diminuído.

Mas, aí você me pergunta:

“Ceeerto Jon, e como aprendo a investir e consigo encontrar estes Fundos?”

Aí eu apresento a vocês o nosso curso Avançado sobre Fundos Imobiliários.

Curso Fundos Imobiliários 2.0:

O Curso Fundos Imobiliários 2.0 é indicado para investidores iniciantes que desejam se capacitar em Fundos Imobiliários e desejam montar uma carteira diversificada para o longo prazo.

Nosso principal objetivo é oferecer um curso introdutório com um preço acessível, para que esta modalidade de investimento possa ser disseminada para todos quatro cantos do nosso Brasil.

E para mostrar como estamos comprometidos com vocês, caríssimos leitores e amigos do nosso amável Zé da Silva, apresentamos uma proposta imperdível.

Nosso curso é comercializado pelo preço normal de R$297,90.

Mas para vocês, leitores do Clube Do Pai Rico, o valor não é este.

Que tal R$100,00 de desconto?

Isso mesmo!

R$100,00 a menos!

Por este link você pode garantir sua inscrição por incríveis R$197,90.

Sensacional não?

Aproveite e aprenda tudo sobre Fundos Imobiliários com o curso Fundos Imobiliários 2.0.

Abraços!!!

Jonatam César Gebing