Clube do Pai Rico
Solicite o seu agora mesmo!


Como declarar lucros e prejuízos obtidos em Bolsa ?

Pergunta:

Bacana suas informações, só estou com uma dúvida no seguinte.

Ano passado tive vários meses de prejuízo (ações e Day-trade), poucos com lucro ( que foram compensados pelos prejuízos). Na hora do preenchimento mês a mês, eu declaro apenas o prejuízo do mês ou vou somando com os prejuízos dos meses anteriores?

Resposta:

Bom dia Filipe,

Essa parte da declaração anual de rendimentos, onde fazemos a apresentação dos resultados obtidos em Bolsa, é bem simples. Fique tranquilo. 🙂

E quando falo simples, é simples mesmo. A única coisa que você precisará fazer é informar à Receita, de forma mensal, os resultados obtidos nas diferentes modalidades e produtos.

Lembra que você deve separar “operações comuns” de “daytrades“. Correto ? Isso já é o padrão utilizado no cálculo mensal que acaba resultando no DARF. Para a declaração anual, a única diferença é que você precisará apresentar estes dados por “produtos”. Como assim “produtos” ? Ações, Opções, Futuros … isso. 😉

Na imagem abaixo, que encontrei no Blog d’Uó! (valeu !), dá para ver isso melhor:

Consegue ver que tem os campos destinados às informações sobre Ações (Mercado à Vista), Opções (Mercado Opções), Futuros (Mercado Futuro) ? Neles é possível vermos que existem duas colunas: “Operações comuns” e “Daytrade“. Correto ?

Pois então … A única coisa que você precisará fazer é escolher o mês desejado (nas abas dos meses), o tipo do Mercado/Ativo, se foi uma operação comum ou um daytrade, e informar o resultado obtido naquela “modalidade”. O resultado daquele mês.

Você me perguntou se precisaria somar os resultados dos meses anteriores. Não, não é preciso. O próprio aplicativo da receita fará isso por você. Ele somará os lucros e prejuízos de cada modalidade/mercado/ativo e apresentará o resultado anual em um resumo bem direitinho. 😉

A sua única tarefa, nesse momento, é informar o dado mensal.

Espero ter lhe ajudado ! 🙂

Abraços !