Clube do Pai Rico
Adquira o seu agora mesmo!

Como faço para viver num país tão corrupto como o Brasil ?

Pergunta:

Preciso aprender a planejar, sonhar e viver honestamente neste mundo tão corrupto, que me enquadro, não no mundo, mas na corrupção que me envolve em todo tempo. Gosto do que faço, e teria mais prazer em saber lidar com dinheiro e tendo novas oportunidade para aprender a investir em outras áreas, eu, então, fico com essas palavras, buscando um motivo ou motivação para continuar…

Resposta:

Bom dia Alex,

O que posso lhe dizer sobre esse assunto … ? 🙁

Existem duas possíveis linhas a serem seguidas na resposta: enxergando o indivíduo e a coletividade.

Comecemos por nós … 🙂

O que fazer ? Façamos a nossa parte. Puro e simples: cada um faz o seu papel. Não aceite participar dos “esquemas”. Não tente dar um “jeitinho”. Não entre no jogo.

Ah, mas se eu fizer isso ficarei de fora de muitas oportunidades. Entrar no esquema é pré-requisito básico para que as coisas andem e funcionem …

Sim … você faz a sua parte e fica de fora do que for errado. Ponto final.

Consegue perceber que essa foi a desculpa de muitas empresas investigadas na lava-jato ? “Precisávamos aceitar a corrupção, senão não poderíamos participar das obras” … Não, você não precisa participar. Se isso está próximo de você, denuncie a um órgão competente que possa investigar.

Sim, você se sente “obrigado” para que possa trabalhar. Mas diga um simples e sonoro NÃO ! Ficará de fora de algumas oportunidades … mas ficará em dia com a sua cabeça, com a sua mente.

Não caia na tentação de “deixa que eu dou um jeitinho” … esse é o princípio básico de toda essa bagunça que estamos vivendo. Cada um tentando encontrar uma brecha, um “conhecido que conhece alguém” para encurtar um caminho que deveria ser igual para todos. E não pense que ao aceitar a oferta não estará fazendo mal para alguém … pois estará.

Por mais simples, por menor que seja a consequência, o problema assume o efeito bola de neve e acaba se tornando gigantesco.

Veja os números apresentados pela lava-jato na Petrobras … 😯

Garanto que a corrupção já existia desde sempre, mas nos níveis vistos agora ? Não, certamente que não …

Se olhar com carinho, verá que o agigantamento da empresa (e de sua dívida, e de seus planos mirabolantes de controle da produção mundial de petróleo) acompanharam de perto o crescimento das cifras da corrupção …

Começa pequeno … vai crescendo … e crescendo … e crescendo … Até fugir do controle e chegar onde estamos. 🙁

Diga não ! Durma tranquilo. Sabia que fez a sua parte. Já pensou se isso fosse prática comum ? 🙄

Conhece alguém que costuma fazer uso de artimanhas para conseguir as coisas ? Jogue na cara dela de que parte da culpa do que está ocorrendo é dela. Se possível, faça isso em público, na frente de pessoas de quem ela gosta. 😉

Agora, se o seu problema é realmente viver num lugar como o Brasil, onde a corrupção está escondida até mesmo nos pequenos detalhes, e não consegue mais suportar … Das duas uma: ou “aceita” (mas fazendo o que falei acima), ou tenta encontrar uma oportunidade em outro país. Infelizmente …

Sendo o mais sincero que posso, não consigo imaginar um futuro onde tenhamos um país realmente decente e honesto. Não …

Não consigo me enxergar vivendo num Brasil passado a limpo. Não … Nem na minha geração nem na da minha filha. Não … Se forçar um pouco a barra … talvez na dos meus netos …

Mas com um grande “SERÁ … ?” estampado na projeção deste futuro.

Enquanto o Brasil for um país onde todos são iguais perante a lei, mas uns sendo mais “iguais” que os outros … as coisas não mudarão. Enquanto o país for um paraíso para poucos privilegiados, as coisas não mudarão. Enquanto virmos os envolvidos em escândalos, como o da lava-jato, saindo de mansinho, sendo “liberados” da prisão com justificativas tolas, e que não servem para o restante da população, as coisas não mudarão …

Por isso que eu digo: se as coisas não mudarão, quem não pensaria em se mudar ? 🙁

Faça sua parte: diga não e assuma as consequências disso. Vale a pena, eu te garanto ! 😀

Abraços !