Clube do Pai Rico
Adquira o seu agora mesmo!


Definindo prioridades ! Diversão VS Investimento !!

A vida é uma sucessiva troca de prioridades. A cada momento vamos substituindo o que é “mais importante” em nossas vidas, priorizando o que nos parece mais certo em cada momento.

Quando crianças, queremos gastar “nosso dinheiro” com brinquedos. Conforme crescemos, passamos a dar preferência por roupas e acessórios (eletrônicos incluídos). Na juventude as festas ganham espaço em nosso orçamento. Um pouco mais à frente, restaurantes e viagens nos motivam a seguir em frente. Conforme a terceira idade se aproxima a preocupação com uma velhice tranquila assume a liderança.

Cada coisa na sua hora, no seu momento. Cada idade apresenta necessidades diferentes, podendo até mesmo variar entre homens e mulheres. Mas cada um tem suas prioridades e ponto final.

Em teoria, não importando a idade, alguma parte do seu dinheiro deveria ser destinado aos seus investimentos. Seja para a criação de um colchão de segurança, seja para a criação de um fundo voltado à aposentadoria.

Em teoria … pois infelizmente não é a realidade que vemos nas ruas. 🙁

O que mais vemos são pessoas passando por problemas relacionados à falta de grana. Alguns recorrem às instituições financeiras e seus empréstimos de “pai para filho”. Outros vão diretamente no bolso dos familiares. Fazer o dever de casa? Pra quê ? …

Uns dizem que isso acontece por pura falta de Educação Financeira na cultura do brasileiro. Outros dizem que o motivo de grande parte da população não guardar nada se deve ao período da hiperinflação, onde não gastar o que se recebia era sinônimo de perda do poder aquisitivo. Outros ainda usarão como argumento justamente o que falei no começo deste post: prioridades …

Dizem que preferem “aproveitar o hoje, sem pensar no amanhã, afinal de contas ele pode nem mesmo acontecer …”. O pior que esta nem é uma justificativa isolada. Muitas pessoas a usam e realmente acreditam que tem algum fundamento.

Alguns pensam desta forma por terem garantias de que não precisam pensar no dinheiro de amanhã. (seja por conta de uma herança, seja por terem um aposentadoria reforçada “garantida” pelo estado)

Mas será que existe justificativa para pensarem assim ?

Só “eles” pensam assim ?

Muitas vezes apontamos o dedo para os outros sem olharmos para o nosso próprio umbigo. Concorda ?

Por conta disso, eu estava pensando … “Nós que temos interesse na Educação Financeira, que estamos em busca de informação que nos ajude a ir um pouco além da média da população, agimos de uma forma diferente dos que não se preocupam ? Será ?

E confesso que pensei um bocado sobre isso …

Pensei tanto que resolvi perguntar para você, na tentativa de enxergar um pouco além do meu horizonte: Comparando os seus gastos com diversão (restaurantes, bares, festas, viagens, compras, etc), como estão seus investimentos ?

Olhando o seu orçamento, quanto dele é destinado à diversão ? Quanto é destinado aos seus investimentos ?

Nesta “briga”, quem ganha ?

No meu caso, tento fazer com que meus gastos em diversão sejam menos da metade do valor destinado aos meus investimentos. Quando a coisa “aperta”, corto os gastos com restaurantes (que confesso ser um dos únicos gargalos do meu orçamento, hehehe).

Pelo menos uma proporção 1:2 … 1 para diversão, 2 para investimentos. Poderia ser mais ? Poderia … Poderia ser menos ? Poderia … Mas isso foi o que eu considerei como “ideal” para balancear a equação. Para não ser exigente demais e acabar tirando qualquer tipo de estímulo de seguir em frente.

Juntar dinheiro apenas por juntar … não, não é assim que a coisa funciona. Um pouco de retribuição a você mesmo é mais do que necessária. 😉

Mas como eu disse, gostaria de saber como você se comporta em relação a este aspecto. Como você distribui seus gastos entre diversão e investimentos. Ou você nem para para pensar nisso ? (viu por que não deveriam ter tirado o acento do verbo parar ?)

Ao conhecer esta proporção você poderá definir quem está sendo priorizado … o você de hoje, ou o seu futuro eu. 😉

Quem é mais importante para você ?