Clube do Pai Rico
Solicite o seu agora mesmo!


Dicas ||| Segurança 11 – Sua senha é segura ?

Este já foi tema de um dos posts dessa série, mas me senti na obrigação de voltar a ele. 🙂

Sua senha é segura ? Esta é uma pergunta que todos têm que se fazer de vez em quando … O pior, é que às vezes achamos que é, mas estamos completamente enganados …

Veja a imagem abaixo:

suasenhaesegura

Até acredito que a sua não seja nenhuma dessas …( especialmente as duas últimas: senha e 123456, hehehe ), mas se for, o que acha de muda-la ? Quer uma ajuda ?

Ontem estava eu visitando o MeioBit.com ( já ia escrever a dica de hoje só com a imagem acima ) e me deparei com um artigo super completo sobre o tema. Pensei, “por que não complementar o post ?” 🙂

Existem algumas regras básicas para a criação de uma senha, a saber:

1-  A senha não pode constar no dicionário;
2- A senha precisa conter números e símbolos especiais;
3- A senha precisa misturar letras maiúsculas e minúsculas;
4- A senha precisa ter, no mínimo, 10 caracteres;
5- A senha não pode ser “adivinhável” através de dados pessoais, como data de nascimento e endereço.

Seguindo esses cinco mandamentos, a probabilidade de ter uma senha descoberta é muito baixa. Mas mesmo com toda essa precaução, falta uma coisa primordial: como lembrar dela.

Existem algumas técnicas que ajudam na criação de senhas “lembráveis”:

– Substituição de letras por números e/ou símbolos. Ex: brasil vira 8r@s!l;
– Transformar a “password” numa “passphrase”, capturando a inicial de cada palavra. Ex: Atirei O Pau No Gato vira aopng;
– Escrever uma palavra ao contrário. Ex: senha vira ahnes.

O problema é que, mesmo essas palavras não sendo encontradas no dicionário, elas seguem um padrão. Apesar disso, já garantem algum grau de segurança, mas o ideal, mesmo, é fazer uma combinação que lhe faça sentido. Algo como 8r@$a0png%Ahn3s.

Aproveite sua senha forte como base para as todas. Não a repita em todos os serviços, pois nesse cenário, se alguém mal intencionado descobre uma senha, compromete todos os serviços dos quais participa. O acréscimo de algo especial, relacionado a cada serviço, nalguma parte da senha, o livra desse problema. Exemplos:

* E-mail: mail:8r@$a0png%Ahn3s
* Twitter: twt:8r@$a0png%Ahn3s

E assim por diante. Mais uma dica para ajudar a lembrar, e de quebra aumentar ainda mais a segurança: não guarde sua senha no navegador, de modo que ela seja preenchida automaticamente. Isso deixa nosso cérebro “relaxado”, e com o tempo e a falta de uso, acabamos por esquecer da senha. Todos os grandes navegadores têm esse recurso atualmente, mas é bom evitá-lo.

Além disso, eles deram uma ótima dica, um site que faz o teste da sua senha ! Você digita a senha planejada e ele apresenta qual o nível de segurança dela. Nem é preciso falar que quanto maior melhor, não é mesmo ? hehehe

E você, tem alguma dica especial para estes casos ? 🙂