Clube do Pai Rico
Solicite o seu agora mesmo!


Eu errei …

Eu errei … Sim, eu errei.

EU errei.

Errei e admito que errei. Errei e assumo o meu erro.

Não, não foi o mercado que foi contra mim. Não foi culpa das pequisas. Não foi culpa do crescimento do Bolsonaro …

EU errei.

O quê ? Você imaginou que eu não errasse ? Imaginou que por ter um método testado e aprovado por mais de 500 alunos, eu não errasse nunca ? Erro sim. Todos nós erramos !!

Uma das lições mais importantes que você precisa entender de uma vez por todas: não existe nenhum método, nenhuma estratégia de investimento que possua 100% de acerto. Todas elas erram e contam com o erro. E com o Double PUT Double CALL não é diferente.

Na verdade, um dos diferenciais do meu método é justamente a forma de lidar com as operações que dão errado. Com as operações que vão contra o planejamento inicial. Como lidar com as perdas …

E foi justamente esse o meu erro. 🙄

Não, o meu erro não foi ter vendido uma CALL no momento em que o mercado estava subindo. O meu erro foi ter ignorado o ponto de saída na hora em que a operação foi contra as minhas expectativas. Sim, eu ignorei o meu STOP ! 🙁

Em uma das operações que integram o método Double PUT Double CALL, mais especificamente o modo Turbo dele (que te permite incrementar os ganhos da operação atual sem a necessidade de colocar mais capital na mesa), e que há algumas semanas me sugeria uma venda de CALL, eu perdi dinheiro.

Zé seu doido !! Vender justo na reta final das eleições ?” É, vender neste momento. E acredite: a operação dava lucro nos primeiros dias. 😀

O potencial máximo de ganho na operação era de 3% do capital, e o STOP, da forma que era para ter sido usado, limitava em 3% as perdas. Como os meus acertos superam (e muito) os erros, tudo ok. São poucas as vezes que precisei encerrar uma operação por estar atingindo o STOP

E acredito que foi justamente essa “certeza” de que meus acertos superam os erros, que me levou a errar. E a errar feio.

Como disse, o meu erro não foi ter vendido numa hora em que vimos tudo subindo. Até mesmo porquê a operação chegou a dar lucro. O meu erro foi não ter respeitado o que o meu método, a minha estratégia determina. O meu erro foi ter “elevado” o STOP por acreditar que “ali na frente a coisa volta ao normal e a operação dará o lucro almejado !“.

E aquilo que seria uma perda máxima de 3% se transformou em uma de 10% … 🙁

É … por MINHA causa (e de mais ninguém !), eu perdi 10% do meu capital.

Errei, por conta do excesso de confiança em minha análise, ignorando o que o mercado me dizia. Errei, por achar que EU é que estava certo, e não aquilo que estava acontecendo na minha frente.

De novo: não foi um erro de análise, não foi um erro de estratégia. Foi um desrespeito ao meu próprio método.

E acredite, todos nós enfrentamos uma batalha diariamente no mercado. Não, não é uma briga entre nós e eles … A verdadeira batalha é nós contra nós mesmos ! Somos nós quem nos autossabotamos … Somos nós que ignoramos algum detalhe … Somos nós que achamos que somos melhores que o próprio mercado.

É … EU errei. A chance de chegar na marca de 50% de retorno em 2018, que seria o resultado acumulado se a operação tivesse sido concluída com sucesso, me cegou. Fez com que eu ignorasse o que estava acontecendo. Fez com que eu trocasse uma perda facilmente administrável de 3%, por uma mais dolorosa de 10% …

É … Eu que bateria os 50% de lucro em 2018, vi meu rendimento anual cair para 35,75% … Sim, um excelente número. Um retorno bem superior ao de muitos … Mas que por causa do excesso de confiança (e por que não soberba ?), vi uma pequena perda se transformar em uma 3x maior.

Não, 10% de perda não é algo que afetará a minha vida. Não é algo que me expulsará do mercado. Na verdade é algo bem simples de ser recuperado através do próprio Double PUT Double CALL … Mas é algo que te dá um tapa na cara e te faz pensar quão bobo nós somos.

Fique tranquilo, em pouco tempo recuperarei estes 10%. Na verdade tenho essa meta e irei dobrar essa meta ! 😉

Sabe porquê eu sei que vou recuperar ? Simples: vou respeitar a minha estratégia. Coisa que faço sempre, mas que hoje eu “fui fraco e ignorei“.

Tinha uma pedra no meio do caminho … e eu a usarei para pavimentar a minha estrada. 😀