Clube do Pai Rico
Solicite o seu agora mesmo!


Iniciando seus Investimentos – Parte XII.2

O que é preciso para começar ?
O que preciso ter, fazer, para poder iniciar meus investimentos em Bolsa ?

Como vimos nos posts anteriores, o capital inicial necessário para iniciar pode ser mínimo, “praticamente não existindo um valor mínimo”. Então, se não tenho esta limitação, o que preciso ter para poder começar ?

Para adquirir ações, você precisará de um intermediário, que fará a ligação entre você e a outra ponta ( comprador/vendedor ), que por sua vez também estará sendo representado por um. Na bolsa, você não pode vender, ou comprar, “diretamente” de alguém.

A corretora será esta ligação. Você passará as ordens para a corretora, através de telefone ou internet, e a corretora colocará sua ordem na bolsa.

Qual a melhor opção de corretora ?

Isso depende um pouco de cada investidor, para uns as corretoras via web são suficientes, os Home Brokers. Para outros, uma corretora tradicional, de “carne e osso”, é a melhor opção.

Além disso, existem as corretoras que seguem a tabela de corretagem proposta pela Bovespa, e outras que oferecem a corretagem por um valor fixo, não importando o valor da transação. A corretagem, é a comissão cobrada pelas corretoras por intermediar as negociações, é um dos custos da negociação.

Algumas corretoras costumam cobrar uma taxa mensal de custódia para fazer justamente a “guarda” de suas ações. Mas isso não é uma regra, existem outras que não cobram taxa de custódia nenhuma, e outras oferecem a gratuidade caso o investidor atinja um certo volume negociado.

Muitos me perguntam o que acho melhor: Uma corretora tradicional, ou um Home Broker ? Uma com corretagem tradicional, ou com corretagem fixa ? Minha resposta ? Depende …

O estilo da corretagem, depende muito do volume que você pretende negociar. No caso de um volume baixo, a corretagem fixa acaba atrapalhando bastante as operações, por encarecer bastante o custo da operação. Sobre o tipo de corretora, Home Broker, ou tradicional, tenho uma preferência: As tradicionais.

Por que esta preferência ? Pois elas oferecem vantagens que os Home Brokers não podem oferecer. Tipos de operação … limites de negociação … até mesmo maior facilidade de contato. Mas considero os Home Brokers uma boa opção, desde que o Home Broker escolhido te ofereça a possibilidade de operar via telefone também. Imagine, você vai emitir uma ordem de compra/venda, e o site da corretora “morre” ? Ou então, a sua conexão cai ? E não digo oferecer um serviço de “emergência” para o atendimento pelo telefone, pois se você está ligando por emergência, a chance de que muitos outros estejam fazendo também será grande, o que acaba tumultuando e ocupando todos os atendentes de “emergência”. Se é de emergência, eles terão uma estrutura pequena, voltada justamente para emergências.

Algumas corretoras que cobram corretagem fixa, oferecem esta forma de corretagem somente para quem investe através do Home Broker da corretora, se o investidor preferir emitir a ordem por telefone, ele terá que pagar a corretagem tradicional.

Abraços !

Iniciando seus Investimentos:
( Recapitulando … )

I – Ganhar mais do que Gasta

II – Encontrar novas Fontes de Renda

III – Dinheiro é Dinheiro e PRONTO !!

IV – Aprenda a gastar com responsabilidade

V – Pra que pagar juros ?

VI – O lucro é diretamente proporcional ao risco

VII – Renda Fixa ou Variável ?

VIII – Aprenda a gostar de matemática

IX – Capital disponível Vs O investimento ideal

X.a – A Poupança

X.b – Os Fundos de Renda Fixa

X.c – O Tesouro Direto

X.d – O CDB

XI – A Conta Investimento

XII – A Bolsa de Valores

XII.1 – O que é ?

XII.1.a – As formas de bonificação

XII.1.b – Os lotes de negociação

XII.2 – O que é preciso para começar ?