Clube do Pai Rico
Solicite o seu agora mesmo!


Investir no Tesouro Direto a partir de R$30 ? Onde ?!!

Nos últimos tempos a indicação de investimento no Tesouro Direto virou padrão. Quase igual ao visto naquela propaganda do “passa lá no post Ipiranga”, sabe ? Virou a resposta pronta, na ponta da língua.

“Onde devo investir ?”: Tesouro Direto !!

Mas … um “tesouro direto” direto, sem complementar a informação. Sem na verdade informar.

Além do “piloto automático” de muita gente das finanças ao indicar o Tesouro Direto, a parte dos custos, do aporte mínimo também é cheia de falhas. “Ah, investe no Tesouro Direto ! Com R$30 você já pode aplicar lá !”

Sim, é verdade. Mas o problema é que essa é uma meia verdade. E meia verdade também é uma meia mentira.

Então, respeitando à tradição do Clube, é hora de abrirmos as cortinas e apresentar a realidade dos fatos para você. 🙂

É possível investir apenas R$30 no Tesouro Direto ?

Sim, é. A partir de R$30,09 já é possível de colocar seu rico dinheirinho nesta modalidade de aplicação.

O problema é que o título que aceita tal aporte mínimo é o Tesouro IPCA que vence apenas em 2045 … O que isso quer dizer ? Que se você colocar seu dinheiro neste título irá receber a correção pelo IPCA mais um prêmio (hoje em 5,34% ao ano) se ficar com o título até o seu vencimento. Isso: até o seu vencimento.

E é neste momento que uma informação muito importante deixou de ser dada pela maioria das pessoas que indica o Tesouro Direto … Alguns títulos precisam ficar na sua carteira até o vencimento para que você tenha direito ao rendimento que lhe foi oferecido no momento da compra/início do investimento.

Vamos lá … Lembra que existem 3 tipos de título ? O Tesouro SELIC, o Tesouro IPCA e o Tesouro Prefixado.

O SELIC te entrega o valor aplicado corrigido pela SELIC. Por conta disso você poderá retirar o valor lá investido a qualquer momento, pois ele sempre acompanhará a SELIC. Não é preciso aguardar o vencimento para ter a certeza de que não haverá risco de perda de parte do capital.

O IPCA te entrega o valor aplicado corrigido pelo IPCA + um prêmio, que é apresentado na hora em que você faz a compra do título. Se você ficar com o título até o vencimento, receberá isso ano após ano … Mas há um porém … o prêmio varia conforme as condições de mercado … Hoje está perto de 5% ao ano, mas há alguns meses era perto de 7%.

O que isso quer dizer ? Que a pessoa que comprou quando era oferecido o 7% está ganhando mais do que você que comprou hoje com ele oferecendo 5%. Se você quiser comprar o título daquela pessoa, o que paga os 7%, ela te vende … mas você precisará pagar a ela um valor superior ao que ela pagou no momento da compra. Ela lucrará com a compra/venda do título.

E me diga … o que acontece se o prêmio sair de 5% hoje para 7% daqui alguns meses ? Isso … você até vende, mas quem comprar de você só fará isso se você oferecer o título para ela por um valor mais baixo do que você pagou.

BINGO ! Perda de dinheiro na veia ! 😯

O Prefixado te entrega o valor aplicado corrigido pelo valor que foi acertado no momento da compra. Como o nome diz, ele é prefixado e aquele é o valor que você receberá anualmente. Mas … só o receberá se ficar com o título até o seu vencimento !!!

A mesma lógica que apresentei para o IPCA é válida aqui no Prefixado. Você até poderá vender … mas dependerá das condições de mercado. Se te pagarem um valor mais baixo do que o que pagou, só vende assim …

Esse é o lado “renda variável” do Tesouro Direto que eu tanto falo. A pena é que muita gente parece se esquecer de falar sobre isso … 🙁

Somente o Tesouro SELIC está isento dessa variação. O IPCA e o Prefixado só garantem o rendimento apresentado no momento da compra se a pessoa ficar com ele até o vencimento.

Lembra dos R$30 ?

Pois então … Lembra que falei que com R$30,09 você comprava um Tesouro IPCA que vence em 2045 ? Se você pode ficar com o título em carteira até lá, se não precisará tirar o dinheiro de lá, por nada, sem problemas … Mas e se precisar tirar antes ?

E é ai que mora o problema.

O Tesouro IPCA “custa” R$30,09. O Tesouro Prefixado “custa” R$31,18. Ambos com esse “bloqueio” se você quer receber seu dinheiro na integra …

Já o Tesouro SELIC, que é o único que te deixa entrar e sair quando quiser, custa a bagatela de R$94,45. Isso … 3x mais caro que os outros.

Não … não é nenhum valor de outro mundo. Mas é o triplo dos R$30 tão alardeados !

Entende porquê não é possível apenas se responder “coloca no TD” como tantos fazem ?

É preciso saber se a pessoa pode ficar com o dinheiro lá parado … Se aceita correr o risco de variação … Se é R$30 ou R$90.

Entendeu porquê falo da poupança como alternativa REAL de investimento ? 🙄

Não, não é o melhor dos mundos … Mas pode ser a única alternativa !

Pense comigo: você está dizendo para uma pessoa que investe na caderneta de poupança, que pode aplicar qualquer valor, que pode sacar a qualquer momento, que tem a garantia de não terá menos dinheiro hoje do que tinha ontem; ir para um investimento que exige que ela fique “presa” por muitos e muitos anos … 10, 20, 30 anos !

Existe um motivo para eu insistir tanto nesse tipo de assunto aqui no Clube: quero que você aprenda a pensar e investir por conta própria, sabendo o motivo para escolher um ou outro investimento. Não existe uma resposta pronta, enlatada, que agrada a tudo e a todos. Cada caso é um caso. Cada situação é uma situação. Cada pessoa é uma pessoa !

Existem títulos do Tesouro Direto sendo ofertados por R$30 ? Sim, existem. Mas será que ele é indicado para todas as pessoas que perguntam onde é para se investir ?

E convenhamos … a diferença entre R$30 e R$90, para muitas pessoas, é algo que simplesmente as impede de ir para a alternativa “mais indicada”. Não é mesmo ? 🙁