Clube do Pai Rico
Solicite o seu agora mesmo!


O último golpe da Empiricus: a compra de PETRE56 !!

A relação do mercado (e seus participantes) em relação à Empiricus é um verdadeiro caso de amor e ódio.

Basta você perguntar que ouvirá inúmeros elogios, ou o mesmo número de reclamações …

Eu confesso que grande parte do que foi feito pela empresa me agrada. Trouxeram para o mercado financeiro uma grande parcela da população que nunca havia cogitado entrar nele. Muita gente que tinha verdadeiras fortunas na caderneta de poupança, e que após receber a orientação da equipe passou a destinar o capital a investimentos mais rentáveis.

Mas acho que agora eles foram longe demais … 🙄

Vou lhe apresentar fatos que você talvez não conheça, ou então apenas lhe ajudarei a refrescar sua memória.

14 de março de 2018

Era de manhã, perto das 11h, quando recebo um e-mail da Empiricus informando sobre a inclusão de um Alerta de compra no sistema. Vou olhar o que era: compra de PETRE56, uma opção (CALL) de PETR4.

A indicação do Felipe era a de que comprássemos algumas PETRE56 – como ele próprio falou, com dinheiro de pinga e não de leite – para que pudéssemos tirar proveito de um possível movimento de alta em PETR4.

Dia 14 era a véspera do anúncio do resultado do 4º trimestre de 2017 e possível data de divulgação do resultado da discussão entre governo e empresa em relação aos valores da cessão onerosa. Além destes dois fatos (com forte poder sobre a cotação da ação), ele elencou uma série de motivos que o levavam a recomendar a compra da empresa.

Para quem não está familiarizado com o tema Opções (e se não, o que está esperando para se inscrever no Double PUT Double CALL ?) a PETRE56 é uma opção de compra de PETR4, com vencimento no dia 21 de maio. Esta opção tem como alvo os R$26,50 (o strike da opção) e portanto seria beneficiada com uma forte alta. Se não sabe como funciona o exercício de Opções, sugiro a leitura deste post: Como funciona o exercício de Opções ?

A PETRE56 era uma opção que venceria somente 2 meses depois da indicação. Uma eternidade para a realidade do mercado brasileiro. (quem se lembra que antigamente o vencimento era bimestral deixe um comentário do tipo “EU !!” aqui no post)

A indicação era a de que a compra fosse realizada por 45 centavos, tendo como limite o preço de 52 centavos.

Não preciso nem dizer o que ocorreu. Não é mesmo ?

Uma explosão de compradores ! Para que você tenha uma ideia, hoje existem 8.174 pessoas que têm esta opção em suas carteiras.

Se isso é muito ? A “segunda colocada” tem 1.205 pessoas posicionadas nela. Sim, é MUITA gente !!

15 de março 2018

Veio o resultado, e o papel que dias antes havia marcado uma nova máxima “histórica” na região dos R$22,60, iniciou um processo de correção …

O resultado não veio sozinho, veio junto o anúncio de que as conversas em relação à cessão onerosa seriam prorrogadas em mais 60 dias. 🙄

É … Dois dos gatilhos da alta que o Felipe e a Empiricus esperavam, não vieram. E vimos a ação vir dos R$22,40 do dia da indicação de compra até os R$20,86 do dia 19 de março.

O que aconteceu com a E56 ? Iniciou um processo de derretimento. É claro …

26 de abril de 2018

Mais de um mês se passou e nada de uma definição em relação à onerosa.

Claro que a ação passou por altos e baixos durante o período. Chegou a romper o “topo histórico” do dia 12 de março, indo até os R$22,77, mas … ficou por isso mesmo. Hoje a PETR4 está valendo R$21,73 e a PETRE56 ?

Preparado ?

Sim, três centavos. 😯

Quem comprou a PETRE56 naquele momento da indicação está amargurando uma perda de 93% do capital !

É … como não reclamar ? Como não xingar a Empiricus e o Felipe ? Não é possível que uma empresa que fornece esse tipo de serviço possa ter feito uma indicação que apresente uma perda tão grande !

Um verdadeiro absurdo !!! …

Será ?

Será que o absurdo foi realmente a indicação de compra ? Ou será que o absurdo foi mais de 8.000 pessoas possivelmente terem comprado algo que não sabiam exatamente para o quê servia nem como funcionava ?

Será que o absurdo foi a indicação de compra ? Ou foi o fato de que grande parte destas 8 mil pessoas injetaram mais dinheiro do que podiam, do que deviam, nesta operação ?

Será que o absurdo foi mesmo a indicação de compra ?

Desde o início da indicação foi deixado claro que era uma operação de risco. De risco extremo para se dizer a verdade. Que se deveria entrar nela com apenas um pequeno percentual do patrimônio. Somente com aquele valor, que se perdido, você não se importaria … Algo que seria facilmente recuperado em 2 ou 3 meses de renda fixa com o resto do patrimônio.

A indicação, caso bem-sucedida, faria com que este pequeno valor investido se multiplicasse algumas vezes, o que viria a engordar a carteira de quem investiu. Se desse errada, não causaria maiores danos.

O problema foi que muita gente que entrou na operação não sabia direito o que era, com mais dinheiro do que deveria ter entrado, e agora, vendo o derretimento de sua cotação, começa a apontar o dedo para quem realizou a sugestão de operação.

Aquela boa e velha mania de dizer que o culpado é o outro, e não a própria pessoa … Sabe ?

A meu ver a estratégia sugerida foi perfeita !

Quem a realizasse teria a possibilidade de navegar uma possível onda de valorização, arriscando uma pequena parte do seu capital. Caso tudo desse errado a perda seria mínima ! A pessoa teria a oportunidade de ganhar com a alta da PETR4, sem precisar injetar um enorme capital na operação.

Por exemplo: se ao invés de ter comprado a PETRE56, a pessoa tivesse comprado a própria PETR4, estaria perdendo, hoje, 70 centavos, ao invés dos 40 que está perdendo com a opção.

De novo: o problema não foi a indicação (que neste momento não cabe a discussão se eu faria ou não), mas sim o fato de que as pessoas que se envolveram com ela, em uma grande proporção, não fazia ideia de onde estava se metendo … 🙁

Não, a indicação de compra da PETRE56 não foi um golpe imposto pela Empiricus aos seus assinantes. Ela foi apenas um aviso de que você precisa estudar mais, precisa se aprofundar no assunto, precisa conhecer no que está se metendo antes de realmente investir.

Veja se quem conhece o tema a fundo está reclamando … Eles sabiam desde o início do que se tratava, quais os riscos que correriam, o que poderia dar certo e o que poderia dar errado.

Infelizmente “deu errado” … mas e se ainda der certo ? A opção tem ainda 3 semanas de vida pela frente … E se sair a notícia da cessão onerosa ? (e não, não encare isso como uma sugestão de compra da opção !!!)

Como disse, acho que foram longe demais … E que bom que foram !! Chega de achar que o investidor brasileiro não tem a capacidade de usar ferramentas de investimento mais complexas. Chega !!! Foi, a meu ver, o golpe derradeiro da empresa contra a mesmice do ramo de investimentos brasileiro. 😀

Aceita um conselho ? Quanto foi que você perdeu com a compra dessa opção ? Quanto foi que você viu ir embora do seu bolso por causa da compra da PETRE56 ? Acredito que o valor seria suficiente para pagar uma boa parte de um curso sobre Opções como o Double PUT Double CALL. Não ?

Invista em conhecimento ! Invista em sua formação como investidor !! Invista em você e no seu futuro !!!

Evite que tal situação possa vir a ocorrer novamente …

E não, não estou falando em relação à perda com a E56. Me refiro à sua frustração com a perda em si !

Lembre-se: conhecimento é poder ! 😉