Clube do Pai Rico
Solicite o seu agora mesmo!


Pai Rico ||| Pague-se primeiro

Um dos mais “agraciados” ensinamentos do Pai Rico, o “Pague-se primeiro“, ajuda muitos em sua jornada ruma à Independência Financeira, porém para outros é o ponto que mais atrapalha. Por quê? Em breve você vai entender.

O primeiro contato

Ao ler o “Pai Rico Pai Pobre“, tivemos o primeiro contato com o conceito do “Pague-se primeiro“, e após de tantos novos conceitos (ao ler o livro somos bombardeados por mil informações, vindas de todos os lados, que vem de encontro com muitos pré conceitos já enraizados) é normal que alguns não sejam 100% compreendidos, ou pior, é normal que alguns destes conceitos sejam encarados da forma que mais agrada o leitor.

O mais comum é que ele seja mal compreendido e adulterado para atender aos nosso desejos.

Por exemplo, de qual destas formas você encara o “Pague-se primeiro” ?

1- Pagar-se primeiro significa que você deve separar uma parte do que ganha para atender aos seus desejos. Comprar coisas, comer em belos restaurantes, fazer boas viagens …

2- Pagar-se primeiro significa que você deve separar uma parte do que ganha para adquirir ativos. Sempre se realimentando, aumentando a coluna do que entra no seu Fluxo de Caixa.

Acredite, a grande maioria responde 1 … e claro, esta é a alternativa errada ! Esta alternativa é uma consequência de um trabalho bem feito. As coisas ali apresentadas são suas gratificações por ter feito a lição de casa. Mas essa é a alternativa que mais agrada, é a opção que te deixa fazer o que bem entende com o dinheiro. E você acha que uma pessoa financeiramente educada, consciente, agirá desta forma ?

É claro que a alternativa correta é a segunda ! Acredito que este ponto tenha gerado tantos questionamentos que RK voltou ao tema e o detalhou em “Pai Rico: Desenvolva sua Inteligência Financeira“.

Pague-se primeiro

Em “Pai Rico: Desenvolva sua Inteligência Financeira” RK explica um pouco melhor o que falou em “Pai Rico Pai Pobre“:

O “Pagar-se primeiro” serve para que você possa aumentar sua coluna de ativos, mas antes de qualquer coisa, serve para que você aprenda a viver com menos do que você ganha, e você querendo ou não, esta é uma das principais características de quem consegue acumular fortuna. Pense, se você sempre gastar tudo o que ganha, o que terá para guardar ? O que terá para adquirir seus ativos ?

Além disso, restringindo o seu orçamento – pois terá que se pagar primeiro, lembra ? – você terá que encontrar formas de aumentar suas fontes de renda. Sentir no bolso é uma das principais alavancas para que você parta em busca de novos ativos, para que tenha ideias de novos empreendimentos, para que saia da mesmice.

Portanto, infelizmente, o “Pague-se primeironão é uma justificativa para que você se dê uma calça jeans nova, ou então que compre aquela bolsa que tanto queria … o “Pague-se primeiro” serve para que você tenha o capital necessário para dar o pontapé inicial. Se você sempre separar no início do mês um percentual do valor ganho, sempre terá um capital, por menor que seja, para fazer um investimento, para iniciar um empreendimento.

Muitos conselheiros financeiros já fazem essa indicação: Separe 10%~20% do que ganha para seus investimentos/aposentadoria/iniciar o negócio próprio. Mas é um dos conselhos mais rejeitados, afinal, “já ganho pouco, como poderei passar o mês com menos ainda ?” …

Pílula da Coragem

Saiba que a atitude de restringir o seu orçamento tem uma força enorme para os que buscam a IF. Aprender a fazer sobrar mês com menos do que se tem (adoro essa expressão :D) é uma verdadeira pílula da coragem para quem está com medo de dar o passo inicial. Por quê ? Porque passar por essa situação dá a você uma noção de como proceder nos momentos mais difíceis.

Normalmente, os que “largam tudo” para sair da corrida dos ratos sentem uma grande diferença no Fluxo de Caixa nos primeiros momentos, afinal antes de tomar esta decisão eles têm a fonte de renda tradicional (normalmente o salário do emprego) + a renda oriunda de seus ativos. E quando larga o emprego … sobra “só” o que seus ativos gerarem. E isso é menos do que tinha antes, não é mesmo ?

Portanto: Pagar-se primeiro significa separar uma parcela do que ganha para o futuro. É pagar-se primeiro, é se dar dinheiro para se dar um futuro. Não se engane mais, ok ? 🙂