Clube do Pai Rico
Adquira o seu agora mesmo!

Você sabe quem são os Formadores de Mercado ?

Há alguns dias falei sobre como proceder para descobrirmos quais são as opções de venda (PUT) que oferecem liquidez e que nos permitiriam adotar a estratégia de comprar ações com preço de liquidação. Algo de fundamental importância para quem deseja incluir tal estratégia em seu método operacional.

Se ainda não leu, indico a leitura de dois posts:

– Quer comprar ações com desconto ?

– Quais são as empresas que oferecem liquidez nas
opções de venda (PUT) ?

Infelizmente não são todas as ações que oferecem tal oportunidade. O nosso mercado de opções ainda é “pequeno” e oferece um mínimo de liquidez em algumas poucas ações. Concentrando-se basicamente nas “grandes”. Para que você tenha ideia, alguns livros brasileiros sobre opções dizem com todas as letras: Não vamos abordar o tema PUT neste livro por conta da falta de liquidez em nosso mercado.

Uma pena … 🙁

Mas infelizmente esta falta de liquidez não atinge somente o mercado de opções de venda (PUT) … Acredite, são muitas as ações de grandes empresas que não oferecem a mínima condição de negociarmos as opções mais tradicionais de nosso mercado, as de compra (CALL). Se você quiser mirar alguma série mais distante (com o vencimento ocorrendo alguns meses a frente), o seu universo será ainda mais restrito.

Para tentar mudar esta realidade, a Bolsa costuma contratar empresas que trabalham justamente neste ponto: elas criam um mercado em algumas opções de determinadas empresas. Tudo previamente acertado em contrato.

Mas … quem é o Formador de Mercado ?

Do site da BM&FBovespa:

O formador de mercado é uma pessoa jurídica, devidamente cadastrada na BM&FBOVESPA, que se compromete a manter ofertas de compra e venda de forma regular e contínua durante a sessão de negociação, fomentando a liquidez dos valores mobiliários, facilitando os negócios e mitigando movimentos artificiais nos preços dos produtos.

Cada formador de mercado pode se credenciar para atuar em mais de um ativo/derivativo, podendo exercer sua atividade de forma autônoma ou contratado pelo emissor dos valores mobiliários, por empresas controladoras, controladas ou coligadas do emissor, ou por quaisquer detentores de valores mobiliários que possuam interesse em formar o mercado para papéis de sua titularidade.

Traduzindo em miúdos:

Algumas empresas são contratadas para criar (ou somente dar liquidez) um mercado nas opções de determinadas empresas. Elas devem atuar diariamente e respeitar os parâmetros definidos em contrato: quantidade mínima, spread máximo (a diferença entre o valor das ofertas de compra e de venda),  percentual de atuação na sessão de negociação.

Como dito, o contrato também inclui as empresas (ações) em que terão suas opções trabalhadas. Por exemplo, no último dia 15/02, foi anunciada a lista das empresas que seriam incluídas no programa: Pão de Açúcar (PCAR4), Estácio (ESTC3), Itaú (ITUB4), Banco do Brasil Seguros (BBSE3), Cia Siderúrgica Nacional (CSNA3), Cyrela (CYRE3), Kroton (KROT3), Oi (OIBR3) e ETF Ishare Ibovespa (BOVA11). No informe é possível vermos os detalhes de cada ação (quantidade e spread). Aqui temos a lista completa das ações que têm um Formador de Mercado envolvido.

O Formador de Mercado é obrigado a oferecer 4 strikes de cada opção de compra (CALL) e 3 strikes de cada opção de venda (PUT) de seu contrato:

– No caso da CALL: 3 acima do preço de fechamento da ação “mãe” no dia anterior e 1 abaixo. Exemplo: PETR4 fechou ontem a R$14,20, portanto o Formador de Mercado precisaria oferecer a PETRC14, a PETRC15, a PETRC16 e a PETRC52. (respectivamente: R$14,00, R$15,00, R$16,00 e R$17,00)

– No caso da PUT: 1 acima do preço de fechamento da ação “mãe” no dia anterior e 2 acima. Exemplo: PETR4 fechou ontem a R$14,20, portanto o Formador de Mercado precisaria oferecer a PETRP97, a PETRO14 e a PETRO15. (respectivamente: R$13,00, R$14,00 e R$15,00)

Não, isso não é “favorecimento” para quem está oferecendo o serviço, é justamente o contrário … é um favorecimento ao mercado propriamente dito, afinal as empresas estão lá oferecendo liquidez para estas ações. 😉

Conhecer a figura do Formador de Mercado é importante

Mas por que é importante ? Simples: lhe ajuda a entender porque, de um dia para o outro, determinadas opções (strikes) deixam de apresentar liquidez … 🙂

Vai dizer que você nunca viu isso acontecendo ? Em um belo dia, lá estava o mercado lhe oferecendo as ofertas necessárias para que você pudesse realizar as suas operações. Bastou haver uma variação um pouco maior na cotação da ação “mãe” para que, do nada, a liquidez desaparecesse e que você acabe ficando pendurado no pincel, sem a mínima chance de desmontar aquele trade que havia iniciado.

E a diferença é gigantesca. Num dia você tem um “apetite voraz” por parte do mercado. No outro não existe nem aquele barulho de grilo na “sala” …

Mas além disso, saber que existe um Formador de Mercado em determinadas ações, lhe ajuda a escolher outras empresas a serem acompanhadas na hora de montar sua estratégia com opções. Você sabe que ao menos nas condições apresentadas aqui, terá um mercado que oferece uma boa liquidez para realizar suas operações. 😀

O Formador de Mercado presta um serviço importante, e até mesmo crucial, para o mercado de ações/opções nacional. Eles estão lá para criar, expandir o mercado. 😉

Mas me diga: alguma vez você já viu um Formador de Mercado em ação ? Em alguma situação ele lhe ajudou em uma operação ?