Clube do Pai Rico
Solicite o seu agora mesmo!


Zé, qual é a sua carteira de investimentos hoje ?

Muita gente tem essa curiosidade, ainda mais quando eu falo que minha estratégia é 100% em operar com a PETR4 … 😉

Não sei se você sabe, ou se ao menos se lembra, mas foco 100% das minhas operações em trades com opções da Petrobras. Até pouco tempo atrás eu mantinha a estratégia de encarteirar PETR4 para vender opções (CALL) dela. A última vez que falei sobre isso foi em março/2013.

De lá pra cá, muita coisa mudou em relação à empesa … A coisa saiu do controle (completamente) dos administradores – a não ser que o que acontece com ela seja o que eles querem que aconteça … vai saber, e a confiança que muitos investidores tinham nela vai desaparecendo. Eu fui um deles.

Sim, eu vendi minha posição de PETR4 em abril deste ano, próximo dos R$13,00, depois de ter visto bater R$8. Sim, suei quando vi o papel bater nos R$15,00 e comecei a pensar que tinha feito um mau negócio. Ontem ela fechou nos R$7,86 e revi este pensamento. 🙂

Isso: o Zé vendeu sua carteira de PETR4 e até agora não voltou. Peguei o dinheiro obtido com a venda das ações e apliquei 100% em um CDB do meu banco. Este CDB é usado como margem em minhas operações de venda com opções, CALL (travadas) e PUT.

“Desisti” da empresa, não da ação

Eu “abandonei” a Petrobras, as ações dela, ainda não. A volatilidade que suas ações apresentam, me permite realizar minhas operações e obter meu lucro. Não acredito – no momento – na empresa, mas isso não me impede de operar com ela. Só na minha carteira é que não as quero no momento …

A operação de venda de CALL (travada) é usada em momentos que acredito não haver espaço para uma subida do papel. Mas que fique claro que é uma subida mais forte ! As vendas que venho realizando nela são em opções OTM, da série seguinte a atual.

A operação de venda de PUT é usada para aproveitar possíveis repiques do papel. A venda é “levemente” ITM – hoje – para o caso de confirmação do movimento que venho observando. Se a alta não vier eu rolo a posição para a série seguinte ou deixo que me exerçam. Sim, caso isso aconteça voltarei a ficar com as PETR4 em minha carteira. Meio a contragosto … 😉

Poderia ter mantido as ações em minha carteira, usando-as como margem ? Certamente ! Mas teria visto o valor dela cair praticamente pela metade, isso sem contar com o desconto de 20% (valor aplicado no dia de hoje) imposto pela bolsa.

Dei sorte de ver o papel caindo. Como disse cheguei a duvidar da eficácia da estratégia na hora em que vi a continuidade da alta e o teste dos R$15. Poderia ter deixado alguma valorização do papel para trás … mas teria prosseguido com a venda das opções margeadas com o CDB.

A sua estratégia pode ser um mutante !

Uma estratégia pode ser alterada com o passar do tempo, especialmente quando você enxerga uma oportunidade de melhorá-la. Foi o que fiz, assumindo o risco de estar errado, hehehe.

Se penso em voltar a ter PETR4 em minha carteira ? Claro ! Basta que eu consiga enxergar uma oportunidade de melhora no cenário para ela. Uma série de fatores precisarão mudar para que isso aconteça, mas a vontade existe.

Até lá, mantenho o dinheiro em CDB para usá-lo como margem em minhas operações de venda com opções. 😀