Clube do Pai Rico - Fórum - Índice do Fórum

 www.ClubedoPaiRico.com.brBlog - www.ClubedoPaiRico.com.br   FAQFAQ   PesquisarPesquisar   MembrosMembros   GruposGrupos   RegistrarRegistrar   PerfilPerfil   Entrar e ver Mensagens ParticularesEntrar e ver Mensagens Particulares   EntrarEntrar 

Sugestão de artigos que devem ser lidos no site do Clube:

- Como o Zé ganha na Bolsa ?
- Iniciando seus investimentos
- Por que o problema é dos mais ricos ?
- Você está preparado para a velhice ?
- O texto definitivo: Saiba como ganhar MUITO dinheiro na bolsa !
- Fez errado … ? Então pague o preço !!
- O Controle do Fluxo de Caixa e suas barreiras
- Você está no vermelho ? O que tem feito para mudar isto ?
- Formando o seu colchão de segurança



Além disso, indico duas séries especiais:

- Iniciando seus Investimentos: a série
- O que o Zé faz para ganhar dinheiro na Bolsa de Valores ? (Índice)


Aposentadoria financeira: qual seu plano?
Ir à página Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9, 10  Próximo
 
Novo Tópico   Responder Mensagem    Clube do Pai Rico - Fórum - Índice do Fórum -> Investimentos em Geral
Exibir mensagem anterior :: Exibir próxima mensagem  
Autor Mensagem
financinteligente




Registrado em: Domingo, 5 de Dezembro de 2010
Mensagens: 30

MensagemEnviada: Seg Dez 06, 2010 11:19 am    Assunto: Responder com Citação

Olá, meu nome é Jonatha dapper, tenho 18 anos e estudo finanças pessoais desde os 16.

Li toda coleção do Guia do Pai Rico e busquei construir um networking para contribuir na minha formação financeira. Hoje continua lendo, fazendo cursos e aprendendo. Minha estratégia para alcançar não apenas a Independência Financeira, mas sim poder realizar grandes sonhos, é investir SEMPRE com foco em renda passiva. Após minha renda passiva passar de 3 mil reais por mês irei começar a viver com metade dela (1,5 mil), e a outra metade será destinada para aumentar a renda passiva. Aumento minha renda passiva através de 3 tipos de ativos: Negócios (atualmente faço parte de uma empresa de MMN), Imóveis (FII) e Papéis (Ações, Opções e Aluguel).

Meu plano está indo muito bem e tenho grande expectativa de alcançar minha 1a meta (3 mil de renda passiva) em pouco tempo.

Espero que tenha contribuído para o fórum. Há poucos dias criei um blog com o objetivo de contribuir para o desenvolvimento da Inteligência Financeira das pessoas. Acesse: http://blog.financeiramenteinteligente.com/
Voltar ao Topo
Ver o perfil de Usuários Enviar Mensagem Particular
hiperbusca
Nível 1

Nível 1<br>



Registrado em: Sábado, 26 de Fevereiro de 2011
Mensagens: 71
Localização: Brasil

MensagemEnviada: Sex Jun 03, 2011 1:32 pm    Assunto: Independência Financeira Responder com Citação

Olá a Todos!

Bom, tenho 25 anos, ainda não casei e não tenho filhos.

Quando tinha 17 anos fiz o concurso de 2003 e fui aprovado para a EsPCEx (2004), e posteriormente concluí a AMAN (2008). Estou com 2 anos e meio de formado, totalizando 7 e meio de serviço.

Durante meu curso, recebia um auxílio, que na época não era lá muita coisa, e fui comprando equipamentos e material que eu utilizava para me manter por lá. Não consegui juntar muito, mas comprei já parte das coisas que hoje tenho em casa.

Vim transferido para o sul, e já paguei TODA mobília de minha casa, e estou terminando de pagar meu carro, que infelizmente inventei de financiar 50% do valor dele em 48x. Falta 1 ano e meio. (Burrice financeira na época)

Minha independência financeira VAI chegar aos 48, tendo em vista que eu completo 30 anos de serviço, e vou pra casa com salário integral de coronel, que hoje deve dá uns R$ 14.000,00 por mês Smile

Quando estava na Academia, pensava em fazer um concurso para ganhar mais, mas aí lembrei que pra me aposentar no sv publico, iria ter que trabalhar 17 anos a mais! Então pesquisei outras formas de aumentar a renda e reduzir o passivo, e caí no Clube do Pai Rico!

Comecei a fazer faculdade de Direito, e hoje estou no 6° Semestre, pois quando a reserva chegar, eu não quero ficar em casa sem fazer nada... aposentadoria só depois de morto!

Apesar de já ser um poupador, digo que comeceeei mesmo a estudar sobre EF aos 23 quando saí da Academia, e comecei a ler sobre o assunto.

Hoje:

1. Tenho todo meu apto mobiliado, mas moro num apto do EB, então não tenho tanta necessidade de COMPRAR um imóvel durante a carreira, já que a taxa desse apto é menor que o valor de aluguel de mercado

2. Faltam 18 parcelas do meu carro, mas que pago até que eu diria tranquilo.

3. Faltam 4 semestres para terminar minha faculdade

4. Tenho R$ 14.000,00 no Tesouro direto, e mais R$ 2.000,00 na poupança que mantenho para emergências (tipo pagar franquia do seguro caso aconteça um acidente).

5. 50% de uma joalheria (que estou pagando ainda) com um companheiro de turma, em que 100% do lucro é reinvestido, e temos uns 4% de lucro por mês. Pensamos em expandir.

6. Estou investindo 30% do meu salário, e a cada mês que passa consigo guardar mais. Acredito que em 3 meses esteja em 50% já. Smile

Independência Financeira aos 48 com R$14.000,00 atuais de Coronel, mais uns R$ 7.000,00 se eu SÓ investir em TD, dá uns R$21.000,00 sem contar a inflação desses 22 anos. E estudando mais e mais para se aperfeiçoar em ações e mercados futuros!
_________________
Se você continuar fazendo as mesmas coisas, continuará tendo os mesmos resultados.

www.berliminvest.blogspot.com
Voltar ao Topo
Ver o perfil de Usuários Enviar Mensagem Particular
Dom Cielo
Nível 3

Nível 3<br>



Registrado em: Segunda-Feira, 8 de Dezembro de 2008
Mensagens: 366

MensagemEnviada: Seg Ago 29, 2011 7:47 pm    Assunto: Responder com Citação

Bom, eu administro a empresa da minha família, que aos poucos estou tentando fazer com que deixe de ser tão familiar, sem perder a parte positiva disso, mas que busque cada vez mais a excelência no que fazemos. Em 3 anos, nosso faturamento cresceu mais de 100%, e hoje se mantém numa média de 30 a 40% ao ano. Pulamos de 7° lugar na mente dos clientes da nossa região (no nosso ramo) para 2°, associando nosso nome à qualidade, tecnologia inédita e marketing, inclusive com participação de celebridades nas nossas campanhas. Meu plano de IF é continuar crescendo, ser líder na região e daqui a algum tempo partir para novas cidades e talvez outros estados. Também penso seriamente em investir em construção civil, começando por prédios pequenos a fim de adquirir experiência e "tirar a febre" do mercado. Sou muito ambicioso, mas extremamente pé-no-chão. Não me considero um investidor audacioso, acho que passo longe disso. Sou mais de investir onde eu tenha certeza de retorno, de forma segura mas rentável de verdade.
Voltar ao Topo
Ver o perfil de Usuários Enviar Mensagem Particular MSN Messenger
jesaz9



Registrado em: Quinta-Feira, 6 de Outubro de 2011
Mensagens: 6

MensagemEnviada: Sex Nov 25, 2011 5:44 pm    Assunto: Responder com Citação

Tenho 18 anos e sempre tive o sonho de abrir um negócio e-commerce , abri a empresa assim que completei a maioridade, vou deixar a empresa se estabilizar durante uns dois anos , e acredito que apos esse periodo ja vou poder começar a investir , penso em primeiro investir primeiro em franquias e depois em fundos de investimentos , se tudo ocorrer como o planejado acredito que daqui a uns 6 ou 7 anos ja tenho minha IF .
Voltar ao Topo
Ver o perfil de Usuários Enviar Mensagem Particular MSN Messenger
fwp




Registrado em: Sábado, 29 de Outubro de 2011
Mensagens: 14

MensagemEnviada: Qui Mai 10, 2012 12:26 am    Assunto: Responder com Citação

Tópico interessantíssimo!!!
Voltar ao Topo
Ver o perfil de Usuários Enviar Mensagem Particular
Marcelodn
Nível 2

Nível 2<br>



Registrado em: Segunda-Feira, 20 de Setembro de 2010
Mensagens: 105

MensagemEnviada: Qui Mai 10, 2012 9:02 am    Assunto: Responder com Citação

Gostei do tópico!

Bom. Tenho 20 anos.


Comecei aos 20 anos.


E vou ser milionário aos 30 anos.

Meios:
Abrir empresa.
Ações
Construção (Daqui uns 5 ou 6 anos)
Voltar ao Topo
Ver o perfil de Usuários Enviar Mensagem Particular
general
Nível 4

Nível 4<br>




Registrado em: Quinta-Feira, 20 de Janeiro de 2011
Mensagens: 688

MensagemEnviada: Qui Mai 10, 2012 3:54 pm    Assunto: Responder com Citação

- a idade em que começou a se interessar no assunto e a trabalhar para conseguir a IF.
Conheci sobre investimentos e educação financeira aos 20 anos, mas trabalho desde os 16 anos.

- Que idade tem hoje e em que idade pretende alcançar a IF.
Hoje tenho 21 anos e pretendo atingir a Independência Financeira aos 41 anos.

- Quais os tipos de investimentos que planejou para alcançar a IF.
Carteira bem diversificada em ações, títulos e fundos imobiliários.
Criar pequenas empresas para gerar mais aportes.
_________________
Invista em você!

http://generalinvestidor.com.br/
Site de investimentos e carteira pessoal!

Ações, Fundos Imobiliários e Tesouro Direto, voltado para investidores experientes.!
Voltar ao Topo
Ver o perfil de Usuários Enviar Mensagem Particular Visitar a homepage do Usuário
hardc0re



Registrado em: Terça-Feira, 19 de Junho de 2012
Mensagens: 2

MensagemEnviada: Qua Jun 20, 2012 5:51 pm    Assunto: Responder com Citação

- a idade em que começou a se interessar no assunto e a trabalhar para conseguir a IF.
Trabalho desde os 18 anos, e me interessei e passei a trabalhar para a IF com uns 22 anos, mas sempre fui muito econômico (pão-duro) mesmo antes de pensar em IF.

- Que idade tem hoje e em que idade pretende alcançar a IF.
Tenho hoje 29 anos e pretendo alcançar a minha IF "parcial" em 3 anos no máximo. E IF "total" em no máximo mais 5 anos.

- Quais os tipos de investimentos que planejou para alcançar a IF.
100% do meu dinheiro está no banco, sendo 70% em renda fixa (normalmente rendendo a 0,7% ao mês, já descontadas as taxas), e 30% em fundos de ações.


Tenho um problema muito grave: ODEIO trabalhar! Pensando nisso, e como meu padrão de vida é bem econômico, comecei a juntar muito dinheiro (ganho razoavelmente bem, na faixa de 9~10k) e investir, para que num futuro próximo (IF "parcial") eu consiga trabalhar algo como 3~4 meses apenas por ano, e, num futuro mais distante (IF "total") poder "morrer" profissionalmente.

É muito estranho comentar este tipo de coisa com os outros, porquê as pessoas não conseguem se conformar como alguém não gosta de trabalhar, mas esse sou eu, posso enganar meus chefes e empregadores, mas não posso enganar a mim mesmo. O que me resta é planejar para que eu não tenha que passar o resto da vida fazendo algo que odeio.

Minha média de gastos mensal é 1k (aproximadamente 10% do que eu ganho) então, pra mim, esse termo que tantos usam aqui, o "colchão de segurança" pra mim não faz sentido, porquê eu sempre economizo ao máximo, e sempre junto o máximo de dinheiro possível a cada mês.
Voltar ao Topo
Ver o perfil de Usuários Enviar Mensagem Particular
hardc0re



Registrado em: Terça-Feira, 19 de Junho de 2012
Mensagens: 2

MensagemEnviada: Qui Jun 21, 2012 5:33 pm    Assunto: Responder com Citação

Por alguma razão meu post não está aparecendo como o último do tópico, vamos ver se isso corrige...
Voltar ao Topo
Ver o perfil de Usuários Enviar Mensagem Particular
rodlocher



Registrado em: Sexta-Feira, 3 de Agosto de 2012
Mensagens: 2

MensagemEnviada: Ter Out 30, 2012 5:17 pm    Assunto: Kyiosaki me orientou... Responder com Citação

Meu nome é Rodolfo, tenho 31 anos e trabalho com TI. Acho que assim como a maioria dos brasileiros, não tive uma boa educação financeira na infância e não aprendi a poupar desde cedo. Tudo que comprei foi por meio de financiamentos, pagando juros absurdos como é costumeiro aqui no Brasil.

Porém, nunca é tarde para aprender e mudar o rumo da vida. Basta querer. Pretendo conquistar minha IF em cinco anos (no máximo em sete).

Li o livro Pai Rico, Pai Pobre, que abriu basante minha mente. Também li um resumo do Independência financeira e entendi o quadrante do fluxo de caixa que o Robert Kyiosaki explica.

Acabei virando fã do Kyiosaki.
Li o mais recente livro dele, O NEGÓCIO DO SÉCULO XXI.

Neste livro ele faz uma afirmação: "Ricos constroem redes". E se pararmos para pensar é verdade. Uma rede de lojas: são diversas lojas trabalhando simultaneamente para o dono. Uma rede de padarias, supermercado, oficinas, entre muitas outras.

Porém, quando que eu, um simples mortal que mal consegue poupar dinheiro vai construir uma rede de alguma coisa??

Impossível? Não, mas é muito, mas muito difícil isso acontecer no modelo tradicional.

Porém, Robert fala no livro O NEGÓCIO DO SÉCULO XXI que o Marketing Multinível (ou marketing de rede) é o negócio do século XXI justamente porque possibilita qualquer pessoa com disposição para trabalhar a construírem uma rede.

Rede de lojas? De Supermercado? Não, rede de pessoas.
Um pouco de esforço diário de cada um da rede, quando somados, gera um enorme esforço diário.

Se fossemos um robô - sem descanso, sem comer, sem dormir - qual o máximo de horas que poderíamos trabalhar por dia? No máximo, 24 horas, pois o dia só tem isso.

O esforço de apenas 1 hora por dia, mas realizado por 1000 pessoas da rede, por exemplo, resulta em 1000 horas trabalhadas por dia. Coisa que jamais você conseguira fazer sozinho, mesmo sendo um robô.

O Marketing Multinível possibilita a renda residual.

Chega um momento, após alguns anos de trabalho, que você pode simplesmente parar de trabalhar que a rede está seguindo sozinha, gerando rendimentos sem que vocês precise dedicar esforço nela.

Liberdade financeira! Não sou eu que estou falando. Leiam o livro se quiserem saber mais.

Eu escolhi uma empresa de Marketing Multinível e estou trabalhando nela há 2 meses.

Optei por esta empresa devido a vários motivos.

Contudo, o principal deles é que a rede que eu construir dentro da empresa pode ser passada para o meu filho. Renda residual, vitalícia e hereditária.

Abraços,

Rodolfo
rodlocher@outlook.com
Voltar ao Topo
Ver o perfil de Usuários Enviar Mensagem Particular Enviar Email
rodlocher



Registrado em: Sexta-Feira, 3 de Agosto de 2012
Mensagens: 2

MensagemEnviada: Ter Out 30, 2012 5:19 pm    Assunto: Kyiosaki me orientou... Responder com Citação

Meu nome é Rodolfo, tenho 31 anos e trabalho com TI. Acho que assim como a maioria dos brasileiros, não tive uma boa educação financeira na infância e não aprendi a poupar desde cedo. Tudo que comprei foi por meio de financiamentos, pagando juros absurdos como é costumeiro aqui no Brasil.

Porém, nunca é tarde para aprender e mudar o rumo da vida. Basta querer. Pretendo conquistar minha IF em cinco anos (no máximo em sete).

Li o livro Pai Rico, Pai Pobre, que abriu basante minha mente. Também li um resumo do Independência financeira e entendi o quadrante do fluxo de caixa que o Robert Kyiosaki explica.

Acabei virando fã do Kyiosaki.
Li o mais recente livro dele, O NEGÓCIO DO SÉCULO XXI.

Neste livro ele faz uma afirmação: "Ricos constroem redes". E se pararmos para pensar é verdade. Uma rede de lojas: são diversas lojas trabalhando simultaneamente para o dono. Uma rede de padarias, supermercado, oficinas, entre muitas outras.

Porém, quando que eu, um simples mortal que mal consegue poupar dinheiro vai construir uma rede de alguma coisa??

Impossível? Não, mas é muito, mas muito difícil isso acontecer no modelo tradicional.

Porém, Robert fala no livro O NEGÓCIO DO SÉCULO XXI que o Marketing Multinível (ou marketing de rede) é o negócio do século XXI justamente porque possibilita qualquer pessoa com disposição para trabalhar a construírem uma rede.

Rede de lojas? De Supermercado? Não, rede de pessoas.
Um pouco de esforço diário de cada um da rede, quando somados, gera um enorme esforço diário.

Se fossemos um robô - sem descanso, sem comer, sem dormir - qual o máximo de horas que poderíamos trabalhar por dia? No máximo, 24 horas, pois o dia só tem isso.

O esforço de apenas 1 hora por dia, mas realizado por 1000 pessoas da rede, por exemplo, resulta em 1000 horas trabalhadas por dia. Coisa que jamais você conseguira fazer sozinho, mesmo sendo um robô.

O Marketing Multinível possibilita a renda residual.

Chega um momento, após alguns anos de trabalho, que você pode simplesmente parar de trabalhar que a rede está seguindo sozinha, gerando rendimentos sem que vocês precise dedicar esforço nela.

Liberdade financeira! Não sou eu que estou falando. Leiam o livro se quiserem saber mais.

Eu escolhi uma empresa de Marketing Multinível e estou trabalhando nela há 2 meses.

Optei por esta empresa devido a vários motivos.

Contudo, o principal deles é que a rede que eu construir dentro da empresa pode ser passada para o meu filho. Renda residual, vitalícia e hereditária.

Abraços,

Rodolfo
rodlocher@outlook.com
Voltar ao Topo
Ver o perfil de Usuários Enviar Mensagem Particular Enviar Email
pretorian




Registrado em: Terça-Feira, 24 de Julho de 2012
Mensagens: 6
Localização: Itajaí - Santa Catarina

MensagemEnviada: Dom Mai 12, 2013 12:46 pm    Assunto: Responder com Citação

Bem, eu já venho acompanhando este fórum há algum tempo porém este é meu primeiro post hehe então vamos la, vou contar um pouco da minha vida e depois os meus objetivos.

Hoje tenho 21 anos, faço engenharia civil e trabalho fazendo projetos elétricos desde os 17 anos de idade, trabalhei até ano passado como funcionário e este ano estou trabalhando por conta própria. Me identifiquei bastante com alguns ao longo dos posts que li aqui.

Também fui educado na linha de pensamento: Estude bastante, arrume um bom emprego, compre uma casa e seja feliz, e até então eu imaginava que alguém para se dar bem na vida, deveria ser obrigado a ser graduado e nunca parar de estudar.

Porém no ano de 2007 lá estava eu com 15 anos lendo sobre Bill Gates, que naquele ano foi considerado o homem mais rico do mundo, e tinha LARGADO A FACULDADE. Inacreditável, pensei e desde então eu comecei a mudar meu pensamento sobre: ganhar dinheiro = fazer faculdade.

Depois de muito pensar, lá na metade do ano de 2008 comecei a fazer planos para ficar rico sem precisar fazer faculdade, criei várias ideias e tal, mas como disse acima, não consegui fugir dela.

Pois bem, no fim do ano de 2011 comecei a ler o fórum e encontrei um grupo de pessoas que tinham objetivos semelhantes aos meus, Independência Financeira, Investimentos, Ficar rico, e foi aí que conheci o livro de que todos falavam: Pai Rico, Pai Pobre e ao ler o livro eu encontrei o que tanto procurava, a crítica sobre a corrida dos ratos, as dicas de investimentos.. Antes quando eu falava isso para alguns amigos mais próximos e até para minha família eu não tinha uma base para falar sobre isso, fazia parecer mais um menino revoltado que não queria estudar..

Depois de ler o livro as coisas começaram a fazer sentido, fiquei implorando para minha mãe lê-lo também, e o mais impressionante, ela mudou o pensamento dela também. Ela é funcionária pública, trabalha na empresa há 25 anos e viu que realmente o livro fazia sentido. A partir da leitura nós começamos a guardar dinheiro para investirmos em ativos, reduzimos os gastos e definimos um objetivo: até dezembro de 2013, comprar um terreno.

Vamos aos meus objetivos então:

Eu conheço pouco sobre a famosa Bolsa de Valores, sei que ela pode gerar lucros altos, talvez mais do que qualquer investimento, mas por enquanto, pra ser sincero não me sinto seguro e não possuo conhecimento para investir em ações.

Sei que terreno por mais que valorize, é um "dinheiro parado", não existe liquidez, a não ser que você o alugue, mas mesmo assim o aluguel de um terreno, na maioria das vezes é mais baixo do que o juros da poupança.

Minha ideia principal é a construção de imóveis, e atualmente eu e minha mãe estamos juntos nesse objetivo. Eu consigo fazer aportes mensais de R$1200,00 (tenho que aproveitar enquanto moro com meus pais hehe) e minha mãe R$2000,00. Estamos colocando o dinheiro na poupança por enquanto, mas a curto prazo, pois em dezembro compraremos o terreno.

Moro em Itajaí/SC, e nessa região a construção civil sempre foi muito forte, por ser região litorânea e por ser vizinha de Balneário Camboriú, existe muito turismo por aqui e o mercado da construção está bem aquecido.

Penso em construir imóveis residenciais e vender e assim aumentar o número de unidades construídas sucessivamente.

Pelos meus cálculos, com 35 anos vou estar "aposentado", podendo viver de renda de alugueis (claro que para escolher a opção do aluguel, vou olhar o tempo de retorno sobre investimento e ver se vale a pena) mas penso em continuar as construções até quando estiver compensando.

Minha ideia de vida é: ganhar o máximo com o menor trabalho possível, não pretendo ser um milionário fora de série, mas pretendo ter uma vida boa e trabalhar por opção.

Os setor que me atrai alem da construção, é o setor do esporte/saúde: Montar academias, quadras de futebol society, onde vejo um potencial forte de crescimento, mas isso são planos bem la pra frente, antes quero me firmar no ramo da construção.

Bem, esse foi meu post, peço desculpas por ele ser tão longo, mas foi um resumo de tudo que vivi e tenho feito até agora.
Agradeço aos que leram até aqui, e aceito dicas, críticas e sugestões!
Voltar ao Topo
Ver o perfil de Usuários Enviar Mensagem Particular
mobilecds




Registrado em: Sábado, 2 de Outubro de 2010
Mensagens: 26
Localização: São Paulo

MensagemEnviada: Qua Ago 07, 2013 12:57 pm    Assunto: Responder com Citação

Meu nome é Cleiton tenho 34 anos e há cinco anos que venho trabalhando para acumular patrimônio com a maior alocação em fundos imobiliários e ações que hoje permite dizer que sou financeiramente independente.
_________________
Consultor financeiro,investidor, especialista em finanças pessoais e co-fundador do @investmobile e @resenha_virtual

www.resenhavirtual.com.br/blog
Educação Financeira ao seu alcance!!!

www.investmobile.com.br
Voltar ao Topo
Ver o perfil de Usuários Enviar Mensagem Particular Visitar a homepage do Usuário
souzallyndi
Nível 1

Nível 1<br>




Registrado em: Terça-Feira, 26 de Julho de 2011
Mensagens: 50

MensagemEnviada: Sex Nov 29, 2013 10:22 pm    Assunto: Re: Aposentadoria financeira: qual seu plano? Responder com Citação

Gustavo_bl escreveu:
Gostaria de saber quais os planos e metas que voces tem para conquistar a sua aposentadoria financeira, adquirindo a independência financeira (a famosa "IF" Very Happy ).

Seria interessante colocar:

- a idade em que começou a se interessar no assunto e a trabalhar para conseguir a IF.


- Que idade tem hoje e em que idade pretende alcançar a IF.


- Quais os tipos de investimentos que planejou para alcançar a IF.


Qualquer tempo é tempo para a conquista da independência financeira. Basta persistir nas escolhas dentre as quais a bolsa de valores disponibiliza, como também os fundos multimercado ou fundos de previdência que serão sempre bem-vindos.
_________________
Como Investir na bolsa

como operar na bolsa

analise tecnica

curso de bolsa de valores
Voltar ao Topo
Ver o perfil de Usuários Enviar Mensagem Particular
MercadoCanal



Registrado em: Sexta-Feira, 4 de Outubro de 2013
Mensagens: 6

MensagemEnviada: Sex Jan 03, 2014 1:34 pm    Assunto: APOSENTADORIA E PREVIDÊNCIA Responder com Citação

Para aqueles que estão querendo aprender a investir em Previdência Privada para complementar a renda na tão sonhada aposentadoria segue um texto muito interessante e didático explicando o que é a Previdência Privada, quando é aconselhada e quais as diferenças entre PGBL e VGBL, seus principais produtos.

Aposentadoria: a melhor escolha entre PGBL e VGBL

O que eu diria se minha mãe perguntasse qual o melhor tipo de aposentadoria ela poderia escolher?

Que responsabilidade, hein! Bem, independente de ser minha mãe, a mãe do amigo ou a mãe de um cliente, eu de fato avaliaria com muito cuidado porque este é um recurso proveniente, às vezes, de economias de uma vida toda.Tenho muitas teses de investimento e sugestões de aposentadoria. O texto é um pouco longo, mas vale muito a pena, afinal o tema diz respeito sem exceção a todos, e é melhor começar a se preparar o quanto antes, não?

A primeira coisa que me vem à mente quando penso em aposentadoria é Previdência Social, mais conhecida como INSS. Ela existe para substituir a renda dos contribuintes quando estes perdem a capacidade de trabalhar, seja por idade, doença, incapacidade, desemprego ou algum outro motivo. Em tese você recebe um valor mensal do Governo para manter o mesmo poder de compra quando em atividade.

Mas sabemos por uma série de fatores, que não nos interessa agora, que a coisa não funciona bem assim. Primeiro porque, se você tem renda superior a R$ 4.157 o seu poder de compra não será mantido porque este é o teto da Previdência Social. Além que não é tão fácil receber o teto, pois existem uma série de fatores como tempo de trabalho, idade etc.

Como não somos sujeitos acomodados e ainda não podemos nos darmos ao luxo de nadar em uma piscina com a fórmula da juventude como a do Cocoon, é preciso avaliar bem as várias opções disponíveis atualmente. A minha tese é a seguinte:

Primeiro: Estamos falando de recursos para o longo prazo, talvez 20, 30 anos. Então, nenhuma oscilação decorrente de um espirro do Ben Bernanke e da política econômica americana vai alterar a nossa aplicação.

Segundo: Procurar opções conservadoras de investimento como títulos públicos que protejam o patrimônio contra a inflação (NTN-B) e títulos que seguem a curva de juros (LFT) para começar. Falaremos deles outro dia, mas farão parte do nosso plano de aposentadoria.

Mas e se minha mãe quisesse uma previdência privada pela facilidade que o produto oferece? Isso pode sim ser uma boa opção de investimento, desde que seja feita de forma correlacionada com o TIPO DE IMPOSTO DE RENDA que você declara. Explicarei como mais adiante.

[size=120]Mas antes vamos entender o que é Previdência Privada?

É uma opção de investimento para aquele que desejam uma renda próxima àquela que tinha antes de aposentar. Mensalmente vai cair uma graninha na sua conta para complementar o valor pago pelo INSS, visando manter seu poder de consumo.

Quem trabalha é provável que pague um valor mensal de previdência oferecido pela empresa, que também entra com um valor complementador para tornar seu aporte financeiro mais interessante. Esse produto é um Plano de Previdência Fechado, ou seja, só quem é funcionário daquela empresa pode participar.

Mas se este não é seu caso e mesmo assim quiser fazer uma previdência, vá ao seu banco e consulte os planos de previdência disponíveis. Esses são os chamados Planos de Previdência Abertos, em que qualquer pessoa pode colocar seus recursos.

Como Aplicar?

Quando chegar ao banco e disser ao seu gerente que quer uma Previdência Privada, provavelmente ele vai te perguntar se você quer contribuir com um valor fixo todos os meses ou se esse valor será variável, desde que você já saiba quanto quer receber na hora em que for se aposentar.

Vou explicar: no primeiro caso, temos o que é chamado de Contribuição Definida (CD), em que você não sabe quanto vai receber no final, mas contribui mensalmente com um mesmo valor ou uma porcentagem do seu salário.

Do outro lado tem o Benefício Definido (BD), em que você sabe quanto irá ganhar mensalmente no momento em que se aposenta, mas sua contribuição irá variar todo mês. Se você ganha R$ 8.000 por mês de salário e quer aposentar recebendo esse valor, sua contribuição irá variar para que a rentabilidade das suas aplicações atinja esse valor.

Já deu para ver que, se a aplicação render pouco ou amargar prejuízo você vai ter que contribuir com mais dinheiro. Só para salientar, ainda que existam pessoas com este tipo de plano vigente, ele não é mais vendido.

E quando você se aposentar poderá receber o dinheiro aplicado de duas formas: de uma única vez toda a quantia, que é chamado de resgate; ou receber um valor mensal como um salário e optar pelo período (10, 20 anos) que deseja receber este benefício/renda.

Lembrando que para cada um deles a tributação é feita de forma diferente, então vamos considerar apenas a opção de renda, em que você recebe um valor mensalmente.

Conhecendo os planos de previdência: PGBL ou VGBL?

Parece sopa de letrinhas e por não parecer com nada e não lembrar ninguém essas siglas por si só não esclarecem muita coisa. Pois bem, PGBL vem de PLANO GERADOR DE BENEFICIO LIVRE.

O que tem de especial nesse produto é que ele é muito bom para as pessoas que fazem a DECLARAÇÃO COMPLETA DO IMPOSTO DE RENDA. Se você é uma pessoa que possui muitos gastos com educação e saúde essa pode ser a melhor opção. Se o total de gastos com esses itens for maior que R$ 15.197,02 a declaração completa no final do ano te proporcionará um desconto maior na hora de pagar o IR.

Veja:

Renda Anual do Joe (em homenagem ao um dos protagonistas do Cocoon): R$ 500 mil

Despesas Médicas no ano: R$ 12 mil

Tem 4 filhos (dependentes):R$ 8 mil

Só com isso Joe já poderia abater R$ 20 mil da base de cálculo do IR, que é mais que os R$ 15.197,02 oferecidos para quem declara no MODELO SIMPLES. Só por issi já vale a pena declarar no MODELO COMPLETO do IR.

Dessa forma, ele pagaria o imposto sobre R$ 480 mil. Mas se ele quiser uma Previdência Privada para ficar mais tranquilo na aposentadoria e optar por um PGBL ele pode abater o valor dos depósitos que fizer, limitando-se a 12% do valor da renda que ele tem. Neste caso, como a renda é de R$ 500 mil, ele pode abater até R$ 60 mil no PGBL (12% x R$ 500 mil). Então, a declaração de IR dele, no modelo COMPLETO vai ficar:

Renda Anual do Joe: R$ 500 mil

Despesas Médicas no ano: R$ 12 mil

Tem 4 filhos (dependentes):R$ 8 mil

PGBL: R$ 60 mil

No final do ano, Joe vai pagar imposto sobre uma base de cálculo de R$ 420 mil (antes era R$ 480 mil). Então, Joe está cuidando da sua aposentadoria e ainda vai deduzir essas aplicações no imposto de renda no final do ano.

Gostaria de ressaltar um ponto importante sobre PGBL, pois até agora falamos da escolha do produto de acordo com a declaração do IR que você faz. Mas também tem outro ponto que é sobre o momento do resgate ou recebimento da renda. Neste momento, haverá uma tributação sobre o valor total resgatado (depósito + rentabilidade), em que o valor total pago como imposto é maior que o VGBL, por exemplo. Porém, como vimos anteriormente o PGBL possibilita que os valores depositados sejam utilizados na redução do IR.

Bem, quanto ao VGBL (Vida Gerador de Benefício Livre) que se assemelha bastante ao PGBL, porém não dispõe do benefício de ser utilizado para reduzir do IR. É indicado para pessoas que optam pelo MODELO SIMPLIFICADO de DECLARAÇÃO do IR, ou seja, para aqueles que possuem valores pouco expressivos de gastos (menor que R$ 15.197,02).

Neste tipo de declaração a dedução das despesas é substituída por um desconto de 20% no valor total dos rendimentos (limitado a R$ 15.197,02). Então, a ideia deste plano é a seguinte: se o cara tem poucos valores para deduzir do IR ele não vai contratar um PGBL que a principal vantagem é a utilização dos depósitos para dedução do IR, não faz sentido!

Agora se ele contrata um VGBL mesmo que ele não tenha este benefício, no momento do resgate ou do recebimento mensal a tributação ocorrerá apenas sobre a rentabilidade obtida, não incindindo sobre o valor total como no caso do PGBL. Deu para perceber que o valor cobrado como IR é menor no VGBL.

Bem, com tudo isso quero dizer que não existe o melhor produto e sim o produto ideal para cada perfil. O que vale, portanto, é alguém bom para te direcionar para suas melhores escolhas.[/size]


Veja mais dicas em http://mercadocanal.com/aposentadoria-a-melhor-escolha-entre-pgbl-e-vgbl/
Voltar ao Topo
Ver o perfil de Usuários Enviar Mensagem Particular Visitar a homepage do Usuário
Mostrar os tópicos anteriores:   
Novo Tópico   Responder Mensagem    Clube do Pai Rico - Fórum - Índice do Fórum -> Investimentos em Geral Todos os horários são GMT - 2 Hours
Ir à página Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9, 10  Próximo
Página 9 de 10

 
Ir para:  
Enviar Mensagens Novas: Proibído.
Responder Tópicos Proibído
Editar Mensagens: Proibído.
Excluir Mensagens: Proibído.
Votar em Enquetes: Proibído.








Junte-se a nós e cresça financeiramente. Eduque-se Financeiramente !!


Powered by phpBB © 2001, 2002 phpBB Group
Traduzido por: Suporte phpBB
Header design *Ícaro Pablo*