Clube do Pai Rico - Fórum - Índice do Fórum

 www.ClubedoPaiRico.com.brBlog - www.ClubedoPaiRico.com.br   FAQFAQ   PesquisarPesquisar   MembrosMembros   GruposGrupos   RegistrarRegistrar   PerfilPerfil   Entrar e ver Mensagens ParticularesEntrar e ver Mensagens Particulares   EntrarEntrar 

Sugestão de artigos que devem ser lidos no site do Clube:

- Como o Zé ganha na Bolsa ?
- Iniciando seus investimentos
- Por que o problema é dos mais ricos ?
- Você está preparado para a velhice ?
- O texto definitivo: Saiba como ganhar MUITO dinheiro na bolsa !
- Fez errado … ? Então pague o preço !!
- O Controle do Fluxo de Caixa e suas barreiras
- Você está no vermelho ? O que tem feito para mudar isto ?
- Formando o seu colchão de segurança



Além disso, indico duas séries especiais:

- Iniciando seus Investimentos: a série
- O que o Zé faz para ganhar dinheiro na Bolsa de Valores ? (Índice)


Projeto de ferrovia de grande extensão

 
Novo Tópico   Responder Mensagem    Clube do Pai Rico - Fórum - Índice do Fórum -> Notícias
Exibir mensagem anterior :: Exibir próxima mensagem  
Autor Mensagem
ajsilva
Nível 3

Nível 3<br>




Registrado em: Sexta-Feira, 2 de Novembro de 2007
Mensagens: 370
Localização: Salvador, Bahia.

MensagemEnviada: Sex Ago 22, 2008 7:57 am    Assunto: Projeto de ferrovia de grande extensão Responder com Citação

21/08/2008 (23:52) atualizada em 22/08/2008
Ferrovia anima o setor produtivo do Estado
Editoria de Arte/A Tarde

A recente aprovação, pelo Congresso Nacional, de um ousado plano de investimentos em ferrovias para ligar o País ao Oceano Pacífico por eixos leste-oeste, além de diversas novas linhas e ramais inter-regionais, poderá colocar de vez nos trilhos um projeto estratégico de desenvolvimento da economia baiana.

Considerada por décadas como obra fundamental para a mudança de perfil produtivo do Estado, a Ferrovia Bahia-Oeste (EF 334), entre Ilhéus e Alvorada (TO), já tinha conquistado, graças a uma articulação política da bancada federal baiana, sua inclusão no Programa de Aceleração do Crescimento (PAC).

Apesar de ainda estar em fase de estudos de engenharia, a sonhada ligação ferroviária de quase 2,7 mil quilômetros entre as regiões do Estado com maior potencial exportador (metropolitana, sul e oeste) e o Centro-Oeste do País ganha a partir deste momento novas perspectivas, viabilizadas pelo Plano Nacional de Viação (PNV) e uma extensão até o Mato Grosso.

Esse planejamento federal de investimentos em alternativas de transporte de cargas e passageiros envolve desde a ampliação de antigos projetos, como o da Ferrovia Norte-Sul, até a criação de corredores velozes, como o Belo Horizonte a Curitiba. Alguns parlamentares, mesmo votando a favor do PNV na Câmara e no Senado, ainda duvidam de sua concretização em prazo razoável.

A Medida Provisória (MP) 427/08, que ampliou o traçado de ferrovias e incluiu ao PNV outras novas, além de reformular a atuação da estatal Valec, teve a votação concluída pela Câmara dos Deputados na noite de quarta-feira, após ter sido modificada no Senado e, antes, na própria Casa. O texto vai agora para sanção do presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Os últimos itens analisados e acatados foram três emendas dos senadores que acrescentam os municípios de Bom Jesus da Lapa (BA) e Barcarena (PA) em trechos e ligações com os municípios de Santarém (PA) e Cuiabá. A inclusão do trecho baiano foi aceita pelo relator, deputado Jaime Martins (PR-MG), depois de o próprio o ter suprimido da MP na primeira vez que ela passou na Câmara.

O governador Jaques Wagner não esconde a satisfação com a rápida aprovação da MP com as medidas favoráveis ao Estado. “Essa ferrovia é uma das principais reivindicações do setor produtivo da Bahia, pois permitirá o escoamento da produção de grãos e de minérios do oeste baiano barateando custos de transporte dessas cargas.

Estamos satisfeitos pois o projeto da ferrovia foi bem estudado e está muito bem encaminhado”, comemorou. Para Wagner, a Bahia-Oeste é a “principal prioridade” do Estado em relação à logística de transporte.

O “y” da questão - como parlamentares apelidaram a solução para unir Nordeste, Sudeste, Sul e Centro-Oeste ao Pacífico devido ao formato bifurcado do traçado - também precisou da atuação conjunta de forças políticas rivais na Bahia. O debate sobre o abuso na edição de MPs deu lugar ao interesse maior do Estado. Com a aprovação da MP 427 com votos do DEM, passaram a fazer parte do PNV a Transnordestina, a estrada de ferro entre Uruaçu (GO) e Vilhena (RO) e a Bahia-Oeste.

Até o fim do ano, o governo da Bahia espera lançar o processo de licitação para a construção dos 2.675 quilômetros da EF 334. A ferrovia sairá do Porto de Ilhéus passando por Brumado, Bom Jesus da Lapa, Barreiras, Luís Eduardo Magalhães e Alvorada (TO), ganhando uma extensão até Lucas do Rio Verde (MT). Ali, a ferrovia se encontra com a EF 246 e dali se prolonga até Boqueirão da Esperança, fronteira entre o Brasil e o Peru. Apenas o trecho baiano exigirá investimento superior a R$ 1 bilhão.

A alteração implementada pelo relator da MP no Senado, Valdir Raupp (PMDB-RO), por sugestão de César Borges (PR-BA) e pressão do governador Jaques Wagner, acabou dividindo em duas a ligação com o Pacífico a partir do Peru, que passaria a seguir para o Porto de Ilhéus e, via Distrito Federal e Minas Gerais, também para o litoral norte-fluminense.

Antes, a MP foi modificada na Câmara pelo relator Jaime Martins com apoio da Agência Nacional de Transportes Terrestres, retirando a ligação entre a Bahia-Oeste com o ramal entre Alvorada e Lucas do Rio Verde e favorecendo Minas Gerais. A única opção para as cargas baianas seria completar o caminho via Transnordestina até Uruaçu, no Estado de Goiás.

Fertilizantes – A ligação entre Ilhéus e o Peru, segundo César Borges, poderá transportar 8 milhões de toneladas de grãos e fertilizantes. Segundo o senador, além de permitir o escoamento de grãos do País por Ilhéus e pelo Pacífico, em direção à Ásia, a Bahia-Oeste poderá transportar também fertilizantes do Peru para o cerrado.

Se esse ambicioso e necessário plano de infra-estrutura ferroviária vingar nos próximos anos conforme estabelecido por lei, diversos portos do Nordeste também poderão ser ligados à ferrovia transcontinental via Bahia-Oeste, que se encontraria com a Ferrovia Norte-Sul. Na prática, a Bahia passaria a se conectar via trilhos ao resto do Paíís e até o Peru, o que abre oportunidades de novos mercados nacionais e externos.A parte destacada é o trecho da Bahia por a noticia ser de um jornal local mais toda a ferrovia que está no mapa será nova.

[img][/img]
_________________
Se você acredita em tudo que lê, simplesmente não leia.
Mao Tse
Voltar ao Topo
Ver o perfil de Usuários Enviar Mensagem Particular Enviar Email
Mostrar os tópicos anteriores:   
Novo Tópico   Responder Mensagem    Clube do Pai Rico - Fórum - Índice do Fórum -> Notícias Todos os horários são GMT - 2 Hours
Página 1 de 1

 
Ir para:  
Enviar Mensagens Novas: Proibído.
Responder Tópicos Proibído
Editar Mensagens: Proibído.
Excluir Mensagens: Proibído.
Votar em Enquetes: Proibído.








Junte-se a nós e cresça financeiramente. Eduque-se Financeiramente !!


Powered by phpBB © 2001, 2002 phpBB Group
Traduzido por: Suporte phpBB
Header design *Ícaro Pablo*