Clube do Pai Rico - Fórum - Índice do Fórum

 www.ClubedoPaiRico.com.brBlog - www.ClubedoPaiRico.com.br   FAQFAQ   PesquisarPesquisar   MembrosMembros   GruposGrupos   RegistrarRegistrar   PerfilPerfil   Entrar e ver Mensagens ParticularesEntrar e ver Mensagens Particulares   EntrarEntrar 

Sugestão de artigos que devem ser lidos no site do Clube:

- Como o Zé ganha na Bolsa ?
- Iniciando seus investimentos
- Por que o problema é dos mais ricos ?
- Você está preparado para a velhice ?
- O texto definitivo: Saiba como ganhar MUITO dinheiro na bolsa !
- Fez errado … ? Então pague o preço !!
- O Controle do Fluxo de Caixa e suas barreiras
- Você está no vermelho ? O que tem feito para mudar isto ?
- Formando o seu colchão de segurança



Além disso, indico duas séries especiais:

- Iniciando seus Investimentos: a série
- O que o Zé faz para ganhar dinheiro na Bolsa de Valores ? (Índice)


Consórcio imobiliário
Ir à página Anterior  1, 2, 3, 4
 
Novo Tópico   Responder Mensagem    Clube do Pai Rico - Fórum - Índice do Fórum -> Imóveis
Exibir mensagem anterior :: Exibir próxima mensagem  
Autor Mensagem
octavio




Registrado em: Quinta-Feira, 12 de Agosto de 2010
Mensagens: 41

MensagemEnviada: Qua Jun 08, 2011 2:45 pm    Assunto: Responder com Citação

Código:
Em um cenário de juros altos e inflação baixa, o consórcio passa a ser inteerssante, pois o INCC é um indice atrelado a inflação, e estará baixo.
Imaginem um financiamento imobiliario com juros de 12% ao ano, enquanto o INCC fica em uma média de 6% ao ano, nesse cenário o consorcio será mais interessante. Esse tipo de caso aconteceu a alguns anos atras.


Nos últimos 15 anos o INCC ficou acima de 10% a.a em média (e de acordo com o link que postei, a projeção é ainda mais pessimista). Adicione mais 2% a.a. de txa. de administração e temos 12% a.a. nos últimos 15 anos. É pouco ?? Não, é igual ou no momento atual MAIOR que financ. Os números não mentem, não se iluda.

De qualquer forma, é no mínimo sem sentido ficar comparando o consórcio ao financiamento, pois no consórcio ainda há o custo de oportunidade: você não tem o capital disponível imediatamente, e para ter, o lance médio é pelo menos 3x maior que a entrada do financ. Este custo faz com que o consórcio SEMPRE seja mais desvantajoso que financiamento (considerando os dados históricos mencionados).

É uma relação custo/benefício que não vale a pena.

Enfim, encerro aqui minha participação no assunto consórcio, creio que já contribui o suficiente.

Abraços.
Voltar ao Topo
Ver o perfil de Usuários Enviar Mensagem Particular
Aroldo



Registrado em: Quinta-Feira, 18 de Novembro de 2010
Mensagens: 11

MensagemEnviada: Seg Jun 27, 2011 6:50 pm    Assunto: Responder com Citação

Texto de Gurtavo Cerbasi sobre consórcios publicado na Folha de S. Paulo em 21.6.2011 e disponível do site Mais Dinheiro.

O momento dos consórcios

Publicado em: - 21-06-2011

O ano de 2011 tem sido excepcional para o mercado de consórcios, principalmente para aquisição de veículos, com aumento de mais de 33% no número de cotistas no primeiro quadrimestre ante o mesmo período de 2010. Mérito da racionalidade, pois consórcios nada mais são do que um meio mais econômico do que os financiamentos para comprar itens de grande valor. O mecanismo de um consórcio é simples. Uma empresa administradora reúne pessoas interessadas em comprar um bem -um automóvel, por exemplo- e que não tenham a necessidade de ter esse bem em mãos imediatamente.
A empresa divide o valor do bem em um grande número de parcelas de modo que a soma das parcelas pagas pelos consorciados a cada mês permita adquirir um ou mais desses bens.
Isso permite que, mensalmente, um ou mais consorciados sejam contemplados por sorteio e adquiram a carta de crédito que compra o bem à vista. Além dos sorteios, a maioria dos planos de consórcios permite que os participantes ofereçam lances antecipando certo número de prestações. Quem der o maior lance leva a carta de crédito.
A administradora lucra ao cobrar uma taxa sobre o valor da carta de crédito. Se você entrar em um consórcio de cem meses para adquirir uma carta de R$ 100 mil, com taxa de administração de 20%, pagará cem prestações de R$ 1.200.
Parece muito, mas é um mecanismo muito mais em conta do que um financiamento que cobre, por exemplo, taxa de juros de 1% ao mês. Ao optar por um financiamento desses pelo prazo de cem meses, você pagaria prestações de R$ 1.571 -custo de 57% no mesmo período.
Porém, o financiamento traz a vantagem de você poder desfrutar do bem desde o momento em que começa a pagar, sem ter de esperar ser contemplado.
Pela vantagem financeira, quem vende consórcios costuma alardear que o produto é um grande investimento. Definitivamente, consórcio não é investimento, pois, ao adquiri-lo, você está pagando mais do que vale sua compra, incluindo a taxa de administração no preço.
Mas é fato que, ao usar consórcios, podemos viabilizar bons investimentos. Por exemplo, se você tem uma boa reserva financeira, mas insuficiente para pagar um imóvel que está abaixo do preço de mercado, pode discutir com uma administradora de consórcios se sua poupança viabiliza um lance contemplável em poucos meses. Ao assumir a prestação do consórcio -mais barata que um financiamento- e ofertar um lance contemplável, na prática é como se tivesse oferecido uma entrada no financiamento sem assumir todo o custo deste. Muitos investidores fazem isso para comprar imóveis que, quando revendidos, trazem lucro maior que a taxa de administração. Lucram com dinheiro alugado. Vale a pena? Sim, mas, nesse caso, o consórcio não foi um investimento, e sim um custo. Investimento foi o imóvel. Se, por outro lado, o investidor não conseguir vender esse imóvel com uma margem maior do que a taxa de administração, ou não conseguir aplicar bem o dinheiro da venda, ele estará perdendo dinheiro nas prestações que assumiu.
Vale ressaltar que, apesar da evidente oportunidade, consórcios somente serão interessantes enquanto o mercado for ineficiente. Para que alguém lucre com consórcio, outra pessoa precisa sair perdendo.
Enquanto todos pagam a mesma prestação, alguns são sorteados antes e desfrutam do bem, outros pagarão durante todo o prazo para desfrutarem apenas no final.
Se todos decidirem desfrutar de seus bens no começo do plano, terão de dar lances contempláveis de valor cada vez mais alto, quase que pagando à vista todo o plano. Nesse caso, não há sentido em pagar a taxa de administração. Consórcios também só são interessantes porque custam menos do que financiamentos. Quanto mais os juros da economia caírem, menor será a vantagem financeira, consequentemente menor será também a propensão a aguardar a contemplação. Consórcios somente serão uma ótima opção enquanto os juros estiverem altos. Portanto, aproveite o momento. Avalie um consórcio antes de assinar um financiamento.[/url]
_________________
Aroldo Batista
Voltar ao Topo
Ver o perfil de Usuários Enviar Mensagem Particular Visitar a homepage do Usuário
gabriel_antunes
Nível 2

Nível 2<br>




Registrado em: Quinta-Feira, 9 de Dezembro de 2010
Mensagens: 240
Localização: em algum lugar do Rio Grande do Sul

MensagemEnviada: Seg Jun 27, 2011 9:04 pm    Assunto: Responder com Citação

Ótimo.

Para aqueles que ficam malhando o consórcio e dizendo que é pior que o financiamento imobiliário, taí um texto que compara bem as duas opções.

Importante ressaltar que o consórcio é mais barato que o financiamento imobiliário, embora muita gente ainda não tenha percebido isso.
_________________
Gabriel Antunes
Voltar ao Topo
Ver o perfil de Usuários Enviar Mensagem Particular
octavio




Registrado em: Quinta-Feira, 12 de Agosto de 2010
Mensagens: 41

MensagemEnviada: Ter Jun 28, 2011 3:41 am    Assunto: Responder com Citação

Pior do que não ter opinião própria é vir aqui repassar texto de Gurtavo Charlatão Cerbasi...

É dose..
Voltar ao Topo
Ver o perfil de Usuários Enviar Mensagem Particular
Zé da Silva
Proprietário do Site

Proprietário do Site<br>





Registrado em: Quinta-Feira, 17 de Novembro de 2005
Mensagens: 9215
Localização: Florianópolis - SC

MensagemEnviada: Ter Jun 28, 2011 11:10 am    Assunto: Responder com Citação

Como eu já falei lá no twitter, tenho dúvidas sobre a real vantagem do consórcio ... sei que tem alguns "pontos" onde ele perde do financiamento puro e simples. Assustado

Agora é fazer contas pra ter certeza disso. Wink
_________________
www.ClubedoPaiRico.com.br
Educação Financeira
---
Pai Rico Pai Pobre, o livro que me motivou a criar o Clube !
Voltar ao Topo
Ver o perfil de Usuários Enviar Mensagem Particular Enviar Email Visitar a homepage do Usuário MSN Messenger
PapaiSmurf
Nível 4

Nível 4<br>




Registrado em: Quarta-Feira, 31 de Janeiro de 2007
Mensagens: 1073
Localização: São Paulo - SP

MensagemEnviada: Ter Jun 28, 2011 11:54 am    Assunto: Responder com Citação

Zé da Silva escreveu:
Como eu já falei lá no twitter, tenho dúvidas sobre a real vantagem do consórcio ... sei que tem alguns "pontos" onde ele perde do financiamento puro e simples. Assustado

Agora é fazer contas pra ter certeza disso. Wink


Não existe muita regra... as vezes ele é melhor, as vezes pior...
Tem que pegar cada caso, em cada momento, fazer a conta e ver o melhor... não tem mágica...
_________________
Site sobre investimentos e educação financeira:
http://www.investfacil.net

Calculadora de rendimentos online:
http://iff.investfacil.net/p/calculadora-de-rendimentos.html

Calculadora de ações e investimentos IFnet Financial: http://www.solucaoonline.net/if/files/IFnetFinancial.zip
Voltar ao Topo
Ver o perfil de Usuários Enviar Mensagem Particular Visitar a homepage do Usuário MSN Messenger
Aroldo



Registrado em: Quinta-Feira, 18 de Novembro de 2010
Mensagens: 11

MensagemEnviada: Ter Jun 28, 2011 2:45 pm    Assunto: Responder com Citação

Caro octavio,

Em primeiro lugar não penso que o Gustavo Cerbasi seja charlatão, senão vejamos: o Dicionário Aurélio nos oferece três definições para charlatão:
1.Vendedor público de drogas, cujas virtudes apregoa com exagero.
2.Explorador da boa-fé do público.
3.Impostor, embusteiro, trapaceiro.
Nesse sentido o autor do texto compartilhado por mim está longe disso tudo, não vende drogas, seus livros, apesar da linha auto-ajuda, não explora a boa-fé de ninguém, li alguns e, por sinal, não achei ruim, e quanto à terceira definição, não precisa nem comentar.
Bem, não querer comentar o texto, é direito seu, mas afirmar que não tenho opinião própria, penso que não é por aí, concordar com texto não significa desprover de opinião, mas pode significar ter a mesma apresentada no texto.
Bem, se isso não é suficiente para expor minha opinião convido a ler dois textos escritos por mim, um deles merecedor e de elogios pelo dono deste maravilhoso site, que muito me orgulhou, veja a aqui, quanto ao tema consórcio também escrevi outro citado abaixo, que provavelmente não leu.
Por fim, atribuir adjetivos a pessoas sem conhecê-las também tem definição no vernáculo, mas não vim aqui para ser descortês e, afinal, devemos manter o nível da discussão e a civilidade.
Citação:
O Crédito do Consórcio Imobiliário

Quando se adere a um consórcio imobiliário e não tem um valor elevado para o lance o consorciado pode ser contemplado logo no início ou, se não der muita sorte, depender de algum tempo do sorteio. Agora, veja bem, quem for contemplado tem duas opções, comprar o imóvel e seguir pagando as parcelas ou adiar a compra para o futuro.

As prestações do consórcio são reajustadas pela INCC (Índice Nacional da Construção Civil), que por sinal foi maior que a inflação nos últimos meses que, por isso mesmo, tende a ser menor nos próximos, coso se confirme o estouro da bolha imobiliária.

A TR (taxa referencial), utilizada para a correção da caderneta de poupança, é o índice de reajuste dos financiamentos imobiliários, registrou valor bem abaixo da inflação nos últimos meses, que tem animado muito quem busca o crédito imobiliário. Mas, isso nem sempre foi assim, outrora já foi dor de cabeça para muitos mutuários, veja que está baixa porque tem por fim fazer com que a caderneta de poupança seja menos atrativa que os fundos bancários, que em geral, tem taxa de administração muito alta.

Convém lembrar que os bancos não foram feito para perder dinheiro e como agora é o momento do financiamento bancário, nada mais oportuno que deixar a TR bem baixinha para não assustar os incautos compradores que se prendem a financiamentos bancários de trinta anos, na maioria dos casos.

Agora veja o perigo, com tanto dinheiro emprestado e quando estourar a bolha pode ficar muito vantajoso para os bancos “valorizarem” a caderneta de poupança e aumentar o valor da TR, pois assim ganharia na outra ponta com a elevação do valor das prestações da casa própria.

Comprar o imóvel neste momento, para o felizardo que foi contemplado, não é a melhor alternativa, haja vista que, como foi muito discutido aqui, estamos a esperar o estouro da bolha imobiliária e os preços despencarem. Assim, estaria comprando um imóvel com valor acima do preço e com tendência de queda ou congelamento do preço.

Caso opte por adiar a compra do imóvel, o dinheiro fica aplicado em um fundo de renda fixa e assim, há a possibilidade de o rendimento ficar bem próximo da parcela mensal e enquanto o valor do crédito aumenta, com um reajuste acima da inflação (renda fixa), o valor do imóvel desejado diminui (estão do valor real).

Outro ponto que merece destaque, é o pagamento do imóvel a vista, como é bastante recomendado para se fugir dos caros financiamentos. Agora pense na hipótese de se deixar seu dinheiro aplicado e com o próprio rendimento pagar a parcela do consórcio imobiliário.

Portanto, entre fazer um financiamento, comprar a vista ou consórcio, é possível que observar que esta última modalidade pode se tornar bastante vantajosa. O único problema é ser sorteado no final, mas para isso seria interessante antecipar o pagamento de pelo menos umas cinco prestações que funcionaria como lance, observando que os primeiros lances são sempre bastante elevado.

Aroldo Batista

_________________
Aroldo Batista
Voltar ao Topo
Ver o perfil de Usuários Enviar Mensagem Particular Visitar a homepage do Usuário
octavio




Registrado em: Quinta-Feira, 12 de Agosto de 2010
Mensagens: 41

MensagemEnviada: Ter Jun 28, 2011 4:48 pm    Assunto: Responder com Citação

Desculpe Aroldo, na verdade eu não sei porque apareceu essa mensagem (horas depois de eu postar) pois eu havia cancelado o envio. Realmente eu fui rude com sua pessoa, peço desculpas. As suas contribuições são muito bem vindas.

Entretanto, mantenho a mesma linha de pensamento sobre o autor do artigo e tenho minhas razões. Quanto ao artigo ele começa se referindo sobre consórcio de automóveis (que realmente não tem juros) e depois conclui sobre consórcio de imóveis (o que é diferente).

Consórcio imobiliário apresentou juros médio histórico nos últimos 15 anos de ~13% a.a. (computando INCC + taxa de administração). Portanto, pelo menos nos últimos anos foi tão igual no custo quanto ao financiamento (que tem juros máximo de 12% a.a + TR pelo SFH e pode ser flexibilizado). Contemplação sem precisar dar lance é ilusão, loteria, temos que presumir a contemplação no prazo médio para que seja condizente com a realidade. E nisto equivale a entrada no financiamento. Além do mais, assim como vc pode ser o primeiro também pode ser um dos últimos a ser contemplado. O que eu vejo é muita ilusão e crenças despropositadas quando o assunto são consócios imobiliários.

Eu mencionei que não ia comentar mais sobre consórcio pois já expus estes mesmo ponto de vista umas 10 vezes neste mesmo forum. Não adianta eu vir aqui trazer dados estatísticos e fazer matemática financeira se eu estou falando com que não quer enxergar o fato e insiste nas suas crenças irracionais.

Abraços.
Voltar ao Topo
Ver o perfil de Usuários Enviar Mensagem Particular
PapaiSmurf
Nível 4

Nível 4<br>




Registrado em: Quarta-Feira, 31 de Janeiro de 2007
Mensagens: 1073
Localização: São Paulo - SP

MensagemEnviada: Ter Jun 28, 2011 5:04 pm    Assunto: Responder com Citação

octavio escreveu:
Entretanto, mantenho a mesma linha de pensamento sobre o autor do artigo e tenho minhas razões. Quanto ao artigo ele começa se referindo sobre consórcio de automóveis (que realmente não tem juros) e depois conclui sobre consórcio de imóveis (o que é diferente).


Na verdade, tem juros também, porque o consorcio é reajsutado de acordo com o reajuste do preço do automóvel... se o automóvel aumentar 5%a.a. em média, esse será os juros, sem contar a taxa de administração. Pelo menos os poucos consorcios que olhei para automóveis funcionavam assim, não sei se são todos...
_________________
Site sobre investimentos e educação financeira:
http://www.investfacil.net

Calculadora de rendimentos online:
http://iff.investfacil.net/p/calculadora-de-rendimentos.html

Calculadora de ações e investimentos IFnet Financial: http://www.solucaoonline.net/if/files/IFnetFinancial.zip
Voltar ao Topo
Ver o perfil de Usuários Enviar Mensagem Particular Visitar a homepage do Usuário MSN Messenger
octavio




Registrado em: Quinta-Feira, 12 de Agosto de 2010
Mensagens: 41

MensagemEnviada: Qui Jun 30, 2011 3:23 am    Assunto: Responder com Citação

PapaiSmurf escreveu:
Na verdade, tem juros também, porque o consorcio é reajsutado de acordo com o reajuste do preço do automóvel... se o automóvel aumentar 5%a.a. em média, esse será os juros, sem contar a taxa de administração. Pelo menos os poucos consorcios que olhei para automóveis funcionavam assim, não sei se são todos...

Realmente, você tem toda razão. Em uma breve consulta a tabela FIPE tendo como referência automóveis 0km de anos anteriores podemos concluir que sua estimativa de 5% a.a. em média está bem próxima da realidade, sem considerar ainda a taxa de admin.

Embora não seja tão custoso quanto o registrado pelo imobiliário, não deixa de ser juros, como bem lembrado.

Abraços.
Voltar ao Topo
Ver o perfil de Usuários Enviar Mensagem Particular
diogenesl



Registrado em: Sexta-Feira, 25 de Fevereiro de 2011
Mensagens: 7

MensagemEnviada: Sex Abr 20, 2012 10:34 am    Assunto: Responder com Citação

Pessoal, como vocês veem o consórcio como alternativa ao financiamento em 2012?

Sobre as administradoras, alguém sabe qual a melhor para imóveis atualmente?
Voltar ao Topo
Ver o perfil de Usuários Enviar Mensagem Particular
general
Nível 4

Nível 4<br>




Registrado em: Quinta-Feira, 20 de Janeiro de 2011
Mensagens: 688

MensagemEnviada: Sáb Abr 21, 2012 6:35 pm    Assunto: Responder com Citação

diogenesl escreveu:
Pessoal, como vocês veem o consórcio como alternativa ao financiamento em 2012?

Sobre as administradoras, alguém sabe qual a melhor para imóveis atualmente?


Eu vejo, fiz um artigo sobre isso:
http://generalinvestidor.blogspot.com.br/2012/03/aplicando-para-aquisicao-de-bens.html

Estou atualmente em um Consórcio pois não tenho pressa mas deve ser encarado como uma dívida assim como seria o financiamento.
As taxas novas da Caixa para financiamento estão muito boas agora para Consórcio a melhor seria seu banco, porque pode conversar com seu gerente e retirar várias taxas como seguro de vida que diminui bem o valor mensal.
_________________
Invista em você!

http://generalinvestidor.com.br/
Site de investimentos e carteira pessoal!

Ações, Fundos Imobiliários e Tesouro Direto, voltado para investidores experientes.!
Voltar ao Topo
Ver o perfil de Usuários Enviar Mensagem Particular Visitar a homepage do Usuário
Mostrar os tópicos anteriores:   
Novo Tópico   Responder Mensagem    Clube do Pai Rico - Fórum - Índice do Fórum -> Imóveis Todos os horários são GMT - 2 Hours
Ir à página Anterior  1, 2, 3, 4
Página 4 de 4

 
Ir para:  
Enviar Mensagens Novas: Proibído.
Responder Tópicos Proibído
Editar Mensagens: Proibído.
Excluir Mensagens: Proibído.
Votar em Enquetes: Proibído.








Junte-se a nós e cresça financeiramente. Eduque-se Financeiramente !!


Powered by phpBB © 2001, 2002 phpBB Group
Traduzido por: Suporte phpBB
Header design *Ícaro Pablo*