Clube do Pai Rico - Fórum - Índice do Fórum

 www.ClubedoPaiRico.com.brBlog - www.ClubedoPaiRico.com.br   FAQFAQ   PesquisarPesquisar   MembrosMembros   GruposGrupos   RegistrarRegistrar   PerfilPerfil   Entrar e ver Mensagens ParticularesEntrar e ver Mensagens Particulares   EntrarEntrar 

Sugestão de artigos que devem ser lidos no site do Clube:

- Como o Zé ganha na Bolsa ?
- Iniciando seus investimentos
- Por que o problema é dos mais ricos ?
- Você está preparado para a velhice ?
- O texto definitivo: Saiba como ganhar MUITO dinheiro na bolsa !
- Fez errado … ? Então pague o preço !!
- O Controle do Fluxo de Caixa e suas barreiras
- Você está no vermelho ? O que tem feito para mudar isto ?
- Formando o seu colchão de segurança



Além disso, indico duas séries especiais:

- Iniciando seus Investimentos: a série
- O que o Zé faz para ganhar dinheiro na Bolsa de Valores ? (Índice)


Crise Sistêmica-2012 (Financeira, Política e Institucional)
Ir à página 1, 2, 3, 4  Próximo
 
Novo Tópico   Responder Mensagem    Clube do Pai Rico - Fórum - Índice do Fórum -> Investimentos em Geral
Exibir mensagem anterior :: Exibir próxima mensagem  
Autor Mensagem
breackzin



Registrado em: Quinta-Feira, 13 de Outubro de 2011
Mensagens: 24

MensagemEnviada: Qui Out 13, 2011 7:38 pm    Assunto: Crise Sistêmica-2012 (Financeira, Política e Institucional) Responder com Citação

Olá, há anos recebi uma pequena soma em dinheiro do meu pai sem qualquer indicação do que fazer com ela. De início, coloquei na poupança e depois me serviu de incentivo nos estudos a respeito da ordem econômica.

Na época investi frações ainda menores desse patrimônio em ouro e prata, e um volume um pouco maior em crédito familiar, Factoring de pequenas somas, VALE e Small Caps(acho que na época nem havia o tal SMLL), liquidando tudo com o falecimento do meu pai há três meses atrás, obtendo ganho baixo, por conta do inadimplemento do crédito familiar(imprevisível? hehe)

Bom, eu sempre optei pela análise fundamental dos meus investimentos, bem como sua liquidez, que vi seriamente comprometida na crise de uns anos atrás e que, agora, novamente me faz temer pelo futuro.

AQUI COMEÇA O TÓPICO

Em 2008 aprendi muito, mas acredito que especial tenha sido o meu primeiro contato com os maiores fundamentalistas que tenho notícias, economistas austríacos. Eles anteviram em anos as crises/bolhas, alertaram o público, receberam de volta chacotas e descrédito, mas mesmo assim preveniram suas posições e tiveram margens irrisórias de perda.

O problema é que esses mesmos economistas prevêem a crise sistêmica para final desse ano, crise essa que terá no polo econômico uma Depressão severa.

E o problema ainda maior, na verdade, é que embora eu esteja estudando o tema há mais de um semestre, lendo livros e mais livros, não sei como bens de produção, setor imobiliário e outros ativos brasileiros irão reagir a tudo isso.

O CASO CONTRA O SETOR IMOBILIÁRIO

Sei que comunidades de investidores tendem a ser, digamos, hiperoptimistas, como se isso fizesse parte de uma cultura de proativismo (feito comunidades de PUA), mas até mesmo nesses ambientes me nego a entender como alguns membros acreditam ser um "ótimo negócio" imóveis sendo vendidos a 500x o preço do aluguel médio na região.

Esses preços atuais tem mais de 40% de especulação em cima ou mais. Obviamente existe uma enorme bolha imobiliária, na verdade, 80% da construção civil hoje encontra-se maculada pelo crédito público fácil e por predadores monstruosos AKA Empreiteiras-Laranja.

No Rio de Janeiro, por exemplo, só existe rebarba pra quem não estiver no "meio", como já saiu diversas vezes na imprensa. Alias, se você acha que é mentira, abra ai uma Aba em seu navegador e dê 10 minutos do seu dia na busca pela tag "escândalo das empreiteiras".

Numa análise fundamentalista, todo ladrão(no sentido hidráulico da palavra) de recursos tem que ser levado em consideração, então estou dizendo isso pois mesmo nas análises mais centradas que tenho notícia sobre os possíveis efeitos de uma nova crise financeira global no Brasil, corrupção não tem entrado na fórmula, e em se tratando de uma Crise Sistêmica, não vejo sistema mais imundo e decadente para sofrer com tudo isso que o brasileiro. Bem, talvez o do Zimbabue...


Isso sem falar do clássico, como a volta da inflação, fuga das poupanças em tempos difíceis("Collor nunca mais"), aumento feroz da inadimplência, etc.

Por fim, e isso me dá arrepios, os maiores compradores hoje, são pessoas que não tinham como comer carne há dez anos atrás e isso altera TODA a avaliação dos ativos.

DÚVIDAS DE UM HUMILDE

Eu, embora consiga ver como esse setor pode ser afetado, num cenário conservador de crise (sem grande instabilidade das instituições democráticas, confisco e coisas do gênero), não tenho nem competência nem experiência para traçar os efeitos em outros setores com segurança.

Por isso, ficam aqui minhas dúvidas aos novos amigos. O que pode acontecer com o restante da economia brasileira?

Alias, o que pode acontecer com os bens de produção nesse cenário?

Valeria a pena apostar no financiamento de um caminhão ou liquidar o bem parcialmente em função do empréstimo?

Seria estratégia inteligente aproveitar os preços totalmente especulativos dos imóveis, hipotecá-los, investir contra a inflação nos próximos dois anos, iniciar um processo de cobrança abusiva e finalmente resgatar os valores hipotecados com um poder de compra de 2x ou 3x maior do que hoje?
Voltar ao Topo
Ver o perfil de Usuários Enviar Mensagem Particular
breackzin



Registrado em: Quinta-Feira, 13 de Outubro de 2011
Mensagens: 24

MensagemEnviada: Qui Out 13, 2011 7:48 pm    Assunto: Responder com Citação

Eu não sei bem o funcionamento do fórum, mas acredito que alguns vídeos pro pessoal escavar seja um acréscimo legal a esse tópico corrido.

http://www.youtube.com/watch?v=eZA0qNsf4m0
http://www.youtube.com/watch?v=2I0QN-FYkpw
Voltar ao Topo
Ver o perfil de Usuários Enviar Mensagem Particular
Mendigo
Nível 1

Nível 1<br>



Registrado em: Terça-Feira, 15 de Fevereiro de 2011
Mensagens: 52

MensagemEnviada: Qui Out 13, 2011 7:55 pm    Assunto: Responder com Citação

Bom, não sou nenhum especialista, mas acho que bom senso continua valendo mesmo com previsões da crise atual se agravar.
Pra começar, ninguém prevê com exatidão quando vão começar ou terminar os ciclos econômicos. Se houver esse investidor ele seria mais rico que Warren Buffet.
Quanto a financiar um caminhão, em crise ou não o ideal é dar sempre a maior entrada que se pode dar pra pagar menos juros e negociar juros, comparando ofertas de financiamento. O ideal mesmo é pagar a vista com desconto, quem tem grana dá as regras quem não tem obedece.
Eu acho que não está na hora de investir em imóveis no geral, mas sempre tem gente apertada que pode ser causa de um bom negócio. Mas falando da média, acho que estão muito valorizados mesmo e não podem subir muito mais que isso. Nos próximos 3 anos, uma boa carteira de ações deve superar com folga o investimento em imóveis.
Não deixe de estudar e investir, sempre que vem alguém aloprar dizendo que estou perdendo dinheiro com a crise, eu pergunto: Olha meu filho, vc acha que o mundo vai acabar por causa dessa crise?
Crise sempre tem início, meio e fim, assim como imóveis não podem subir nesse ritmo pra sempre aí sim, aproveite as desvalorizações e compre mais ativos.
Voltar ao Topo
Ver o perfil de Usuários Enviar Mensagem Particular
juliosardella
Nível 2

Nível 2<br>



Registrado em: Quarta-Feira, 1 de Outubro de 2008
Mensagens: 114
Localização: Rio de Janeiro 40º :)

MensagemEnviada: Qui Out 13, 2011 9:58 pm    Assunto: Responder com Citação

A alegria do mercado é justamente essa!!! Ninguém sabe ao certo o que vai acontecer ehehehehe.

Uma coisa é certa, do chão não passa, se a merda for muito forte vai ser pra todo mundo, inclusive pro cara que guarda ouro embaixo da cama.

Quem vai se dar bem é quem melhor se adptar às mudanças das regras (ou não)

Sugiro cautela e sangue frio.

Se você for otimista, acredite no Brasil e na bovespa, compre quando cair. Procure se antecipar aos investimentos, crescimento de cidades e adquira terrenos próximos.

Pessimista? Fuja de dolar e euro, cuidado com ouro... ja valorizou demais. Procure moedas com lastro, tesouro direto, renda fixa (leia zero bosta rsrs) Distribua seu capital por vários bancos e corretoras.


Dúvidas? Também nao sei de nada, mas estou otimista. Vem merda por aí, mas ninguem vai parar de comer. Europa e EUA ainda têm muita lenha pra queimar, tecnologia e ativos pra vender!!!

Abraços!!!
Voltar ao Topo
Ver o perfil de Usuários Enviar Mensagem Particular Enviar Email
daniel_gondao
Nível 3

Nível 3<br>



Registrado em: Segunda-Feira, 18 de Outubro de 2010
Mensagens: 296

MensagemEnviada: Qui Out 13, 2011 9:59 pm    Assunto: Responder com Citação

Me assusta um pouco esses rombos e corrupção que sempre aparece em tempos de crise.
Parece que o homem ainda não consegue fiscalizar com rigor esse mundo tão globalizado.
Muitos erros e falcatruas passam batidas e vão se tornando uma bola de neve que estoura nessas horas. Auditoria pra mim não serve de nada.
Voltar ao Topo
Ver o perfil de Usuários Enviar Mensagem Particular
breackzin



Registrado em: Quinta-Feira, 13 de Outubro de 2011
Mensagens: 24

MensagemEnviada: Qui Out 13, 2011 10:50 pm    Assunto: Responder com Citação

Daniel, nos States pegaram os caras que causaram a crise, deram trilhões na mão deles e pediram pra arrumar, auditoria é palhaçada, transparência é tudo.

Julio, o que você acha de ir forte no Renminbi?
Voltar ao Topo
Ver o perfil de Usuários Enviar Mensagem Particular
juliosardella
Nível 2

Nível 2<br>



Registrado em: Quarta-Feira, 1 de Outubro de 2008
Mensagens: 114
Localização: Rio de Janeiro 40º :)

MensagemEnviada: Sex Out 14, 2011 11:18 pm    Assunto: Responder com Citação

breackzin escreveu:
Daniel, nos States pegaram os caras que causaram a crise, deram trilhões na mão deles e pediram pra arrumar, auditoria é palhaçada, transparência é tudo.

Julio, o que você acha de ir forte no Renminbi?


Não sei cara... não conheco a fundo a situação lá na china.

Mas acho que a grosso modo tem um grau moderado de risco, visto que o governo deles costuma desvalorizar artificialmente o cambio pra baixar os preços dos manufaturados.
Voltar ao Topo
Ver o perfil de Usuários Enviar Mensagem Particular Enviar Email
breackzin



Registrado em: Quinta-Feira, 13 de Outubro de 2011
Mensagens: 24

MensagemEnviada: Dom Out 16, 2011 11:58 pm    Assunto: Responder com Citação

http://www.clubedopairico.com.br/dois-textos-do-mestre-nathal-para-se-pensar/9334#

Citação:
Equilíbrio
Vamos experimentar uma mudança macroeconômica importante.

Ontem o Banco Central Europeu disse que vai pagar a conta dos bancos, promover liquidez, e dar crédito ilimitado a eles.

O que isso quer dizer afinal?

Bem, vejamos como é a situação.

Os bancos têm em seus balanços ativos que são notas promissórias, títulos dos governos, e outros papagaios que não têm penas, são todos papagaios cabeludos.
Como papagaio não é dinheiro, e sim uma promessa de pagamento no futuro, e os bancos estão enfrentando o calote de hipotecas e também a possibilidade de calote de títulos de países como Grécia, Espanha, Portugal, Itália, eles não tem dinheiro para devolver aos depositantes e outros credores.

Mas isso não é o mais importante desse conto de fadas. Eles também não encontram mais dinheiro para comprar mais títulos dos governos e rolar as dívidas, não só dos já problemáticos, mas do resto também.

Isso está causando uma parada na economia, ou pelo menos uma retração econômica, já que antes de resolverem ligar as maquinas de impressão de dinheiro, a escolha era aumentar impostos e cortar gastos. Isso não mudou – a população ainda irá pagar a conta – mas agora a ameaça da deflação de preços está descartada. O dinheiro irá jorrar nos caixas dos bancos.
Voltar ao Topo
Ver o perfil de Usuários Enviar Mensagem Particular
Zé da Silva
Proprietário do Site

Proprietário do Site<br>





Registrado em: Quinta-Feira, 17 de Novembro de 2005
Mensagens: 9215
Localização: Florianópolis - SC

MensagemEnviada: Seg Out 17, 2011 2:30 pm    Assunto: Responder com Citação

Ótimas observações breackzin !

Quer ver uma coisa interessante ? Muitos argumentam que não vivemos uma bolha especulatória nos imóveis, que o que está ocorrendo é causado pela demanda reprimida de muitos e muitos anos. Quem está comprando agora são as pessoas que sempre quiseram comprar um imóvel e não tinham condições para tal. (seja por não terem dinheiro disponível ou por não existir uma política pública que oferecesse uma taxa de juros melhor para essa parcela)

Então, resumindo, os preços aumentaram porque quem "não podia comprar" está comprando. Certo ?

Agora pergunta: a crise do Subprime começou como ?

"Coincidentemente" foram pessoas, que tinham um perfil ruim, pouca grana, que aproveitaram as taxas mais baixas para comprar. Quando começaram os reajustes nas parcelas e quando o emprego começou a sumir eles pararam de pagar os financiamentos. Os preços dos imóveis caíram, quem investiu (para fornecer os financiamentos - ou quase isso ...) perdeu ...

E ai ? Smile
_________________
www.ClubedoPaiRico.com.br
Educação Financeira
---
Pai Rico Pai Pobre, o livro que me motivou a criar o Clube !
Voltar ao Topo
Ver o perfil de Usuários Enviar Mensagem Particular Enviar Email Visitar a homepage do Usuário MSN Messenger
breackzin



Registrado em: Quinta-Feira, 13 de Outubro de 2011
Mensagens: 24

MensagemEnviada: Seg Out 17, 2011 4:21 pm    Assunto: Responder com Citação

Quer comparações mais profundas?

Community Reinvestment Act
Citação:
the CRA seeks to ensure the provision of credit to all parts of a community, regardless of the relative wealth or poverty of a neighborhood.
http://en.wikipedia.org/wiki/Community_Reinvestment_Act


X

Crédito da Caixa
Citação:
Quais as vantagens oferecidas pela CAIXA a quem deseja adquirir um dos imóveis à venda?
Legalidade da documentação do imóvel;
Contas e impostos em atraso serão pagos pela CAIXA;
Possibilidade de financiamento de até 100%, em até 20 anos, desde que o comprador não seja o responsável pelos débitos existentes (ex-mutuário e ocupante).
http://www1.caixa.gov.br/Simov/duvidas_frequentes.asp


Quem não manja ai do "peixe assado" de 100% de finaciamento e PIMBA 60% DE LUCRO?

Quem não manja do "peixe assado" de 100% de lucro?
http://www1.folha.uol.com.br/mercado/987677-caixa-nao-podera-negar-credito-a-inadimplente-ha-mais-de-5-anos.shtml
Citação:
Clientes que deixaram de pagar empréstimos há mais de cinco anos não poderão ter o crédito restringido pela Caixa Econômica Federal.

Por unanimidade, a Terceira Turma do TRF-5 (Tribunal Regional Federal da 5ª Região) determinou que qualquer informação negativa de correntistas inseridas em cadastro ou banco de dados interno antes desse prazo não pode ser usada na concessão de empréstimos e financiamentos.


Eu acho que o tempo dessas coisas acabou. Reconheço que não sei bem quais as estatísticas da inadimplência, mas convenhamos, é lógico que num sistema que não se possa negar crédito o risco moral ultrapassa qualquer margem.

Estou pensando seriamente em investir de sócio num cortição e cobrar de aluguel 2% do custo total. Em 50 meses são meus 100% de volta em plena crise, com o cortiço pronto pra ser vendido na primeira reação do mercado.

Mas ainda queria saber dos demais setores... Zé, alguma idéia?
Voltar ao Topo
Ver o perfil de Usuários Enviar Mensagem Particular
Zé da Silva
Proprietário do Site

Proprietário do Site<br>





Registrado em: Quinta-Feira, 17 de Novembro de 2005
Mensagens: 9215
Localização: Florianópolis - SC

MensagemEnviada: Seg Out 17, 2011 5:17 pm    Assunto: Responder com Citação

olha ... acho que dá para fazer uma analogia direta ... como ficaram as coisas lá ?
_________________
www.ClubedoPaiRico.com.br
Educação Financeira
---
Pai Rico Pai Pobre, o livro que me motivou a criar o Clube !
Voltar ao Topo
Ver o perfil de Usuários Enviar Mensagem Particular Enviar Email Visitar a homepage do Usuário MSN Messenger
felipeno
Nível 4

Nível 4<br>




Registrado em: Sábado, 24 de Março de 2007
Mensagens: 545
Localização: Rio de Janeiro

MensagemEnviada: Seg Out 17, 2011 11:51 pm    Assunto: Responder com Citação

Citação:
Pra começar, ninguém prevê com exatidão quando vão começar ou terminar os ciclos econômicos. Se houver esse investidor ele seria mais rico que Warren Buffet.


Vejo comparações ao Buffet sendo usadas de forma incoerente.
Não é porque você percebe o encerramento ou início de um ciclo econômico que você vai ficar mais rico que o BUffet.
Para isso, além de acertar sua projeção, você teria que ter acesso a quantidade ABSURDA de CAPITAL que titio Buffet tem!

Com certeza o próprio Buffet consegue identificar quando uma grande crise surge, no entanto, ao movimentar a quantidade de capital que ele possui ele não consegue se desfazer de seus investimentos para aproveitar a nova onda de crescimento.
Se ele vende a fatia de 20%, 30%, 40% que possui em determinada empresa, ele mesmo deprecia seu ativo e não encontra liquidez para vender.

Citação:
Nos próximos 3 anos, uma boa carteira de ações deve superar com folga o investimento em imóveis.


EU não concordo.
Caso haja uma deterioração do cenário externo, uma carteira de ações irá sofrer bastante.

Se EU não tivesse condições de acompanhar o mercado com frequência ao menos semanal, operando com venda a descoberto, mini indice e derivativos, simplesmente NÃO DEIXARIA MEU DINHEIRO NA BOLSA!
Estaria aplicado em renda fixa.
Pelo menos até descobrir até onde vai esse buraco europeu.
_________________
-

Suae quisque fortuna faber est
Cada homem é artesão de seu próprio destino!
Voltar ao Topo
Ver o perfil de Usuários Enviar Mensagem Particular MSN Messenger
felipeno
Nível 4

Nível 4<br>




Registrado em: Sábado, 24 de Março de 2007
Mensagens: 545
Localização: Rio de Janeiro

MensagemEnviada: Ter Out 18, 2011 12:15 am    Assunto: Responder com Citação

Citação:
O problema é que esses mesmos economistas prevêem a crise sistêmica para final desse ano, crise essa que terá no polo econômico uma Depressão severa.


breackzin

Esses economistas com certeza tem RAZÃO!
A crise irá ocorrer da maneira que se prevê?
Esses economistas irão se tornar "gurus" ou "senhores da razão" após a confirmação da tormenta?
Ninguém sabe!

Digo que eles tem razão porque os fundamentos microeconômicos e macroeconômicos da zona do euro estão sinalizando isso.
Os fundamentos nos mostram que a crise tende a ser SEVERA para os membros da zona do euro e só deus (para os religiosos) ou ninguém (para os ateus) sabe sua real consequência para o restante do mundo.
Que fundamentos estou considerando?

O Zé da Silva mesmo colocou em outro tópico a notícia de que a exposição geral dos bancos em papéis da dívida soberana dos paises europeus chega a 2 TRILHÕES!

Nenhuma instituição, pública ou privada, tem condições de arcar com este prejuízo em uma improvável operação de resgate da zona do euro.
Apenas a China teria condições de liderar uma ofensiva neste sentido, no entanto, não parece ter o interesse em fazê-lo.
EU não faria, no lugar deles.

Se você fosse um grande fundo de investimento, compraria as dívidas de empresas extremamente endividadas, DEFICITARIAS, impedidas por lei de baixar seus custos, impedidas por lei de passar por reorganização do seu quadro de pessoal, sem poder demitir nem aumentar suas receitas?

Pois é assim que estão os paises periféricos a zona do euro.
1- Suas dívidas são impagáveis.
2- Não podem aumentar seus impostos sobre risco de recessão violenta, falências em massa, protestos violentos em suas capitais e desemprego.
3- Não podem reduzir sua taxa de juros para estimular consumo e investimento.
4- Não podem depreciar seu câmbio para tornar o país mais competitivo e atrair investimento externo.
5- Não podem depreciar seu câmbio para estimular as exportações.
6- Não podem afrouxar o controle da inflação para que o aumento desta diminua suas dívidas.

Ou seja, não podem estimular suas economias para aumentar seus PIB's nem podem diminuir suas dívidas, aumentando cada vez mais a relação "divida/PIB".


Se a solução fosse fácil, os grandes paises europeus já teriam anunciado o plano de socorro, ao invés de ficar adiando, adiando e gerando volatilidade e nervosismo nos mercados financeiros mundiais.

COMO A CRISE PODE AFETAR O BRASIL?


Citação:
E o problema ainda maior, na verdade, é que embora eu esteja estudando o tema há mais de um semestre, lendo livros e mais livros, não sei como bens de produção, setor imobiliário e outros ativos brasileiros irão reagir a tudo isso


Citação:
O que pode acontecer com o restante da economia brasileira?

Alias, o que pode acontecer com os bens de produção nesse cenário?


Uma crise externa pode afetar o Brasil nos seguintes aspectos: Câmbio, Fluxo comercial, Fluxo de capitais.


Perdas severas nas carteiras dos investidores estrangeiros, fruto de uma quebradeira na europa, incluindo ai os grandes bancos, irá gerar uma saída em massa dos recursos estrangeiros do Brasil.
Vendendo seus ativos a preços cada vez menores, pela necessidade de sair da Bovespa a qualquer preço, irá gerar uma liquidação FORTE dos ativos daqui.
Com isso, ainda que a crise não seja motivada pelos fundamentos da economia brasileira, os investidores brasileiros também amargarão fortes perdas em suas carteiras.
A aversão ao risco, interna e externa, pode fazer com que mais e mais capital saia dos mercados.

O custo de financiamento das empresas brasileiras aumenta, pois com o mercado avesso à novas captações, as empresas precisam recorrer ao crédito mais caro dos bancos.
No entanto, este crédito também pode estar escasso, pois assim como foi em 2008, após uma crise bancária, a aversão ao risco enxuga o fluxo interbancário de capital, reduzindo o crédito disponível.
Ou seja, as empresas investem menos.

Consequência "positiva": A saída de capital estrangeiro aumenta a cotação do dólar em relação ao real, tornando o país mais competitivo para exportar. A palavra POSITIVA está entre aspas pois não consigo ver muito beneficio em melhorar as condições de exportação quando se sabe que neste cenário os outros países estarão consumindo menos.
Consequência negativa: Um aumento súbito nas exportações pode gerar pressão inflacionária obrigando o Banco Central a aumentar os juros.


Em relação ao Setor Imobiliário, caso a crise seja tão severa quanto ela pode ser, as consequências podem ser bem pesadas.

Serão pesadas pelo seguinte fato:
Vai alterar os fundamentos da economia brasileira

Isto que chamam de demanda reprimida por imóveis, só está sendo possivel atender porque a classe média cresceu e sua renda também.
Mas caso as empresas passem por dificuldade, elas não irão pensar duas vezes antes de demitir.
Classe média sem emprego, com financiamento habitacional de 30 anos pra pagar é igual a INADIMPLENCIA.
Mais OFERTA de imóveis à venda é igual à redução nos preços.
Imóveis que foram financiados a 400 mil passam a valer 200 mil.

O que pode acontecer com o setor imobiliário brasileiro possui algumas semelhanças com a crise SUBPRIME dos EUA, mas nem de longe possui o mesmo TAMANHO!
_________________
-

Suae quisque fortuna faber est
Cada homem é artesão de seu próprio destino!
Voltar ao Topo
Ver o perfil de Usuários Enviar Mensagem Particular MSN Messenger
breackzin



Registrado em: Quinta-Feira, 13 de Outubro de 2011
Mensagens: 24

MensagemEnviada: Ter Out 18, 2011 2:16 pm    Assunto: Responder com Citação

felipeno que leitura de qualidade esse seu post! Cobriu uma grandes parte das dúvidas sem ser prolixo.

Vejamos...

Estou na função de empresário, possuindo alguns créditos bem caros a compensar no HSBC, o que prende o capital praticamente por completo em transações que não irão me dar qualquer lucro e, com sorte, nenhum prejuízo.

Calculo um cenário parecido com o seu, mas levo em consideração que temos os pesados investimentos de infraestrutura planejados para o Rio de Janeiro nos próximos anos e isso é a única coisa me segura de liquidar a empresa e seus créditos agora mesmo.

Trata-se de ME do ramo de transportes, caminhões basculantes.
Voltar ao Topo
Ver o perfil de Usuários Enviar Mensagem Particular
Mendigo
Nível 1

Nível 1<br>



Registrado em: Terça-Feira, 15 de Fevereiro de 2011
Mensagens: 52

MensagemEnviada: Ter Out 18, 2011 5:40 pm    Assunto: Responder com Citação

"Estaria aplicado em renda fixa.
Pelo menos até descobrir até onde vai esse buraco europeu."

Outra coisa que nenhum economista pode assegurar, quando chega o final da crise com exatidão. Até pq normalmente, o mercado já precificou as ações pra cima quando há apenas perspectivas de acabar e quando de fato já acabou quem não investiu perdeu o melhor momento. Acho que as crises, como por exemplo a que aconteceu em 2008, são justamente a melhor oportunidade de migrar o dinheiro da renda fixa para as ações de empresas com bons fundamentos.
O que eu faço, é durante as crises não deixar na renda fixa, mas fazer preço médio comprando religiosamente ações boas pagadoras de dividendos toda semana. Isso inclusive ameniza o efeito da crise sobre a carteira de ações do investidor, porque novo dinheiro está sendo aplicado conforme as ações se desvalorizam.
Mas isso se você tem perfil de longo prazo que nem eu.
Voltar ao Topo
Ver o perfil de Usuários Enviar Mensagem Particular
Mostrar os tópicos anteriores:   
Novo Tópico   Responder Mensagem    Clube do Pai Rico - Fórum - Índice do Fórum -> Investimentos em Geral Todos os horários são GMT - 2 Hours
Ir à página 1, 2, 3, 4  Próximo
Página 1 de 4

 
Ir para:  
Enviar Mensagens Novas: Proibído.
Responder Tópicos Proibído
Editar Mensagens: Proibído.
Excluir Mensagens: Proibído.
Votar em Enquetes: Proibído.








Junte-se a nós e cresça financeiramente. Eduque-se Financeiramente !!


Powered by phpBB © 2001, 2002 phpBB Group
Traduzido por: Suporte phpBB
Header design *Ícaro Pablo*