Clube do Pai Rico - Fórum - Índice do Fórum

 www.ClubedoPaiRico.com.brBlog - www.ClubedoPaiRico.com.br   FAQFAQ   PesquisarPesquisar   MembrosMembros   GruposGrupos   RegistrarRegistrar   PerfilPerfil   Entrar e ver Mensagens ParticularesEntrar e ver Mensagens Particulares   EntrarEntrar 

Sugestão de artigos que devem ser lidos no site do Clube:

- Como o Zé ganha na Bolsa ?
- Iniciando seus investimentos
- Por que o problema é dos mais ricos ?
- Você está preparado para a velhice ?
- O texto definitivo: Saiba como ganhar MUITO dinheiro na bolsa !
- Fez errado … ? Então pague o preço !!
- O Controle do Fluxo de Caixa e suas barreiras
- Você está no vermelho ? O que tem feito para mudar isto ?
- Formando o seu colchão de segurança



Além disso, indico duas séries especiais:

- Iniciando seus Investimentos: a série
- O que o Zé faz para ganhar dinheiro na Bolsa de Valores ? (Índice)


Sair do emprego (ou não) e iniciar uma empresa concorrente
Ir à página 1, 2  Próximo
 
Novo Tópico   Responder Mensagem    Clube do Pai Rico - Fórum - Índice do Fórum -> Empreendedorismo
Exibir mensagem anterior :: Exibir próxima mensagem  
Autor Mensagem
kowalski




Registrado em: Quarta-Feira, 11 de Janeiro de 2012
Mensagens: 47
Localização: Goiânia, GO

MensagemEnviada: Qui Abr 04, 2013 12:35 am    Assunto: Sair do emprego (ou não) e iniciar uma empresa concorrente Responder com Citação

Olá pessoas,

Trabalho em uma empresa há pouco mais de um ano, e ultimamente tenho observado uma demanda por um serviço que é uma versão mais simplificada do serviço principal dessa empresa onde trabalho.

Eles não estão interessados em prestar esse serviço e acabam empurrando um serviço mais complexo e caro para o cliente, que muitas vezes desiste pelo preço e pela complexidade do produto/serviço.

O que estou pensando é criar um serviço concorrente para disponibilizar esse produto mais simples, que aparenta ter boa demanda, e aproveitar a minha experiência para tornar o produto interessante. Como ele é simples, pode ser desenvolvido em tempo parcial.

Mas como encarar a relação de trabalho? Como fica a questão de ética e etc? Que tipo de estratégia vocês adotariam nesse caso?
_________________
Empreendedor Solo: Ideias para começar um novo negócio sozinho e fazê-lo crescer de maneira eficiente.
Voltar ao Topo
Ver o perfil de Usuários Enviar Mensagem Particular Enviar Email Visitar a homepage do Usuário
IPC007




Registrado em: Sábado, 26 de Novembro de 2011
Mensagens: 8
Localização: BRA

MensagemEnviada: Sex Abr 05, 2013 9:53 am    Assunto: Responder com Citação

O sol nasce para todos.
_________________
"Quem acredita sempre alcança"
Voltar ao Topo
Ver o perfil de Usuários Enviar Mensagem Particular
kowalski




Registrado em: Quarta-Feira, 11 de Janeiro de 2012
Mensagens: 47
Localização: Goiânia, GO

MensagemEnviada: Dom Abr 07, 2013 9:04 pm    Assunto: Responder com Citação

O que me preocupa é que é difícil entrar no mercado em questão voando abaixo do radar, o que inevitavelmente me faria ser percebido pela empresa na qual estou hoje e me daria o caminho da demissão, algo que eu gostaria de evitar durante uns 3 meses, até obter massa crítica suficiente para viver apenas do novo negócio. Não tenho lastro para sair de lá antes de obter os primeiros 3 ou 4 clientes.

Alguém já passou por essa situação? Como você agiria?
_________________
Empreendedor Solo: Ideias para começar um novo negócio sozinho e fazê-lo crescer de maneira eficiente.
Voltar ao Topo
Ver o perfil de Usuários Enviar Mensagem Particular Enviar Email Visitar a homepage do Usuário
tieta



Registrado em: Domingo, 22 de Abril de 2012
Mensagens: 14
Localização: Ribeirão Preto

MensagemEnviada: Dom Abr 07, 2013 10:11 pm    Assunto: Responder com Citação

Talvez nesse caso, seria legal vc usar o colchão de segurança, até que a empresa que vc vai abrir comece a andar com as próprias pernas,
mas lembre sempre, faça o maior número de pesquisa sobre o serviço/produto em questão, mesmo estando na área e trabalhando nisso, e se a partir daí você achar que vale a pena, é como o amigo disse, o sol nasce para todos!
_________________
Aprendeno um pouco mais....
Voltar ao Topo
Ver o perfil de Usuários Enviar Mensagem Particular MSN Messenger
Jean Colbert
Nível 3

Nível 3<br>




Registrado em: Sexta-Feira, 14 de Dezembro de 2012
Mensagens: 285

MensagemEnviada: Seg Abr 08, 2013 6:57 pm    Assunto: Responder com Citação

Kowalski, dileto pinguim...

1) No mercado, infelizmente, não criaram "B-22" ou "Stealth" que lhe dê a segurança necessária de não ser visto. O mercado sabe tudo, basta que esse conhecimento atinja um alvo determinado para que a coincidência se dê e o rapaz da mesa do lado lhe pergunte: "Você está indo embora, montou uma empresa própria?!". Isso ocorre, principalmente quando você atua no mesmo ramo.

2) Veja os termos do seu contrato de trabalho, se há alguma regra de confidencialidade, exclusividade, multa por concorrência, etc. É ali que você se balizará para tomar suas atitudes. Caso o seu contrato de trabalho seja apenas sua carteira azul, de trabalho, escrita à mão, ou com uma etiqueta, descrevendo seu salário, o nome da empresa e data de admissão, felicite-se, um grande passo está dado: "Não há travas legais por parte do seu empregador para que você abra seu próprio negócio"! O seu empregador é ingênuo demais, para não falar outra coisa...

3) Em relação à ética, nem Aristóteles conseguiu definir ou descobrir o que é ética. Essa palavra se relativiza através da semiótica, quando se verificam os diversos comportamentos mundanos, perante as diversas reações. É ético apedrejar uma mulher adúltera, até a morte, na Arábia Saúdita. Contudo, se ocorresse na Alemanha, seria crime. Veja você que interessante a dicotomia existente entre um ato, que para alguns é punição e para outros é "tortura"! Por isso, se sua desculpa para não abrir o próprio negócio, explorando um nicho de mercado, o qual possui uma lacuna, é a ética, me desculpe, você deve ser empregado para o resto da vida.

4) Neste item me atenho ao comentário acima publicado: "O Sol nasce para todos"!

5) Não basta a idéia e o dinheiro, tem que ter coragem e colhão para pastar o que o empresário neste país pasta. Ter a certeza de que a incerteza da fatura do mês que vem não abalará suas estruturas, que você aguentará firme, não abandonando o barco no primeiro sinal de rompimento do lastro.

Encerro comentando que, sim, vale a pena, e não tenha medo! Assista um filme: "Onde os fracos não têm vez"!
_________________
Laissez faire, laissez passer. Le monde va de lui-même.
Voltar ao Topo
Ver o perfil de Usuários Enviar Mensagem Particular
alprado
Nível 4

Nível 4<br>




Registrado em: Segunda-Feira, 26 de Fevereiro de 2007
Mensagens: 994
Localização: Belo Horizonte / MG

MensagemEnviada: Qua Abr 10, 2013 11:29 am    Assunto: Responder com Citação

Minha percepção é que existe um desvio ético sim, e certamente te levará a uma demissão, se não for previamente conversado.

Você nao descobriu essa "oportunidade" sozinho, você teve acesso a estas informações e cenário de trabalho por estar na empresa que está, por ela ter lhe permitido ver e entender estas frentes, resultado do trabalho e investimentos da empresa para formatar esse serviço.

Se eles não querem prestar esse serviço menor, você poderia se perguntar: por que? Se é bom, por que eles não querem? Talvez nao seja bom assim.

De toda forma, se você achar que é uma oportunidade, converse e diga que você se interessou e gostaria de oferecer esse serviço menor, já que nao concorreria com eles (pois eles nao querem esse mercado), ou então saia literalmente e assuma os riscos (que podem ser bons).
_________________
ALPRADO
Belo Horizonte - MG
Voltar ao Topo
Ver o perfil de Usuários Enviar Mensagem Particular Visitar a homepage do Usuário
Jean Colbert
Nível 3

Nível 3<br>




Registrado em: Sexta-Feira, 14 de Dezembro de 2012
Mensagens: 285

MensagemEnviada: Qua Abr 10, 2013 6:29 pm    Assunto: Responder com Citação

Sobre a ética, explanarei uma situação real, a qual acontece em São Paulo.

Existe um head hunter muito famoso, o qual por questões óbvias, de não praticar publicidade para os outros, não citarei o nome. Esse sujeito agencia a contratação de funcionários de multinacionais, indústrias, etc. Ele é bom no que ele faz, por isso é o head hunter mais bem pago do país.

Só que existem uma regras a qual ele estipula antes de ser contratado. Não sei se vocês sabem como funciona esse mundo, mas tentarei explicar sucintamente.

A Empresa X está procurando um programador bom, mas bom mesmo. Liga pro head hunter e faz a "encomenda". Acorda-se, através de um contrato, os valores a serem pagos. Geralmente funciona assim:

- Um sinal de R$ 5.000,00;
- No caso da efetivação da contratação, 12 parcelas equivalentes a 15% do salário que o contratado ganha na empresa;
- Caso o contratado saia da empresa, o head hunte se compromete a repor a vaga, sem custo algum;
- Caso a vaga não seja reposta em 1 mês, o head hunter não recebe mais nada e paga uma multa de 10% sobre o que ele recebeu.

Agora, imaginemos o seguinte, tomando o exemplo acima. O head hunter arruma o programador e fecha o contrato nos moldes que foi posto no exemplo. Vem uma empresa Z e solicita um programador, do mesmo perfil que ele acabou de arrumar, e oferece um contrato melhor o qual ele acabou de assinar com a empresa. É antiético ele retirar o programador recém alocado e repassar a empresa Z?

A primeira vista todos vão responder que sim, é antiético. Porém, como eu disse, a ética é relativa.

Retomo falando sobre o head hunter que citei no começo, o qual é muito famoso. Vou colocar a proposta de contrato que ele pratica:

- Um sinal de R$ 8.000,00, no mínimo;
- No caso da efetivação da contratação, 14 parcelas equivalentes a 20% do salário que o contratado ganha na empresa + R$ 5.000,00 ao fim do contrato;
- Caso o contratado saia da empresa, o head hunte NÃO se compromete a repor a vaga;
- No caso de outra empresa precisar do mesmo perfil de pessoa recém indicada, e oferecer condições melhores de contrato do que as que se estabelecem aqui, o [/i]head hunter phodaum assina o contrato, tira o contratado da empresa e passa para a outra empresa.

Sim, é ético retirar de uma empresa e passar para a outra, uma vez que foi avisado que tal situação poderia ocorrer. Você está sabendo das regras do jogo, portanto, a ética está delineada, desenhada.

Pasmem, esse [i]head hunter
"antiético" é o cara mais procurado pelas empresas para alocação de funcionários. Ele ganha MUITO dinheiro, só brincando de achar pessoas!

Finalizando, citando o caso do nosso amigo: A empresa não vetou você de atuar na mesma área, seu contrato não é de dedicação exclusiva, portanto, as regras do jogo permitem que você concorra. É ético.
_________________
Laissez faire, laissez passer. Le monde va de lui-même.
Voltar ao Topo
Ver o perfil de Usuários Enviar Mensagem Particular
Jean Colbert
Nível 3

Nível 3<br>




Registrado em: Sexta-Feira, 14 de Dezembro de 2012
Mensagens: 285

MensagemEnviada: Qua Abr 10, 2013 6:33 pm    Assunto: Responder com Citação

Desculpem as deformidades do texto acima. Escrevi com pressa!
_________________
Laissez faire, laissez passer. Le monde va de lui-même.
Voltar ao Topo
Ver o perfil de Usuários Enviar Mensagem Particular
kowalski




Registrado em: Quarta-Feira, 11 de Janeiro de 2012
Mensagens: 47
Localização: Goiânia, GO

MensagemEnviada: Qua Abr 10, 2013 8:15 pm    Assunto: Responder com Citação

Olá pessoas,

Estou levantando estes questionamentos pois sei que as respostas podem ser uteis pra muita gente durante a carreira, da mesma forma que será pra mim agora.

Realmente, essa questão da ética pega forte, e no meu caso esqueci de citar: temos um acordo que me proíbe de vazar qualquer tipo de informação estratégica da empresa sob pena de demissão e multa para ressarcir um possível prejuízo econômico.

De certa forma isso acaba limitando o potencial do conhecimento que adquiri, certo? O termo assinado não deixa claro o tempo que tenho de resguardar após sair da empresa caso queira utilizar as informações e a experiência que coletei. Será que o fim do contrato de trabalho não levaria ao fim deste termo assinado?
_________________
Empreendedor Solo: Ideias para começar um novo negócio sozinho e fazê-lo crescer de maneira eficiente.
Voltar ao Topo
Ver o perfil de Usuários Enviar Mensagem Particular Enviar Email Visitar a homepage do Usuário
Jean Colbert
Nível 3

Nível 3<br>




Registrado em: Sexta-Feira, 14 de Dezembro de 2012
Mensagens: 285

MensagemEnviada: Qui Abr 11, 2013 10:30 am    Assunto: Responder com Citação

Se não há prazo estatuído em contrato, o que está estipulado termina automaticamente com o fim do contrato. "O acessório segue o principal", ou que nem diria o Min Marco Aurélio, segue "a sorte" do principal.

E veja bem, proíbe você de vazar informações, ou seja, praticar a entrega de informações a possíveis concorrentes ou pseudo concorrentes. Não o proíbe de usar a informação.
_________________
Laissez faire, laissez passer. Le monde va de lui-même.
Voltar ao Topo
Ver o perfil de Usuários Enviar Mensagem Particular
Zé da Silva
Proprietário do Site

Proprietário do Site<br>





Registrado em: Quinta-Feira, 17 de Novembro de 2005
Mensagens: 9215
Localização: Florianópolis - SC

MensagemEnviada: Sex Abr 12, 2013 7:59 am    Assunto: Responder com Citação

caramba, que ótima discussão !! Very Happy

Jean, não sabia que esse mercado estava funcionando nestes moldes, caraca ... O céu é o limite, hein ?

Se pensarmos, pode ser melhor ser "isso" do que corretor de imóveis, hehehe. Smile

Agora, kowalski, acho que o "certo" seria sair, usar o colchão de segurança, e se atirar de cabeça. Mas claro ... se isso for permitido pelo seu "contrato de serviço" ...

Mas ... pare para pensar: e se fosse o contrário ? Fosse a sua empresa e um funcionário seu saísse para realizar a tarefa que você está de olho. Qual seria o seu sentimento em relação a esse funcionário ?

Wink
_________________
www.ClubedoPaiRico.com.br
Educação Financeira
---
Pai Rico Pai Pobre, o livro que me motivou a criar o Clube !
Voltar ao Topo
Ver o perfil de Usuários Enviar Mensagem Particular Enviar Email Visitar a homepage do Usuário MSN Messenger
kowalski




Registrado em: Quarta-Feira, 11 de Janeiro de 2012
Mensagens: 47
Localização: Goiânia, GO

MensagemEnviada: Sex Abr 12, 2013 6:33 pm    Assunto: Responder com Citação

Jean Colbert, obrigado por todas essas informações.

Zé, certamente ficaria incomodado com a atitude do funcionário, mas agindo de forma racional, talvez buscasse entender os seus motivos. Quem sabe trocar uma ideia com ele e analisar o que foi que ele viu no mercado para tomar tal decisão.

Eu queria realmente sair e cair de cabeça, mas como disse, não tenho lastro para isso. Meu colchão de segurança ainda está em processo de formação.

Continuemos, pois, esta conversa.
_________________
Empreendedor Solo: Ideias para começar um novo negócio sozinho e fazê-lo crescer de maneira eficiente.
Voltar ao Topo
Ver o perfil de Usuários Enviar Mensagem Particular Enviar Email Visitar a homepage do Usuário
Jean Colbert
Nível 3

Nível 3<br>




Registrado em: Sexta-Feira, 14 de Dezembro de 2012
Mensagens: 285

MensagemEnviada: Qua Abr 17, 2013 10:28 am    Assunto: Responder com Citação

Zé da Silva escreveu:
[...]
Mas ... pare para pensar: e se fosse o contrário ? Fosse a sua empresa e um funcionário seu saísse para realizar a tarefa que você está de olho. Qual seria o seu sentimento em relação a esse funcionário ?

Wink


Sinceramente? Você deu lastro para que isso acontecesse, por isso aconteceu.

Somos seres humanos, e o primeiro sentimento que viria, segundo a literatura behaviorista, seria de raiva, ódio, frases desconexas, sentimento de um "filho" que traiu o "pai", e por ai vai.

Porém, pensando racionalmente, a falha foi do empregador, não criou mecanismos para impedir a situação. Feita a "caga..", a empresa deve usar do seu poderia econômico e tentar atuar na mesma área, tentando derrubar o novel e antigo "concorrente".
_________________
Laissez faire, laissez passer. Le monde va de lui-même.
Voltar ao Topo
Ver o perfil de Usuários Enviar Mensagem Particular
general
Nível 4

Nível 4<br>




Registrado em: Quinta-Feira, 20 de Janeiro de 2011
Mensagens: 688

MensagemEnviada: Seg Abr 22, 2013 12:44 am    Assunto: Responder com Citação

Se formos parar para pensar no que as pessoas acham de nossas atitudes ou o que vão pensar de nós se fizermos algo considerado "fora do padrão" então nenhuma empresa teria sido aberta e nenhuma invenção teria sido impulsionada.
Vai em frente e nos posicione do seu empreendimento, se a sua empresa atual não enxerga essa demanda mesmo você tendo abordado isso com eles, então manda ver, faz o que acha que é certo, só recomendo uma pesquisa melhor de mercado antes, como funcionários algumas vezes não notamos certas desvantagens que um empresário nota.
_________________
Invista em você!

http://generalinvestidor.com.br/
Site de investimentos e carteira pessoal!

Ações, Fundos Imobiliários e Tesouro Direto, voltado para investidores experientes.!
Voltar ao Topo
Ver o perfil de Usuários Enviar Mensagem Particular Visitar a homepage do Usuário
Akenaton
Nível 4

Nível 4<br>




Registrado em: Sexta-Feira, 24 de Outubro de 2008
Mensagens: 619

MensagemEnviada: Qui Abr 25, 2013 12:46 am    Assunto: Responder com Citação

Já ví isso acontecer, o funcionário tentou atuar fora do radar e o patrão dele jogou o cartão de visita do cara no meio da mesa de reunião!

Se a empresa que você trabalho for grande, talvez uma referência no mercado, acho que seria melhor você tentar não se queimar com ela, porque provavelmente vocês vão se encontrar em algum momento (quando você já estiver atuando com sua empresa) e talvez você perca uma indicação de cliente por parte dele.

Minha opinião é conversar com ele e talvez até mesmo oferecer algum tipo de parceria, onde você atende aos clientes que tenham esta demanda baixa mas que encaminhe os de demanda alta para ele ou talvez até mesmo oferecer de criar uma empresa dentro da empresa dele e repartindo uma parte dos lucros com ele.
_________________
sobredinheiro.net
Vamos falar sobre dinheiro?
Blog com tudo sobre dinheiro - Desde a história do dinheiro até formas de investir o seu.
Voltar ao Topo
Ver o perfil de Usuários Enviar Mensagem Particular Visitar a homepage do Usuário
Mostrar os tópicos anteriores:   
Novo Tópico   Responder Mensagem    Clube do Pai Rico - Fórum - Índice do Fórum -> Empreendedorismo Todos os horários são GMT - 2 Hours
Ir à página 1, 2  Próximo
Página 1 de 2

 
Ir para:  
Enviar Mensagens Novas: Proibído.
Responder Tópicos Proibído
Editar Mensagens: Proibído.
Excluir Mensagens: Proibído.
Votar em Enquetes: Proibído.








Junte-se a nós e cresça financeiramente. Eduque-se Financeiramente !!


Powered by phpBB © 2001, 2002 phpBB Group
Traduzido por: Suporte phpBB
Header design *Ícaro Pablo*