Clube do Pai Rico
Solicite o seu agora mesmo!

Economizando com a … água

Muitas vezes ficamos pensando nas estratégias mais mirabolantes, na tentativa de trazer alguma economia para o nosso orçamento. Vamos longe ! Pensamos em coisas complexas … Algumas vezes coisas que não estão realmente ao nosso alcance.

Vamos tão longe, mas tão longe, que acabamos ignorando algo que está diante dos nossos olhos diariamente. Como a água. 🙂

Não, não vou falar sobre você tomar banhos mais curtos, usar água da chuva, ou coisa do tipo. Hoje eu vou falar sobre o consumo de água potável. 😀

Já parou para contabilizar o quanto você gasta com isso ?

Hoje em dia é algo relativamente comum vermos as famílias usando apenas água mineral. Famílias e empresas. Concorda ? Normalmente são aquelas “bombas” de 20 litros. Em outros casos (normalmente em residências), garrafões de 5 e 10 litros.

Na sua casa é assim ? No seu trabalho também ? 🙂

Se sim, já parou para pensar quanto é gasto mensalmente com isso ? Eu já.

Tanto fiz as contas, que decidi que estava na hora de encontrar uma outra solução …

Sim, solução. Se você para olhar com mais atenção, além do gasto propriamente dito, o uso dos galões de água dão trabalho. Seja o trabalho de ir comprar no supermercado, seja o trabalho de ligar para um entregador, aguardar a entrega, efetuar o pagamento, etc etc etc. 🙄

Aqui em casa nós costumávamos gastar +- R$80/R$100 por mês com água mineral. Sim … A gente usava (gostou do tempo verbal ? hehehe) garrafas de 10 litros. O preço de cada girava em torno dos R$10. Como usávamos 2 ou 3 por semana, dava os R$80/R$100 que falei. Sim … poderia comprar o de 20 litros. Gastaria um pouco menos, algo perto de R$15/R$20 por semana. Mas demos preferência à de 10 litros.

Como disse, além do custo propriamente dito, tínhamos o trabalho de comprar. E o espaço para a estocagem ? 🙄

Ok … hora de mudar. 🙂

Pesquisa daqui, pesquisa dali … O filtro de barro parecia ser a melhor opção. Estudos indicam que os filtros que mais limpam são os tradicionais filtros de barro. Loucura, não ? 😀

Mas pensei … pensei … pensei … e vi que eu poderia unir o útil ao agradável: água limpa e gelada. Mais um trabalho poupado (encher as garrafas que iam para a geladeira) e espaço economizado (de novo as garrafas da geladeira). Então, partimos para um que tivesse ambas funções. 😉

Pesquisa daqui, pesquisa dali. Pergunta pra galera do Twitter, surgem todos os tipos de relato. E encontro o “modelo ideal“:

Custo com entrega ? R$400 ! 🙂

Como fiz a compra ? 8x !

Qual o custo mensal … ? ISSO !! R$50 !!

Pô … se eu gastava R$80/R$100 com a compra das garrafas d’água, gastar R$50 com a parcela mensal, durante 8 meses, para a compra do filtro, me traria uma economia imediata de R$50 mensais. Correto ?

Só que depois do 9º mês, a economia saltaria para R$100 mensais !! 😀

Matei dois coelhos com uma caixa d’água só. 😉

(na verdade foram 4 ou 5, hehehe)

– economizo com a água;
– não tenho mais trabalho de comprar;
– economizo espaço de armazenagem das garrafas;
– não gastamos mais tempo enchendo as garrafas para ter água gelada;
– economizo espaço na geladeira

Como eu disse …

Algumas vezes ignoramos oportunidades de otimizar o nosso orçamento, com coisas simples, que estão bem próximas e de fácil implantação. Além da economia propriamente dita, muitas vezes as mudanças trazem outros benefícios que acabamos ignorando.

Esquecemos de fazer uma conta simples, pois ficamos assustados com o preço do produto, ignorando a economia que ele poderá trazer no médio/longo prazo. 😉