Clube do Pai Rico

Solicite o seu agora mesmo!

O que é uma Bear trap ? O que é uma Bull trap ?

Os termos estão em inglês, mas a tradução literal já nos diz o que significam:

Bull trap = Armadilha de Touro

Bear trap = Armadilha de Urso

Isso, armadilhas. Não são exatamente como a imagem que ilustra o post, mas sim armadilhas financeiras que servem para “enganar” o time adversário.

Como você deve estar lembrado, a bolsa é separada em “times”. De um lado os Ursos, que operam de forma a obter lucro com a queda das cotações, e do outro os Touros, que obtém lucro com os movimentos de alta. Aproveitando, você já conhece a origem do termo ?

É muito comum nos referirmos aos Touros e Ursos de acordo com o atual movimento de um índice ou ação. “Ah, essa alta deve estar fazendo os Touros felizes”, ou coisa do tipo.

Muitas vezes os movimentos são claros, quase que orquestrados. E em determinadas ocasiões do tipo surgem as famosas “armadilhas”. Dificilmente você verá alguém se referindo a elas com o termo em português. Ao menos eu não lembro de ter visto …

É Bull trap pra lá, Bear trap pra cá. Em português você talvez conheça como violino. Já ouviu esse termo ? É a “mesma coisa” (com algumas – ou várias – aspas), mas que atende aos dois eventos.

A armadilha em questão nada mais é do que um movimento que dá a impressão de que a tendência anterior foi revertida. Se caía, passando a subir, e trata-se de uma Bull trap, as cotações certamente voltarão a cair em seguida. É uma armadilha ao pé da letra: “plantada” para chamar os adversários, criando volume no mercado para que a tendência anterior ganhe novos participantes.

Esse tipo de movimento é muito comum de ser verificado no momento de abertura dos negócios da Bolsa. Especialmente nos instantes que antecedem a abertura do mercado americano … 😉

Quantas e quantas vezes vemos um movimento estranho, indo contra a lógica do que é visto nos outros mercados, para após a abertura das Bolsas americanas vermos um alinhamento dos negócios locais com os externos ? 😀

A Bull trap é uma armadilha que faz com que os Touros passem a acreditar num movimento de alta, convidando-os à compra. Após a entrada dos Touros os Ursos assumem o leme, trazem o movimento de queda de volta e o mercado (ou a cotação de determinados ativos) volta a cair.

A Bear trap é uma armadilha que faz com que os Ursos passem a acreditar num movimento de queda, convidando-os à venda. Após a entrada dos Ursos os Touros assumem o leme, trazem o movimento de alta de volta e o mercado (ou a cotação de determinados ativos) volta a subir.

Estas armadilhas são usadas como justificativa para que muitos analistas tenham como “discurso padrão” a indicação para ficarmos de fora dos primeiros negócios do dia. A maioria delas é acionada neste momento. 😉

Aluguel de ações

Esta informação poderá ser usada tanto por quem opera na ponta de compra quanto para quem opera na ponta de venda … 😉

Este é um dado que acompanho diariamente, serve para que eu veja o “peso” extra que existe sobre estas ações. Normalmente – veja bem, normalmente … – um aumento na posição alugada pode significar um movimento de queda no papel. E o contrário também é verdadeiro, uma cobertura pode significar um movimento de alta.

Vamos lá !





Comentário: Lembra que estamos de olho na região do 122k ?

Viu onde foi que fechou ?

É, exatamente ali.

Mercado fazendo um primeiro movimento de correção depois de um bom tempo. Uma correção que trouxe para o primeiro patamar de suporte.

Vai segurar, ou vai continuar ?

Não sei …

Só sei que a primeira batalha acontecerá nessa região. As tropas de defesa e ataque entrarão em ação justamente aqui.

Se passar, temos outro suporte na região dos 119 mil pontos. Se segurar e respirar, temos uma resistência nos 125 mil pontos. Suporte e Resistência, sempre eles. 😉

O mais interessante, é esse momento de “decisão” ocorrer justamente na reta final do vencimento de Opções. 🙂

Sim, pressão extra na panela ! 😀

Fiquemos de olho no comportamento do índice nesta região. Combinado ?

 

Karina Amancio de Lima – aluna Minha 1x na Bolsa, do Double PUT Double CALL e do Golden Option

Conheça você também os cursos oferecidos aqui no Clube !! O “Minha primeira vez na Bolsa“, para quem quer começar a investir em ações com o pé direito, sem medo do desconhecido, e o “Double PUT Double CALL” para se aprofundar nos estudos sobre opções e de brinde conhecer o método operacional que uso para rentabilizar o meu patrimônio. 😉

Como desmontar uma operação simples com Opções ?

Pergunta:

o que até hoje eu não entendo é se eu consigo desmontar posição em opção com o intuito de especular e não exercer
exemplo:
comprei 300 opções de call de petr4 a 0,03 centavos, daqui a uma semana ela foi para 0,06 centavos eu consigo vender as 300 opções que foram compradas a 0,03 para o preço de 0,06 para outro e assim zerando minha posição com 100% de lucro(sem contar taxas e corretagem é claro)?

outra duvida usando o mesmo exemplo comprei supondo que no dia do vencimento o preço está á 0,09 e eu não faço nada eu vou ser zerado com o lucro sobre a valorização do preço?

Resposta:

Opa ! Tudo certo ?

Claro !! Para desmontar uma posição em Opções, sem participar do exercício, basta que você encerre a operação. Você irá especular com a Opção da mesma forma que faz com uma ação !! 😉

Como no teu exemplo: você comprou 300 CALL de PETR4 por 3¢. Para encerrar a operação no lucro, por 6¢, basta que você faça a venda das tuas 300 CALL para alguém que as esteja comprando por este preço. Da mesma forma que você enviou a ordem de compra, poderá entrar na corretora e emitir uma ordem de venda, zerando a posição. 🙂

Na verdade, a especulação, os trades curtos, com Opções, são o tipo mais comum de uso delas. Você compra e vende do mesmo jeito que faz com uma ação. O exercício seria um “evento extra” para elas. Você não precisa, obrigatoriamente, participar do exercício. Basta encerrar a operação até o último pregão antes do vencimento.

Se iniciou uma operação de compra, basta vender a posição para encerrá-la antes do vencimento. Se lançou, basta recomprar para encerrar a operação antes do vencimento.

Já a segunda pergunta, no dia do exercício em si tu não poderás mais negociar com a Opção. Só obterás lucro se a ação estiver com um valor acima do strike. Neste caso será preciso participar do exercício. Você exercerá a sua CALL (comprada), recebendo as ações, e em seguida as revenderá no mercado. Desta forma, se o preço das ações estiverem acima do strike (que foi o valor que você pagou na hora que solicitou o exercício), poderá revender as ações com lucro.

Se tu não fizeres nada (se não solicitar o exercício à corretora, suponde que a ação permite o exercício), a tua CALL deixará de existir e tu não poderás fazer mais nada … Ok, algumas corretoras farão o exercício automaticamente se tu não pedir que façam. Mas não são todas que fazem isso. 😉

Sugiro a leitura de dois posts:

– Como funciona o exercício de opções ?
– E se eu esquecer de solicitar o exercício da minha Opção ?

Espero ter lhe ajudado. 🙂

Abraços !