Clube do Pai Rico
Solicite o seu agora mesmo!

Sell in may and go away !

O mercado acionário é marcado por alguns eventos de calendário, que nada mais são períodos onde o mercado apresenta determinados movimentos “padrão”. Os mais famosos são dois, que chegaram até mesmo a gerar alguns ditados: o de maio e o de dezembro.

Certamente você já ouviu falar do Rally de Natal, não ? Esse é o “nome” dado ao movimento que ocorre em dezembro, quando o mercado costuma apresentar um período de alta de belas proporções. (estatisticamente falando ele é real)

Mas hoje não falarei sobre ele, a bola da vez é um outro ditado, tão famoso quanto, que diz: “Sell in may and go away !“, que em bom português quer dizer: “Venda em maio e suma !” …

É meus amigos … maio é conhecido como sendo um momento propício ao topo nos mercados mundiais, e este movimento – normalmente – tem continuidade até … outubro.

Para que você tenha uma ideia da força deste ditado, chegam a existir estratégias operacionais que fazem com que o investidor venda suas ações no mês de maio para recomprá-las apenas em outubro. Outros encurtam um pouco este período, porém a venda de maio é “sagrada”. 🙂

Olhando o gráfico mensal do Dow Jones (afinal o ditado surgiu no mercado norte americano …), o negócio espanta. Do ano 2000 para cá foram: 2 anos em que o modelo – um período de queda após maio – falhou, por apresentar alta no período, 5 anos onde o mercado andou de lado durante o período, e 6 anos onde o mercado caiu. Alguém lembra quando foi o topo, os 74.000 pontos, do índice bovespa ? Uma dica … foi em 2008, só falta você dizer o mês. 😉

Acho que estes dados ajudam a enxergar um pouco melhor o cenário, não ? Em 13 oportunidades somente em 2 ocasiões negócio deu errado ! 😯

Quais seriam os motivos ?

Olha … nessa hora poderíamos viajar muito … apresentar inúmeras teorias e possibilidades … cada um encontraria uma (provavelmente), mas a que costuma ser a “mais aceita” aponta como causa o verão.

Como você deve saber, o verão nos EUA – e em todo o hemisfério Norte – acontece no meio do ano. Portanto a queda no mercado de ações, neste momento, teria ligação direta com as férias de verão, onde as famílias costumam viajar … usando suas poupanças. Só que nos EUA o negócio não é como aqui … lá as famílias costumam criar suas poupanças através da compra de ações, é no mercado acionário onde suas reservas são aplicadas visando a obtenção de lucro. Para você ter uma ideia, estudos apontam que aproximadamente 60% das poupanças familiares dos Estados Unidos estão em ações. 😯

Se o negócio é feito de forma planejada, as pessoas precisam efetuar a venda de suas ações num momento anterior ao início das férias … que acontecem em julho. Portanto poderia ser em maio ou junho …

Esta é uma das teorias … mas se é o real motivo da coisa, nunca saberemos.

E em 2013 ?

Mas a pergunta que não quer calar é: e em 2013, o “Sell in may and go away !” funcionará ? 😉

Ps: Não custa nada lembrar que esse texto não tem a mínima intenção de indicar qualquer tipo de operação … ok ? 🙂