Clube do Pai Rico
Solicite o seu agora mesmo!

SELIC = 6,5% !! Como ficarão seus investimentos ?

*Texto originalmente postado em 22 março de 2018, mas que é de leitura obrigatória neste momento em que o COPOM mantém a taxa nos mesmos 6,5% ao ano e dá a entender que isso será mantido por um longo período …

 

Ontem o COPOM divulgou a nova taxa de juros, a mais baixa de “toda a nossa história”. É, a SELIC agora é de apenas 6,5% ao ano !! 😀

Alguns comemoram … Outros reclamam … Cada um defendendo o seu. 🙂

Os que comemoram lembram que a queda permitirá que os bancos ofereçam ao público empréstimos mais em conta. Você acredita que isso seja possível ? Afinal a taxa oficial é de 6,5% ao ano … enquanto os bancos chegam a cobrar 15% ao MÊS de seus clientes !! 😯

É. É uma distorção louca e absurda. Nada que seja dito me faz entender o motivo e concordar com as justificativas que dão. A única plausível é que isso obedece as leis de mercado. Oferta VS Procura e ponto final. Oferecem por 15% ao mês, tem quem aceite … é isso que manterão.

Manterão até a hora (que a meu ver já mais do que passou …) em que o governo bater na mesa e colocar algum tipo de limite. Mas a cada dia que passa, tenho menos esperanças de ver taxas no mínimo “normais” sendo aplicadas. 🙁

Além disso a queda na taxa traz uma economia direta para o governo. Afinal de contas ela é usada em muitos dos títulos que ele “precisa vender” para pagar as contas que não param de crescer. O número exato eu não sei (até mesmo porque praticamente ninguém toca nesse assunto …), mas a economia do início dos cortes pra cá deve ser perto de R$100 bilhões.

E isso é MUITO bom. 😀

Já na outra ponta, a dos que reclamam da queda … estão os investidores. O pessoal que aplicava suas economias em investimentos de renda fixa, com risco “quase zero”, e que estavam acostumados a obter lucro mensal próximo a 1%.

É … ficamos mal acostumados. Não era preciso fazer nada. Não era preciso correr riscos. 1% ao mês de retorno era algo habitual, fácil de ser encontrado. Hoje a coisa mudou completamente e o rendimento obtido na renda fixa apresenta outra realidade aos investidores.

Por exemplo … Se você tiver um Tesouro SELIC em mãos, que hoje te paga 6,5% ao ano, receberá depois de 1 ano de aplicação um retorno de 6,2%. (0,3% é a taxa de custódia que o Tesouro cobra) Com 1 ano de vida, essa aplicação estará dentro da faixa de 20% de IR sobre o lucro, então os 6,5%, virarão 5,20%, que virarão 4,90% por causa da taxa que citei.

Sabe quanto será o seu retorno mensal (aproximado, estou arredondando tudo para facilitar as contas) com isso ? 0,4% ao mês … 😯

Isso mesmo. Uma queda de 60% no rendimento ao qual muitos de nós estávamos acostumados.

Mas a coisa não para por aqui …

Poupança ? 70% da SELIC, portanto 4,55% ao ano. 0,38% ao mês. (entendeu porque eu tenho falado que a poupança não é tãããão ruim assim quando comparada ao Tesouro SELIC ?)

CDB com rendimento de 100% do CDI ? 5,2% ao ano. 0,43% ao mês. (lembrando que não é em qualquer lugar que você encontrará um CDB que pague isso …)

LCI/LCA ? Pagando em “média” 85% do CDI (quando é um bom LCI/LCA), 5,53% ao ano. 0,46% ao mês.

Tesouro IPCA ? Não tem ligação com a SELIC e vem oferecendo algo próximo a 5% ao ano + IPCA.

Tesouro Prefixado ? Também não tem ligação com a SELIC e vem oferecendo algo perto de 8% para os títulos mais curtos e 9,5% ao ano para os mais longos.

Se for renda fixa “pura”, dificilmente conseguiremos encontrar algo que nos pague mais do que 0,5% ao mês. Neste momento tudo está rondando a região dos 0,4% ao mês

Entendeu porquê tenho insistido tanto para que você comece a cogitar a possibilidade de investir em renda variável ? Entendeu porquê insisto tanto para que você se dedique um pouco ao estudo sobre o investimento em Bolsa ? Entendeu porquê lancei o Minha 1x na Bolsa ? A situação atual EXIGE que você tenha ao menos uma parcela de sua carteira de investimentos alocado em renda variável … Pode ser em ações, FIIs, ETFs … o que te deixar mais confortável.

Por exemplo, em 2018, até hoje, o Ibovespa já subiu 11,22% ! Quase o dobro do que a renda fixa te entregará em 1 ano. (isso em pouco menos de 3 meses) Você poderia obter tal resultado, facilmente, através da compra de um ETF atrelado a ele. O BOVA11, por exemplo.

Claro … Renda Variável, como o próprio nome diz, varia. Não existe garantia de lucro e da mesma forma que subiu 11%, poderia ter caído 11%. Mas a rentabilidade que a renda fixa vem entregando praticamente obriga os investidores a destinar uma parte do patrimônio para esse tipo de investimento. É assim que funciona no mundo inteiro, no mundo onde as taxas de juros são mais baixas. Não haveria de ser diferente por aqui …

Você terá algumas alternativas de investimento ao mirar a renda fixa. Como disse, poderá ser em Ações, ETFs ou FIIs (que falei no começo da semana, lembra ?). São diversas alternativas e estratégias. Algumas mais arriscadas, outras nem tanto. Outras mais complexas, outras mais simples. Lembra do Double PUT Double CALL ? O meu método de investimento que usa Opções para ampliar o meu retorno em Bolsa ? Em 2018 ele já obteve um rendimento de 19,89% contra os 11,22% do Ibovespa.

É como falei antes: o investimento em renda fixa é muito fácil, muito simples, muito tranquilo. Você não precisa dedicar nenhuma atenção ou estudar algo mais profundamente. E enquanto pagava um retorno tão alto, era o queridinho de todos. Mas e agora, com o rendimento minguando … O que você acha de tirar a bunda do sofá e estudar um pouco mais sobre outras alternativas que poderão ampliar o retorno e complementar sua cesta de investimento ? 😉

Lembre-se que aqui no Clube existe vasto material sobre o assunto. Afinal de contas a renda variável (mais especificamente Bolsa e Opções) foi o tipo de investimento que escolhi para rentabilizar o meu patrimônio. 😀

Mas me diga … Com a queda na SELIC, o que você tem feito para manter o seu nível de retorno de outrora ? Gostaria de ver sua resposta ali nos comentários do post. Ok ? 🙂