Clube do Pai Rico
Solicite o seu agora mesmo!

Como fazer a escolha certa na hora certa ?

 

Sim, eu sei que o título chamou a sua atenção. E sei também que não foi apenas pensando no mercado de ações … 😉

(se bem que muitos pensaram apenas nele neste momento, hehehe)

Pense que você é um jogador de tênis, e precisa rebater uma bola. Sua reação será instantânea ? Aparentemente até pode parecer, especialmente para quem está assistindo a um jogo. Mas “dentro de você”, a tomada de decisão, até o momento de acertar a bola, é marcado por uma série de eventos, e cada um deles leva um determinado tempo para ocorrer. Sim, décimos, centésimos, milésimos de segundo … Mas cada parte de uma recepção é marcada pela passagem do tempo.

O que é melhor: reagir imediatamente, ou absorver a informação passada pela bola (ou pelo oponente), avaliar e então sim reagir ?

Boa ! Reagir imediatamente não trará “vantagem alguma” … Afinal de contas, se você só reagir, sem saber como reagir, poderá não conseguir fazer nada. Agora, será que todos possuem as mesmas condições para rebater essa bola ?

Compare-se a um jogador profissional. Será que ele não possui uma bagagem maior ? Será que a experiência de anos e anos, não trouxe a ele uma biblioteca de registros de como reagir melhor ? E até mesmo, será que ele não consegue lidar melhor que um jogador amador, a esses registros ?

Mas não pense apenas em um jogador de tênis … Pense em um médico ! Ele precisa tomar uma decisão em relação a um paciente. Não acontece coisa parecida ?

E um bombeiro, em meio a uma situação de emergência, no meio de um resgate. Decisões rápidas, de questão de segundos, podem significar a diferença entre a vida e a morte. E não, não apenas das vítimas … Da própria equipe de salvamento !

Agora … Será um investidor, na hora de tomar uma decisão de compra/venda de uma ação, não passa por situação semelhante ?

😉

O tempo … Sempre o tempo … Nosso velho amigo. 🙂

Já reparou que em algumas ocasiões ele parece andar mais rápido, enquanto em outras ele anda mais devagar, parecendo até mesmo estar em câmera lenta ? (quem já vivenciou um acidente de carro, ou alguma outra situação de perigo, sabe exatamente do que estou falando)

Muitas vezes tudo parece acontecer instantaneamente … Mas te garanto que, em muitos casos, o seu cérebro trabalha a todo vapor, analisando todas as informações que possui, para reagir no “último instante possível”.

Sim, na maioria das nossas tomadas de decisão parece que adiamos ao máximo a ação propriamente dita. Tudo para tentar obter o melhor resultado possível, a partir da nossa biblioteca de registros. 😀

Claro … fugir de um leão, no meio da savana africana, exige que você primeiro reaja, depois pense sobre aquilo. Ou, trazendo para a realidade de um investidor, primeiro acione o STOP, para depois tentar entender o que pode ter ocasionado o seu uso. 😉

Mas, ao que tudo indica, o hábito de esperar, nos beneficia. Calma e Paciência … Calma e Paciência … Calma e Paciência. (onde foi que eu já vi isso ?)

E sim, a procrastinação também entra no meio de tudo isso. 😯

Foi apenas recentemente que o ato de procrastinar se tornou “feio”. Durante muito tempo, as coisas aconteciam quando aconteciam. E aconteciam. 🙂

Ah ! Sabia que o ato de procrastinar, nada mais é do que o seu cérebro trabalhando e analisando a taxa de desconto de um evento/benefício futuro, comparando com seu custo atual ? 😀

Bom, tudo isso que eu falei é apresentado, analisado e detalhado no “Como fazer a escolha certa na hora certa“. Um livro que nos ajuda a entender um pouco melhor como funcionam as nossas tomadas de decisão.

Um spoiler: a cereja do bolo é a última palavra do livro. ESPERE. 🙂

(o monge aprovou !)

 

Nota do Site:
4 Moedas

Como fazer a escolha certa na hora certa ?
Peter Cappelli

Ano: 2012
Edição: 1
Número de páginas: 232
Acabamento: Brochura
Formato: Médio