Clube do Pai Rico
Solicite o seu agora mesmo!

Devo zerar o pó antes do vencimento de Opções ? Ou não … ?

Pergunta:

Zé, tudo bem?

Trocamos algumas mensagens no Twitter.

Tenho uma dúvida, não cheguei a encontrar este tema no blog, então resolvi te mandar um e-mail, de repente você opta até por criar um post sobre isso.

Hoje, dia 20ago, é dia de vencimento das séries G e S, e sexta-feira foi o último dia de negociação, o que significa, que hoje é dia de exercício, e não negociamos mais aquelas opções.

Eu estava (estou) vendido coberto em ITSAS966 (R$9,96) e ITSAG104 (R$10,41), como a ação fechou sexta-feira em R$10,27, acabei por nem ligar em zerar a posição, pois a opção iria virar pó. Aí, durante o final de semana, me perguntei, e se a ação tiver um “boom” para alguns dos lados, eu serei exercido? O mais seguro, para quem não quer ser exercido (carteira de longo prazo) seria “gastar a corretagem” para zerar a posição e lançar a seguinte, fazer a rolagem?

Espero que tenha explicado minha dúvida com clareza.

Abs
Aécio

Resposta:

Opa ! Tudo certo Aécio ? 🙂

Zerar, ou não zerar … Eis a questão. 😀

Olha … Esta é uma da questões mais pessoais que já vi sendo debatidas em relação à venda de Opções. Alguns defendem com unhas e dentes que a posição deverá ser encerrada, zerada, no máximo até a sexta-feira pré vencimento. Outros vão além e dizem que isso pode acontecer no máxima até quinta-feira … para não correr o risco de uma puxada na sexta.

Outros levam o pó até o fim, vão para o tudo ou nada do dia do vencimento. E o que der, deu. 😯

Como disse, é uma questão pessoal. Quer correr o risco de ser exercido na segunda, ou não ? Quer passar um final de semana mais tranquilo, ou topa ficar na pilha durante o sábado e o domingo ?

Claro … é pessoal, mas não pode ser 100% “torcida”.

Por exemplo, no teu caso, a G104 fechou MUITO perto do exercício. Concorda ? Pouco mais de 1% de alta e ela seria exercida. E cá entre nós … 1% é coisa tranquila de acontecer. Não é mesmo ? Foram apenas 14¢ de “folga” para escapar do exercício.

Zerar, ou não zerar ?

Concordo que a tentação de levar sempre para o pó é grande, eu mesmo costumo fazer isso. Sim, a grande maioria das operações que monto com o Double PUT Double CALL, faço visando carregar o pó para o vencimento. Só que só levo, se encontro um cenário favorável para isso.

Quando tomo a decisão de ir para o “tudo ou nada”, olho alguns pontos:

#1 – A posição vendida naquele strike é razoavelmente grande, a ponto de ter gente para te “ajudar” na defesa ?

#2 – Os gráficos do ativo (da ação) te apoiam nesta decisão ? Ou eles apontam alguma possibilidade de que na segunda-feira as coisas venham contra você ?

#3 – A distância entre o fechamento de sexta e o teu strike é minimamente confortável ? Ela conseguiria andar um pouco, antes de chegar perto de te exercer ?

Usando os teus exemplos, olhando apenas para a distância entre os strikes e o fechamento da ação, admito que dificilmente teria carregado a CALL para o vencimento. Já a PUT eu provavelmente carregaria. Mas de novo: isso apenas olhando os preços …

O conselho que sempre dou nestes casos é: faça o que te deixará mais confortável. Se você está cogitando ficar preocupado com a venda aberta, durante o final de semana, encerre na sexta-feira. Se está na dúvida se vai dar certo ou não, encerre na sexta-feira. Neste caso, a prioridade é a tranquilidade. 😉

Agora, sobre encerrar (recomprando) ou rolar a posição para a próxima série, vai depender do que você estiver vendo na tela. Se o cenário que te levou a montar o lançamento permanecer válido, a rolagem pode ser bem interessante. Por estarmos ATM, a gordura será das boas e a rolagem BEM rentável. Se as coisas mudaram … e estiver parecendo que o papel virá “contra você”, o encerramento puro e simples pode ser a melhor alternativa.

Espero ter te ajudado !! 😀

Ah !! Eu quase ia me esquecendo … Este problema só existirá até maio de 2021 !! Motivo ? “URGENTE !! A data do vencimento de Opções vai mudar !

Abraços !