Clube do Pai Rico
Solicite o seu agora mesmo!

“Tive prejuízo em minhas operações em Bolsa. Preciso gerar um DARF ?”

Pergunta:

Zé… esse mês de maio eu cometi um equívoco e acabei vendendo variadas ações no swing trade, cujo valor total ultrapassou os 20k, contudo, os prejuízos excederam (e muito) os lucros. Gostaria demais da sua ajuda. Eu vendi:

-Cmig4 – 2mil açoes com PM de 6,87 por 6,25;
-Rumo3 – 1mil ações com PM de 4,50 por 3,83;
-Lame4 – 300 ações com PM de 15,50 por 15,35;
-Jbss3 – 200 ações com PM de 9,50 por 10,30;
-Hype3 – 23 ações com PM de 29,99 por 28,53.
Toatalizou em vendas R$23.851.

Como viu, muito prejuízo e merreca de lucro.
Como declarar o IR corretamente?
Preciso gerar Darf, ou faço na minha declaração anual?
Preciso realmente declarar? Mesmo com tanto prejuízo?
Me ajuda, por favor.

Obrigado, e parabéns pelo site. Excelente!

Resposta:

Bom dia Dudu,

Achei por bem trazer a resposta a este comentário feito no post “Como pagar o Imposto de Renda de ações ?” para um espaço exclusivo. Fiz isso pois tenho visto muita gente com dúvidas parecidas com essa, um engano básico e de solução bem simples. E para alguns, agradável. 😉

A estratégia de vender menos de R$20.000,00 por mês em ações, para ficar isento do Imposto de Renda sobre o lucro em ações já é de conhecimento de muitos de vocês, e já foi tema de outros posts aqui no Clube. O último foi esse: Como pagar menos Imposto de Renda no investimento em ações ?

Mas na pergunta do Dudu, vi uma dúvida simples, de base.

Continue lendo …

Zé, esse é um exemplo do famoso “Zé com Zé” ?

Pergunta:

Zé, hoje, estava planejando uma operação em ITSA e reparei que em algumas opções, me parece haver um único cara, vendendo e comprando 40 mil opções ao mesmo tempo para cada lado.

Esse cara mantem uns 4 ou 5 centavos de diferença entre compra e venda.

É um formador de mercado ou existe alguma estratégia nisso?

Resposta:

Bom dia Bruno,

Não, não é o um “Zé com Zé(e já deixo claro que nada tenho a ver com isso, hehehe).

100% não podemos ter … afinal trata-se do Sr Mercado. 😉

Mas sim, eu digo que neste caso é praticamente certo que seja uma atuação do Formador de Mercado. 😀

As opções de ITSA4 são atendidas pelo serviço de Formador de Mercado. Era o Credit Suisse que estava nas pedras ?

Eles atuam exatamente como você falou: deixam uma ordem de compra e uma de venda, com as mesmas quantidades, separadas por poucos centavos. (e sim, esse spread máximo é determinado pelo contrato firmado com a Bolsa)

Fazem isso para dar liquidez em ambas as pontas, pois o interessado por precisar comprar uma opção, ou vender uma opção. O Formador de Mercado não pode simplesmente “escolher” em qual ponta vai oferecer liquidez, ele precisa oferecer como um todo para a Opção. 😉

É sempre bom lembrar que o papel do Formador de Mercado é de literalmente ajudar quem deseja (ou precisa) negociar uma Opção. Eles criam a liquidez que muitas vezes não existe no mercado …

A lista de ações atendidas não é pequena e felizmente vem crescendo. Hoje, dia 17/08/2018, ela é formada por:

BBDC4, EGIE3, BBDC3, EQTL3, HYPE3, UGPA3, ABEV3, CMIG4, B3SA3, ELET6, TAEE11, CCRO3, ITSA4, PETR4, IBOV11, GOAU4, ECOR3, VALE3, ITUB4, USIM5, JBSS3, WEGE3, MRFG3, BRKM5, LREN3, KROT3, MULT3, GGBR4, BRFS3, RENT3, BBSE3, SBSP3, EMBR3, CIEL3, KLBN11, CYRE3, BBAS3, QUAL3, PCAR4, LAME4, RAIL3, ELET3, NATU3, FIBR3, CPLE6, ESTC3, SUZB3, SANB11, MRVE3, ENBR3, SMLS3, CSNA3, TIMP3, BRML3, BRAP4, VIVT4, RADL3, CSAN3, BOVA11

Viu a ITSA4 ali na lista ? 🙂

A melhor notícia é que essa é a lista de ações que você pode usar para operar através do método Double PUT Double CALL !! Pois nestas ações você encontrará a liquidez necessárias para realizar suas operações. 😉

Então, de novo: não é pegadinha alguma, não é Zé com Zé, é somente a excelente atuação dos Formadores de Mercado fornecendo liquidez para que possamos realizar nossos negócios com as nossas amadas Opções. 😀

Espero ter te ajudado. 🙂

Abraços !

Uma dúvida interessante sobre o lançamento “coberto” de PUT

Pergunta:

Boa tarde Zé, estou com uma dúvida sobre lançamento coberto de ações, será que você poderia me ajudar?

Imaginemos:

Cenário 1

A cotação da PETR4 está R$ 4,70
A opção PETRB26 R$ 0,05 (strike R$ 6,00)
Se eu lançar 1K, eu recebo o premio de R$ 50,00

Se no dia do vencimento a cotação da PETR4 for inferior a R$ 6,00 a opção vira pó e eu ficarei com os R$ 50,00 e continuo com PETR4 na carteira.

Se no dia do vencimento a cotação da PETR4 for superior a R$ 6,00 eu serei exercido e ficarei com os R$ 50,00 + 6K.

Até ai tudo bem!
Minha grande dúvida é:
Como ficaria essa operação se eu fizer o lançamento coberto em uma opção de venda?

Cenário 2

A cotação da PETR4 está R$ 4,70
A opção PETRN26 R$ 1,35 (strike R$ 6,00)

Se eu lançar 1K, como ficaria a operação até o dia do vencimento caso seja exercido e caso não seja exercido?

Resposta:

Bom dia Ricardo,

Comecemos pelo princípio: para a Bolsa não existe a figura do lançamento coberto de PUT. Todo e qualquer lançamento de PUT é considerado como sendo descoberto. Portanto você precisará deixar ativos na margem, garantindo a operação. Claro, neste momento você poderá usar todos os ativos que são aceitos pela Bolsa: dinheiro, CDB, ações, entre outros. Sim, você poderá tornar este lançamento descoberto num “coberto” por suas ações. Mas antes de mais nada … Tome muito cuidado com isso ! Falei sobre este problema no post “Venda de opções (CALL e PUT) cobertas por ações“, onde abro os olhos de que adota esta estratégia.

A leitura e compreensão do que é dito no post é de fundamental importância para quem deseja usar suas ações como garantia em suas operações. E o problema ganha novas proporções em situações de queda como a que enfrentamos atualmente. Muitos são os clientes que estão precisando se desfazer de suas carteiras para efetuar o encerramento das vendas de PUT que acabaram dando errado …

Dito isto, vamos prosseguir. 🙂

Perfeito, o cenário 1 é exatamente este apresentado por você. Dá certo, você embolsa o valor obtido com a venda da CALL e segue com usas PETR4 encarteiradas. Dá errado, você embolsa o valor obtido com a venda da CALL, entrega suas PETR4 e recebe por elas R$6.000,00.

Já no cenário 2, como funciona ?

Você receberá R$1.350,00 pelo lançamento de 1.000 PETRN26. A partir deste momento você assume o compromisso de comprar 1.000 PETR4 no dia do exercício (pois as PUT são opções do tipo Europeu, todas) por R$6,00 cada, totalizando R$6.000,00, caso a cotação de PETR4 for inferior a R$6,00.

Portanto, você consegue sair com o prêmio da venda das PETRN26 se PETR4 estiver acima de R$6,00 no dia do exercício. Abaixo disso você será exercido e precisará comprar as ações. Como ? Você precisará vender as suas 1.000 PETR4 para gerar o dinheiro necessário para tal. Não custa lembrar que existem prazos, tanto para pagamento quanto para recebimento do dinheiro … Então, a data limite para a venda das ações é no próprio dia do vencimento de opções. Você receberá o dinheiro na quinta-feira (assumindo que o dia daquele exercício caiu na tradicional 3ª segunda-feira do mês) e no mesmo dia irá desembolsá-lo para quitar sua dívida originada no exercício da venda da PUT.

E aqui é que mora um outro perigo, além do que falei do post indicado: e se naquele dia a PETR4 estiver valendo R$5,00 ? Você conseguirá obter apenas R$5.000,00 dos R$6.000,00 necessários … 😯

Sim, você precisará “encontrar” o dinheiro que falta para arcar com o compromisso assumido na venda.

Por isso é que é tão importante, especialmente para quem está começando, realizar as vendas de PUT “cobertas” apenas por dinheiro. Você tem o dinheiro livre (esteja ele em espécie ou na forma de um CDB) ? Então pode vender o equivalente em PUT que aquele dinheiro pode comprar no caso de exercício. Se está querendo usar suas ações como garantia de suas operações com opções, dê prioridade às vendas de CALL. Deixe para usá-las com a venda de PUT somente quando já estiver mais habitado com o procedimento.

Mas cá entre nós … Se você puder evitar esta forma de venda “coberta”, evite. Quer vender PUT ? Dinheiro na mão. Quer vender CALL ? Ação na carteira. 😉

O stress “deixa de existir” e o lucro ainda será interessante. 😀

Espero ter lhe ajudado !

Abraços ! 🙂

Qual é o real risco atrelado a uma compra de Opções ?

Pergunta:

Comprei duas opções da VALE, pois tinha entendido que só perderia o que eu coloquei na operação.

Comprei VALEE572(16k) a R$0,03 e vendi a R$0,04, e comprei VALEQ30(5k) a R$0,04 e estou tentando vender mais caro, atualmente coloquei a R$0,08.

Porém depois que vi alguns vídeos de Stragle, fiquei bastante assustado pois entendi que posso estar arriscando 5.000 x R$30,00.

É isso mesmo? Estou arriscando R$150.000,00?

Resposta:

Opa ! Tudo certo Raphael ? 🙂

Não. Pode ficar tranquilo. 😉

Sempre que você trabalha na compra de uma Opção, você está adquirindo um DIREITO de alguma coisa. Quando compra uma CALL, está comprando o direito de comprar uma ação. Quando compra uma PUT, está comprando o direito de vender uma ação. Sugiro dares uma olhada no post: “O que é uma CALL ? O que é uma PUT ?

A sua compra de VALEE572 te dava direito a comprar 16.000 VALE3, no dia do vencimento, por R$56,02.

A tua compra de VALEQ30 te dá o direito de vender 5.000 VALE3, no dia do vencimento, por R$30,02.

Em ambos os casos, você tem um direito. Você só exerce se quiser e se isso se mostrar válido … 😉

Para entender um pouco melhor esse mecanismo das Opções, indico a leitura de dois textos já publicado aqui no Clube:

– Como funciona o exercício de opções ?
– O que acontece no dia do exercício das Opções ?

Então, não, você não está arriscando R$150 mil. 🙂

No caso da VALEQ30, tens em risco apenas R$200. No da VALEE572, tinhas R$480.

Agora, sobre a tua posição remanescente, sabes que o vencimento dela ocorrerá no próximo dia 18. Não é mesmo ? Restam apenas 3 pregões para ela deixar de existir … 😉

Espero ter te ajudado ! 😀

O tema te interessa ? Você tem vontade de investir com Opções ? Te convido a conhecer o Double PUT Double CALL, o meu curso de Opções ! Será um prazer lhe ajudar neste processo de aprendizado !! 😀

Abraços !!

A regra do IR, de isenção dos R$20 mil, vale também para Opções ?

Pergunta:

Boa noite. Por gentileza, gostaria de saber se há limite de isenção mensal para opções, a exemplo das ações. E ainda: os resultados mensais das opções pode ser somados aos das ações?
Atenciosamente.

Resposta:

Opa ! Tudo certo Sergio ?

Não … O resultado obtido com Opções não pode se beneficiar da regra de isenção dos R$20 mil. 🙁

A regra, que diz que o lucro das vendas mensais inferiores a R$20 mil é isento da cobrança de imposto de renda, serve apenas para a compra e venda de Ações. Sim, a palavra está incluída na normativa. 🙂

Mas Zé, e se eu vender menos de R$20 mil, obtendo lucro, em ações e tiver obtido lucro com Opções ?

Neste caso, o lucro obtido com ações continuará isento de IR, enquanto o obtido com as Opções será declarado e recolhido. Sim, uma tratamento específico para as ações e outro para as Opções. 😉

Sobre a soma dos resultados obtidos no mercado de ações e o de Opções, para o recolhimento mensal do IR, sim, você pode fazer isso.

Você poderá somar os resultados (lucros e perdas) do mercado de ações o de Opções, para determinar o resultado mensal, o valor a ser usado como base para o cálculo do IR a ser pago mensalmente. Sim, você poderá usar uma perda com ações para compensar um lucro com Opções.

A única coisa que precisa ser (sempre) respeitada, é: resultados obtidos em operações daytrade deverão ser somados/compensados com resultados de operações daytrade. Enquanto resultados obtidos em operações normais deverão ser somados/compensados com resultados de operações normais. 😉

Espero ter ajudado ! 🙂

Abraços !