Clube do Pai Rico
Solicite o seu agora mesmo!

Livros ||| Criptomoedas

Olha … eu já li alguns livros sobre o tema. Outros tantos textos publicados em sites … Mas esta foi a primeira vez que li algo destinado exclusivamente ao convencimento da ~validade do ~investimento em criptomoedas.

Sim, sempre era focado no lado “real” da coisa. Mostrando o que era, como poderiam ser utilizadas. Mostrando como a tecnologia funciona, quais suas vantagens e desvantagens. Mas neste livro, por mais que os autores tenham mostrado isso, o foco era outro …

Desta vez, eles queriam mostrar que ~investir em criptomoedas era algo válido.

Confesso que não foi uma leitura que me agradou. Como falei no Twitter em “tempo real”, enquanto fazia a leitura, foi uma das primeiras vezes que quase desisti no meio do caminho. Sim, quase larguei o livro … E olha que NUNCA fiz isso !

Motivo ? Justamente esse lado “convencimento” da coisa. 🙁

Eu senti como se o motivo do livro fosse somente esse. Como se tudo girasse em torno de convencer o leitor de que investir em criptomoedas é um bom negócio. E no meio do caminho muitas comparações foram feitas. Até com as mais tradicionais bolhas, como não podia deixar de ser …

Claro ! A primeira coisa que muita gente pensa ao ouvir das criptomoedas, especialmente a bitcoin, a mais famosa de todas, é no comportamento ao estilo bolha. Os autores falaram sobre as tulipas, sobre as .com, sobre o subprime … Sobre como a massa de investidores se comportou diante daquelas bolhas e dessa.

Quer dizer, dessa não, pois “criptomoedas não são uma bolha“. É … 🙄

E como foi que concluíram que não se trata de uma bolha ? Através da análise das 5 lentes de Vikram Mansharamani !!

#1 Perspectiva microeconômica
#2 Perspectiva macroeconômica
#3 Psicologia – excesso de confiança
#4 Incentivo governamental
#5 Epidemiologia

Segundo eles, apenas o 3º item é encontrado em relação às criptos … Sério !!!??

Os próprios usuários e entusiastas dizem que a bitcoin foi criada como forma de “fugir” do controle estatal. Não seria esse um belo incentivo governamental ?

Já pela perspectiva microeconômica, “apenas 1% da população com acesso à internet investe em bitcoin”. Ok … pode até ser que o grupo fosse realmente pequeno. Mas não custa lembrar que aqui no Brasil, em um determinado momento, tivemos 2x mais pessoas investindo em cripto do que investidores em Ações ! Não custa lembrar da complexidade do processo de compra e venda de criptos, o que para muitas pessoas se mostrou como uma verdadeira barreira de entrada.

Pela perspectiva macroeconômica, dizer que não existe “alavancagem” no universo das criptos … Tem certeza ? E o mercado de futuros de bitcoin ? Ainda, como apresentado no próprio livro, quando dito que na bolha das tulipas as pessoas podiam pegar empréstimos para investir nelas, quantas e quantas histórias nós vimos, de pessoas que hipotecaram a casa para colocar tudo em bitcoin ?

E por fim, o 5º item … Em certo momento, só se falava disso !! De novo: enquanto tínhamos 500 mil pessoas que investiam em Ações, aqui no Brasil, 1 milhão investia em criptos !! O oba oba foi tão grande, que mais de MIL criptomoedas surgiram ! (e pelo o que vi, pararam de contar … pois a cada dia surgiam mais e mais e mais)

Sem forçar a barra, das 5 lentes, poderíamos considerar que 4,5 delas (o 2, sendo bonzinho, seria meio atendido) dizem que criptomoedas são sim uma bolha. 🙂

De novo, a leitura, na minha opinião, se mostrou mais como sendo um material que tentava convencer o leitor de que não há bolha … de que o ~investimento em criptomoedas é válido … do que realmente olhar a coisa de fora. E digo que entendo isso perfeitamente !! Quando estamos envolvidos em um investimento, é natural que deixemos de lado alguns cuidados, que ignoremos alguns pontos.

Só vai reclamar Zé ?

Não, tinha um lado interessante no livro. A parte destinada à orientação de como investir nas criptos.

Por mais que EU não considere como sendo algo válido, a análise de outras pessoas pode apontar para a direção contrária. Com isso, encontrará no livro material de como proceder, de como encontrar uma corretora, de como mandar a grana, de como fazer a compra e a venda delas. 🙂

Mas, de novo … esteja preparado para ler um livro onde seus autores defendem ferrenhamente suas convicções. 😉

 

Nota do Site:
2 Moedas

Criptomoedas
André Franco | Vinícius Bazan

Editora: Empiricus
Ano: 2018
Edição: 1
Número de páginas: 208
Acabamento: Brochura
Formato: Médio