Clube do Pai Rico
Solicite o seu agora mesmo!

Opera opções ? Cuidado com o último pregão negociável . . .

Texto originalmente publicado no dia 21 de setembro de 2015, e que merece sua atenção no dia de HOJE !

—–

Deixe-me contar uma história real para você:

Sexta-feira, dia 18 de setembro de 2015, perto das 17h. Um investidor, com mais de 30 anos de experiência em bolsa, liga para sua corretora para ver como fechou sua posição no último dia em que é possível haver negociação de opções das séries I e U. Atitude já adotada há anos, visando se precaver de imprevistos.

Sua carteira lhe é dita e no meio dela aparece algo inesperado: algumas PETRU10 vendidas. (portanto ele estaria diante da obrigação de comprar a mesma quantidade de PETR4 no dia do exercício por R$10,00)

Mas já era tarde … A notícia chegou com o pregão já fechado e portanto a negociação não era possível. O que aconteceu ? Como poderia haver alguma U10 vendida em sua carteira ? A única ordem que havia sido dada era a de venda de PETRV10 …

Sim, um erro de digitação ! A ordem que foi passada à corretora foi de venda de V10, mas a que foi digitada foi a de U10 ! 😯

E agora ? O que fazer ? Como solucionar esse problema ? Não existe mais a possibilidade de negociar as U10, é proibido de se operar a série que está vencendo no seu dia de exercício.

Não priemos cânico !

Ainda bem que a solução é mais simples que o imaginado: basta que você aguarde a abertura do mercado, faça a venda das PETR4 adquiridas via exercício, e a venda das PETRV10 que eram para ter sido vendidas. Pronto, simples assim. 🙂

Você irá pagar R$10 pelo exercício das suas U10 vendidas, receberá (digamos) R$7,60 pelas PETR4 que irá vender e outros R$2,47 pela venda das V10. Terminará a operação da mesma forma que terminaria se tivesse feito a venda de forma correta no pregão anterior, pois recebeu também pela venda das U10. (desconsiderando apenas os custos de corretagem)

Não é o fim do mundo, não é motivo para desespero, não é nada disso. É apenas um motivo para que você fique ainda mais ligado no último dia negociável do exercício de opções. Antigamente podíamos negociar na própria segunda-feira do exercício.

O ideal mesmo é não fazer nenhuma negociação na última sexta-feira antes do exercício. Deixe este dia somente para realizar ajustes em suas operações e para ter certeza de que tudo está certo com a sua posição/carteira.

O erro deste investidor foi ter recebido a informação já nos instantes finais do pregão. Se tivesse visto isso algumas horas antes (ou até mesmo alguns minutos …), estaria livre da necessidade de fazer um certo “malabarismo” no dia de hoje. 🙂

Erros acontecem, o tempo todo

Sim, infelizmente precisamos conviver com os erros, das mais variadas formas e origens. O que precisamos é saber como proceder no momento em que ele é detectado. 😉

Quer ver o problema que poderia ser criado se o investidor não soubesse desta venda e o exercício ocorresse ? Ele “não estava” vendido em U10, correto ? E se ele fosse viajar ? O exercício ocorreria e ele só ficaria sabendo disso na quinta-feira, quando o débito do exercício aparecesse em sua conta … 😯

Às vezes pode parecer um pouco de neura, eu chamo isso de precaução. Já vi muita coisa parecida acontecendo nas mais diversas áreas. E graças a isso, me tornei um chato de carteirinha, hehehe.

Não custa nada: imponha um limite de horário para se informar de que tudo está ok com a sua carteira no último dia negociável das opções. E caso precise fazer qualquer tipo de operação depois deste horário, tenha a certeza de que o que foi feito, foi feito da forma correta.

Ps: o investidor em questão é o meu pai … !!