Clube do Pai Rico
Solicite o seu agora mesmo!

Pergunte ao Pai Rico ||| 271

Pergunta:

Oi Zé!
A um tempo tenho uma dúvida e que mesmo conversando com outras pessoas, ainda não me está muito claro – pois normalmente as pessoas seguem a cartilha, fazem por que sempre foi assim =) . Bom, a questão é sobre contribuição ao INSS. Eu tenho 25 anos, e minha noiva 27, ambos até agora não começamos a contribuir ao INSS, pois trabalhamos contratados como autônomo. Pesquisando por aí, sempre vejo que as diretrizes da aposentadoria (fator previdenciário, idade minima p/ se aposentar, etc) serão mais restritivas no período que formos nos aposentar e, por esse motivo, temos que nos preocupar p/ criar ativos que gerem a nossa aposentadoria pessoal. Agora, considerando essa contextualização, é realmente válido contribuir para o INSS? Não poderíamos apenas nos focar em investimentos pessoais e criação de ativos? Gostaria de saber sua opinião sobre isso!

obrigado desde já!

ps: queria parabenizá-lo pelo excelente site, pelo seu tempo que disponibiliza e pela simpatia de atender a todos na medida do possivel!


Resposta:

Bom dia Vinícius,

Muito obrigado !! Faço isso com prazer, ver que consigo ajudar quem está precisando é algo que faz muito bem. 🙂

Afinal de contas … por mais que eu tenha estudado, ido atrás de conteúdo, em algum momento alguém me mostrou os caminhos (seja presencialmente ou através de seus livros). Nada mais justo do que retribuir agora. Esse é um dos grandes problemas  atuais da “humanidade” … as pessoas aprendem e apreendem a informação. Bota ela pra girar meu povo !! 😀

Sobre a tua dúvida: já imaginas a minha resposta, não é mesmo ? 🙂

Voltando um pouco no tempo … há aproximadamente 3 anos … Qual foi a minha posição em relação ao FGTS ? E ela permanece a mesma … 😉

Na minha opinião, quanto menos o estado se “meter” na vida da população, melhor será. Temos o hábito de jogar muita coisa para os outros, na maioria das vezes o “outro” é o estado … Queremos que ele nos sustente, nos dê tudo e mais um pouco, por mais que “saibamos” que atender 100% das demandas é impossível. Já pensou se o estado se preocupasse apenas em fazer direito o que é realmente para a coletividade (criar condições para que a máquina funcione !) ? Os problemas individuais seriam facilmente solucionados por cada um, afinal teríamos condições (tanto financeira quanto disponibilidade dos serviços) para cuidarmos de nós mesmos.

Penso que o assistencialismo do estado é o maior problema que o mundo enfrenta atualmente. Na essência da crise europeia, estão os gastos do estado com o “bem estar” da população. Se endividaram até dizer chega para custear tudo e a todos.

Portanto … o INSS, propriamente dito, para mim, deveria ser extinto. Cada um deveria cuidar da sua grana, voltada à aposentadoria, e ponto final. Quem já contribuiu teria o direito de sacar o que já tem acumulado e a partir dai cuidar da própria grana.

Quer queiramos ou não, o INSS é uma instituição falida … mais cedo ou mais tarde receberemos esta notícia e – acredite – muitos ficarão surpresos, pois acreditavam que estavam com a aposentadoria garantida por ela. Não tem como funcionar, se não me engano o sistema está funcionando na base de 4:1 … !!! Não entendeu ? O INSS funciona com 4 pessoas pagando para que 1 receba … 😯

É ou não é um dos maiores esquemas de pirâmide financeira, legalizado, que temos ? 🙁

A minha opinião é: se puder, deixe o INSS de lado, cuide você mesmo de sua aposentadoria. Pegue o dinheiro que seria destinado à previdência e crie sua própria carteira de investimentos. Acredite, o seu resultado será infinitamente superior ao que teria caso destinasse o mesmo capital ao INSS …

(claro, existem exceções … aposentadoria por invalidez, é uma delas … mas deixemos as “exceções” de lado …)

Conte com o Clube para te auxiliar nesta tarefa. Sempre. 😀

Abraços !


Envie sua dúvida ao Pai Rico*:

Seu nome (obrigatório)

Seu e-mail (obrigatório)

Seu twitter

Sua dúvida

(*) – Pai Rico é apenas um personagem fictício. Na verdade as respostas serão formuladas pelos membros da equipe do Clube do Pai Rico