Clube do Pai Rico
Solicite o seu agora mesmo!

Suporte compra, Resistência vende. Isso tá certo mesmo Zé ??!!

Pergunta:

Professor, bom dia

Lendo e relendo seu Ebook eu fiquei com uma dúvida, de suportes e resistência… Essa frase abaixo (Pag 29):

“Sim, operava usando só isso e nada mais. “Tá num suporte, deu sinal, compra !” ou “Tá na resistência, deu sinal, vende !”

De início, entendi que a resistência é a linha de cima e suporte a linha de baixo, ok?
Logo, entendo que quando um gráfico se aproxima de uma resistência e quebra essa barreira, quer dizer que o mesmo vai se valorizar, não? O gráfico não vai subir?
E vice versa para um suporte, na linha abaixo, certo?

Me parece que eu to entendendo o contrário do que você explica rsrs

Poderia me sanar essa dúvida por favor?

Att

Kaique Salles

Resposta:

Bom dia Kaique, tudo certo ? 🙂

Existem duas “escolas” de análise em relação a forma como se encarar os suportes e resistências. Uma é a que você citou: se romper, segue a trilha. Mas existe outra, e é essa a que mais me agrada. 😉

Pense comigo: suporte e resistência. O que, exatamente, estas palavras significam ?

Suporte: algo que segura, que ampara, faz força de baixo pra cima.

Resistência: algo que segura, que impede que sigamos em frente, que faz força de cima para baixo.

E é exatamente assim que eu enxergo …

Olhe suportes e resistências como eventos passados, o que ocorreu nas ocasiões em que eles foram formados ?

Um suporte é formado quando uma boa parte do mercado (seja em número de participantes ou força de capital) achou que naquele momento os preços estavam interessantes, que o ativo estava barato, e que a compra era justificada. Um grupo de participantes “decidiu” que dali não poderia passar, não poderia cair mais.

Uma resistência é formada na situação oposta, quando uma boa parte do mercado achou que naquele momento os preços estavam altos, que o ativo estava caro, e que era hora de vender para embolsar os lucros. Um grupo de participantes “decidiu” que dali não poderia passar, não poderia mais subir.

Um suporte e uma resistência nada mais são do que a principal e única força que move os mercados: a decisão de seus participantes de comprar ou vender um ativo naquele momento.

Conhecendo o ser humano, de hábitos e costumes padronizados, o que podemos esperar que ocorra em um momento futuro, quando os preços voltarem à mesma região ? Sim … é esperado que tudo se repita. Se compraram ali por ser barato, comprarão de novo. Se venderam ali por ser caro, venderão de novo.

É a natureza humana !! Somos ratos treinados, com polegares opositores. 😀

Tendemos a repetir e repetir e repetir o que fizemos e sempre fazemos. Fazer o quê … ? 🙄

Com isso, eu te pergunto: num suporte que se aproxima, você tenderá a fazer o quê ? E numa resistência ? Isso, comprar no suporte, pois foi ali que a “maioria” comprou, e vender na resistência, pois foi ali que a “maioria” vendeu.

Mas Zé, e se dessa vez for diferente e a regra for quebrada ?” Simples !!! Ao comprar em um suporte, ou vender em uma resistência, você tem a chance de saber o que fizeram naquela região. Se desta vez acontecer de forma diferente, você sabe que um STOP curtinho será bem-vindo. Sim, comprando num suporte e vendendo numa resistência você atua em uma região “mais fácil de identificar o comportamento”, e se der errado, sai fora com uma pequena perda. 😉

Desta forma, se o mercado resolver seguir adiante, você encerra a operação e aguarda uma nova oportunidade. SIMPLES assim. 🙂

Comprar em um suporte e vender em uma resistência nada mais é do que agir segundo os nossos instintos mais básicos de sobrevivência, seguindo o que os outros fizeram e foram bem-sucedidos ao fazer isso. 😀

Espero ter te ajudado !! 😉

Abraços !!