Clube do Pai Rico
Solicite o seu agora mesmo!

Você está prestando atenção ?

O que vou falar para você agora, vi no livro que estou lendo neste momento:

Algo simples … MUITO simples, mas que permite que testemos o quão atento você é. Ou melhor, o quão atento você está às coisas que estão acontecendo ao seu redor.

Preparado ? São apenas 5 perguntas. Preciso que você responda cada uma delas, na ordem proposta, sem pular para a próxima antes de responder a atual. Preciso que você seja sincero, pois se você ler a pergunta seguinte, antes da hora, estraga completamente o teste e você não poderá se conhecer melhor.

Combinado ? Posso contar com a sua participação ? Então vamos lá !!

#1 Sem olhar, diga-me se seu relógio possui algarismos romanos ou arábicos, ou talvez traços ou pontos.

 

 

 

 

#2 Há algo de diferente na posição três ou seis em seu relógio ?

 

 

 

 

#3 Seu relógio tem ponteiro de segundos ?

 

 

 

 

#4 O ponteiro de segundos se move em intervalos ou continuamente ?

 

 

 

 

#5 Por fim, que horas são ?

Pronto ! Viu ? Mais simples impossível … 🙂

Agora me responda: quais foram as respostas que você deu, corretamente, sem olhar para o relógio ? Você acertou a hora ? (que, a meu ver, é a pergunta mais importante de todas). E ainda, de forma 100% honesta: você olhou para o seu pulso, mesmo não usando relógio ??

Use os comentários do post para compartilhar comigo as tuas respostas. Eu quero saber, de verdade, o que aconteceu contigo.

Quais foram as minhas respostas ? Não uso relógio há anos !! 😀

“Estamos sobrecarregados”

Dizem que o cérebro humano recebe milhões de estímulos a cada segundo. Mas que processamos apenas algumas dezenas simultaneamente.

Sim, até pode ser … Mas muitos se esquecem da quantidade de decisões que tomamos automaticamente, sem cogitar processar a informação que nos foi passada. Coisas que realizamos diariamente, muitas vezes várias vezes ao dia, de tão repetitivas, acabam sendo feitas sem que precisemos “perder tempo e energia” (de processamento) com elas.

Ok … Vivemos num período em que recebemos uma verdadeira overdose de informações. E informações novas. É impossível darmos a devida atenção a tudo o que acontece ao nosso redor. Mas, em muitos casos, deixamos de lado coisas que deveriam ser priorizadas.

O exemplo do relógio é um exemplo simples. Até mesmo bobo. Nós queremos saber o que queremos saber naquele momento, naquele instante. “Me aprofundar neste tema, pra quê ? Não me importa agora … Quando precisar, procuro.” Quantas vezes você já ouviu, ou até mesmo falou isso ?

Estamos vivendo um período da nossa história onde só o AGORA importa. Focar em uma atividade é cada vez mais difícil para grande parte da população, e isso é usado como muleta em muitas situações. 🙁

Eu sei que é difícil, neste momento em que escrevo esse texto, alterno as janelas entre Twitter e cotações da Bolsa. Mas precisamos (re)aprender a focar, a dar atenção ao que precisa de nossa atenção. Nem que seja por um breve momento …

O resultado do teste acima pode ter te surpreendido. Que tal compartilhar este post com seus amigos e familiares, para ver como eles se saem ? Lembre-se de pedir para que respondam uma pergunta por vez … Que foquem uma pergunta por vez. 😉