Clube do Pai Rico
Adquira o seu agora mesmo!


Assumindo o controle do seu tempo

Tempo … Essa commoditie tão escassa e de difícil reposição. Quem entre nós está plenamente satisfeito com as suas 24h diárias ? Quem de nós não gostaria de ter algumas horas extras por semana, ou até mesmo por mês … ? O destino delas ? Diversão, estudo, trabalho, família … Não importa, poucas horas a mais nos fazem falta e, infelizmente, não temos como recuperar o tempo perdido.

Já que não é possível recuperar, que tal fazer com o que “pouco” tempo que temos nos seja suficiente para fazer o que é preciso ? Que tal otimizarmos o nosso tempo, aproveitando-o da melhor forma possível ?

Sim, hoje falarei (de novo) sobre mais um livro que tem como proposta nos ajudar nesta tão importante tarefa. 🙂

Mais do mesmo ?

É … De algumas dicas básicas não temos como fugir: seja organizado, saiba delegar, mantenha o foco nas atividades mais importantes, tente não ser interrompido enquanto executa suas tarefas, especialmente as que requiram mais atenção.

Não temos como fugir destes conselhos, afinal são os mais práticos e na maioria das vezes os de mais fácil implementação em nossa rotina diária. Existem outros que são considerados como tal, mas que na prática são impossíveis de serem adotados.

Quer um exemplo ? “Reduza o tempo gasto em reuniões” ou “reduza o número de reuniões que você participa”. Na teoria é muito bonito falar esse tipo de coisa, mas como você chegará para um cliente ou para o seu chefe e dizer que não participará daquela reunião, pois não considera o tema central dela adequado às suas necessidades ? Ou então até ir na reunião, mas já chegar avisando que é para tratar do assunto de interesse dela já no começo, da forma mais rápida possível para que ela não perca tempo com aquilo …

Quem … Quem teria coragem de agir de tal maneira ? Claro … Reuniões “normais” entre iguais, serem otimizadas, é primordial. Mas estender isso a todas as reuniões possíveis e imagináveis ? Meio complicado e praticamente surreal. Concorda ?

Mas nem tudo está perdido !

No meio das tradicionais dicas, vi algumas bem interessantes:

Tomar decisões rápidas

Na hora de tomar decisões, sobre quais projetos tocar, quais direções seguir, decida rapidamente entre as opções disponíveis. Provavelmente algumas decisões serão erradas, mas o tempo poupado com a etapa de pensamento e reflexão para a tomada de decisão compensará estes erros.

O problema nesta sugestão, na minha opinião, é somente como conseguir decidir quais as decisões podem ser tomadas de maneira rápida e quais deverão passar por uma reflexão maior. Afinal de contas alguns projetos e decisões são mais importantes do que outras. Não é mesmo ?

Acredito que somente a experiência poderá ajudar neste item. E como conseguir esta experiência ? Vivenciando várias e várias decisões … Estaríamos dispostos a arriscar com isso ?

Mas … para coisas simples, concordo plenamente. Decisões que não vão mudar o destino da humanidade poderiam adotar esta estratégia sem “medo” de ser feliz. 😉

Abandonar projetos que não engrenam

Você investe tempo e dinheiro em seu projeto. Ele insiste em não atingir as metas ou pior, só faz verter água dentro do seu barco. Não está indo na direção desejada ? Abandone-o e parta para outro.

Claro que é preciso refletir … Essa sugestão não vai contra todas aquelas frases de impacto que mandam que não desistamos de nossos sonhos etc etc etc blá blá blá ? Pois então … A dica é que para otimizarmos o nosso tempo, precisamos abrir mão das coisas que não estão dando certo … Tem coragem de fazer isso com aquele seu sonho em que acredita tanto ?

Dormir menos

Quem nunca viu este conselho ? Ao invés de dormir 8h por dia, passe a dormir 7h. Você dificilmente sentirá a diferença, é o que alegam. Não, você sentirá a diferença !

Você ficará mais desatento. Ficará menos produtivo. Ficará mais irritado. Acho que já são justificativas suficientes para pensarmos 2x antes de adotar tal direção. Não ?

Se você dorme 8h, é porque o seu organismo precisa de 8h para repor as energias que gastou durante o dia. Não adianta lutarmos contra isso …

Identifique o período em que é mais produtivo

Você é daqueles que acorda cedo e já começa a mil por hora ? Ou é dos que dorme tarde da noite e só começa a “pensar” depois da hora do almoço ?

Saiba que é normal existir os dois tipos de pessoas. Cada organismo funciona de um jeito. Que tal tirar proveito disso ?

Se rende mais na parte da manhã, direcione as atividades que mais exigem concentração e dedicação para esta parte do dia. Se rende mais na parte da tarde, mude tudo para depois do almoço. Se você só “funciona” de noite … tente convencer a empresa onde trabalha que é desta forma que você mais produzirá e talvez aceitem abrir uma exceção para você. 😉

Não existe milagre !

Uma pena … mas é verdade. 🙂

Existem técnicas que podem nos ajudar a melhorar as coisas, mas milagre propriamente dito … não.

Tente encontrar um meio termo. Algo que possa ser adotado e que se traduza em mais rendimento, mais vontade, mais concentração em seu dia a dia. Você perceberá que pequenos detalhes podem fazer uma grande diferença. 😉

Para mais dicas, conselhos e sugestões, indico que faça a leitura do livro:

 

Assumindo o controle do seu tempo

Nota do Site:
5 Moedas

Assumindo o controle do seu tempo
Harvard Business School

Editora: Elsevier
Ano: 2007
Edição: 1
Número de páginas: 168
Acabamento: Brochura
Formato: Médio

Compre seu livro no Submarino