Clube do Pai Rico
Adquira o seu agora mesmo!

O custo de carregamento de nossas reservas

No último final de semana estava pensando sobre um assunto meio diferente … Qual seria o custo de carregamento de nossas reservas ? Afinal nos últimos anos a quantia de dólares acumulados vem crescendo constantemente, e há pouco tempo rompeu a barreira dos U$ 300 bilhões. (dinheiro pacas hein ?)

Tudo bem que muito disso foi criado somente pela tentativa de conter a escorregada nas cotações do dólar, o Banco Central compra no mercado para conter a queda da moeda, atrapalhando dessa forma nossas exportações. (mas em contrapartida ajuda nas importações … que querendo ou não servem para renovação de nosso parque industrial por exemplo … mas é papo para outra hora)

Fiquei pensando … no que será que eles “aplicam” esse dinheiro ? Afinal, deixar U$ 300 bilhões parados na conta seria a maior estupidez que alguém poderia cometer … e imaginei que deveriam fazer como a maioria do mundo faz: compram títulos do tesouro americano … Chegando nessa conclusão comecei a pensar em outra coisa: Pô ! Com isso devem estar perdendo uma fortuna ! Afinal os títulos dos EUA vêm pagando uma mixaria … e ficou por isso mesmo. Mas, como sempre existem as “coincidências”, ontem publicaram esse valor, divulgaram o quanto perdemos para manter esse dinheiro parado. “Apenas” R$ 26,6 bilhões … 😯

Isso mesmo … em 2010 – sim, o valor é referente apenas ao ano passado !! – perdemos mais de 26 bilhões de reais para manter o nível recorde em nossas reservas … um custo meio alto, não ?

Para o pessoal do BC não, pois comparando com momentos onde nossas reservas eram mais baixas (leia-se crise da Rússia, dos Tigres Asiáticos, bolha da Nasdaq …) o resultado no Brasil não foi nada agradável. Argumentam que um dos motivos de termos “escapado” da crise de 2008 foi o alto nível de nossas reservas. Eu acho que uma coisa não tem a ver com a outra … mas fazer o quê ? Sou apenas uma voz na multidão … A situação foi diferente, o crescimento mundial nos proporcionou sair “ilesos” da crise. É só ver que os outros BRICs também não sofreram …

Mas fiquei pensando num outro lado … e se ao invés de termos U$ 300 bilhões em reservas, tivéssemos usado uma parte disso para quitar um pedaço da dívida ? Não seria mais vantajoso ? Não ganharíamos mais no longo prazo com isso ? Imagine pegar U$ 100 bilhões dessas reservas e abater da dívida ? (comprando títulos no mercado, por exemplo. Sempre tem que gostaria de “ajudar”)

Ou então usar esse dinheiro para investimento em infraestrutura, que é praticamente inexistente em nossas terras. (em todas as áreas …)

Será que o resultado não seria ainda melhor do que deixar o dinheiro lá, parado, para garantir a “estabilidade” ? Pense numa empresa como a Vale, ela deixaria esse dinheiro parado para “dar moral” perante o mundo ? Ou qualquer outra empresa de grande porte … a Vale foi a primeira a vir à mente. 🙂

Não custa nada lembra que isso são apenas divagações de uma pessoa comum, não sou economista, sou engenheiro, hehehe. Estou errado ou é assim mesmo que se deve agir ?