Clube do Pai Rico
Solicite o seu agora mesmo!

Educação Financeira ao alcance de todos

Você pode dizer o que quiser – que o Brasil é um país marcado pelas desigualdades sociais, que uns tem mais oportunidades que outros, mas com isso terá que concordar: A Educação Financeira está ao alcance de todos, sem distinção de cor, classe social, credo ou nível educacional.

Poderá argumentar que “não é bem assim …”, e terá como resposta “sim, é assim sim.”. O que pode não estar ao alcance de todos são algumas ferramentas de investimento, mas a Educação Financeira como ferramenta para manter o orçamento em dia e, porque não, ter uma melhor qualidade de vida, está.

Sempre foi assim, e por incrível que pareça, quanto mais fácil se torna o acesso a material destinado ao aprendizado deste assunto, mais longe parece ficar. Todos têm acesso ao imenso conteúdo da internet, desde os mais pobres até os mais ricos, dos mais velhos aos mais novos … mas mesmo assim parece que nunca foi tão “difícil de se aprender” …

Uma questão de … … … PRIORIDADES !

Argumentam que mesmo existindo toda uma gama de fontes sobre o assunto na internet, a maioria não tem como consultar este material. Ou por não ter computador, ou por não ter acesso à internet ou por mera falta de tempo. Engraçado … para o Facebook … WhatsApp … sites de fofoca … para isso todos encontram um “jeitinho”. Já imaginou se as pessoas fossem atrás de informação sobre como manter um orçamento “redondinho” da mesma forma que vão atrás de notícias sobre quem fulana está namorando, ou em qual loja fulano foi visto … Isso nada mais é do que definir prioridades, e infelizmente Educação Financeira (e pior, como um todo também …) não está no topo delas.

A grande maioria usa a desculpa de que não tem dinheiro, então porque “perder tempo” indo atrás de material relacionado com ele ? Que pena … não sabem que é muito diferente disto. (não sabem ou fingem não saber para poder continuar levando a vida exatamente como vêm levando …)

Não sabem que com o auxílio da Educação Financeira poderiam mudar por completo seu estilo de vida? Que poderiam sair do vermelho ? Que poderiam ter a vida que sempre sonharam … mas que pouco fizeram para realmente conquistar … ?

Mas isso pode mudar !

Mas a melhor parte disso tudo é que tudo pode mudar, e mais rápido do que muitos pensam. Um dos destaques da Educação Financeira é justamente o fato de que você não precisa ter tido um treinamento sobre o assunto desde sempre. Se, infelizmente, você só está tendo acesso agora, não importa. Nunca é tarde para aprender e pôr em prática os conceitos dela.

Claro, quem iniciou seu aprendizado ainda pequeno “leva uma vantagem” sobre quem só poderá começar quando adulto. Qual ? Teoricamente já tem suas contas em dia, já está no rumo certo. Quem começar mais tarde poderá encontrar este obstáculo, mas nada que alguns meses de dedicação não resolvam.

Como eu disse, ela é democrática, aceita todos, todos podem obter seus benefícios, basta querer. Basta ter vontade de mudar. Basta dar um basta !

Na minha opinião, existe uma frase que se encaixa perfeitamente no contexto. E tenho certeza que ela não foi dita pensando na sua vida financeira … 🙂

 

Embora ninguém possa voltar atrás e fazer um novo começo, qualquer um pode começar agora e fazer um novo fim.

Chico Xavier
(1910-2002)

 

Leia, releia, reflita, entenda. Nesta frase está escondido o segredo para o sucesso.

Mude, caso ainda seja necessário. Torne o dia de hoje o dia que mudou sua vida, que mudou o rumo dela.

Pense: você precisa, MESMO, de um 2º carro ?

Nunca foi tão fácil comprar um carro, seja por uma redução de impostos (IPI), ou pela facilidade de obtenção de crédito (o governo “convidou” seus bancos à oferecerem crédito, às vezes até mesmo para quem – em teoria – não poderia recebê-lo). Ok, quem sabe em 2009 tenhamos tido uma situação semelhante, só não estou muito bem lembrado se a parte do crédito estava que nem hoje. (especialmente a taxa de juros ofertada)

Não temos como negar o fato de que o brasileiro – em geral – é um apaixonado por carros, competindo até mesmo com o futebol. O fato já foi amplamente explorado por diversas campanhas publicitárias que retratava a realidade de muita gente.

Mas … será que um segundo carro é realmente necessário ? Será que ele fará alguma diferença em sua vida ? Certo, alguma eu sei que fará, mas será que fará a diferença que este segundo carro lhe custará ?

Tenho a certeza de que a sua resposta será sim, mas não custa nada perguntar … Você já fez um cálculo para ver o custo que este segundo carro impõe ao seu orçamento ? Levou em consideração todos os pontos ? O que acha de fazermos um exercício em conjunto, na tentativa de levantar “todos” estes gastos ? Vamos lá !

1- Custo do carro em si; (seja novo ou usado; sem esquecer da depreciação do valor do automóvel !!)

2- Combustível; (estacionamento, podemos também incluir o pedágio neste item ou quer quer criemos um novo ?)

3- Manutenção; (troca de óleo, lavação, troca de pneus velhos, revisões, consertos de pequenos amassados/arranhões, etc …)

4- Seguro;

5- IPVA; (incluindo multas … valeu pela lembrança leoh ! 🙂 )

6- Custo de oportunidade; (afinal se não tivesse comprado o carro poderia usar o dinheiro em alguma outra coisa, de preferência em algum investimento, hehehe 🙂 )

7- Custo da vaga de garagem extra (opa !!! Não havia pensado neste item até agora ?)

Bom … que eu consiga me lembrar, estes são os custos atrelados a um carro. Mais algum ? (use o espaço de comentários para sugeri-los, pode ser ?)

Na maioria das vezes as pessoas pensam somente no custo do carro em si, fazem algumas contas básicas para ver se há a possibilidade de compra. (se for comprado à vista, existe o dinheiro em caixa?, se for financiado, a parcela se encaixa em meu orçamento ?) E se esquecem de outros custos, básicos, como combustível !!! Seguro ? Na maioria dos casos é uma raridade … Manutenção ? “Troco o óleo e olhe lá !” IPVA ? Já viu como estão os pátios do Detran/PM ? Lotados de carros e motos apreendidos pelo não pagamento do imposto. Custo de oportunidade ? “É … se não tivesse comprado o carro dava para ter feito muita festa …” 😯

Mas um ponto que pouquíssimas pessoas levam em consideração é o custo da vaga extra de garagem. Já fez um levantamento, em sua região, de quanto custa uma vaga de garagem ? Se for de aluguel, provavelmente ficará na faixa dos R$ 200~300 … Mas e se for comprada ? Aqui em Floripa elas custam, em média … R$ 60.000,00 !!! (é … um espaço de 12m² custa quase o preço de um apartamento inteiro !) Já está fazendo as contas de como isso afetaria o seu orçamento ? (essa grana, na poupança, renderia quase R$350,00/mês …)

Eu tomei uma decisão importante …

E já faz algum tempo. 🙂

Desde que vim morar no centro (enquanto estava na praia, 35km do centro, ainda mantinha o segundo carro, mas para “emergências”), onde posso fazer praticamente tudo a pé, mas se precisar posso pegar um táxi ou um amarelinho (ônibus executivo, com ar condicionado, som ambiente/TV, poltronas confortáveis, onde ninguém vai em pé, que para em qualquer ponto solicitado – não precisando ser um ponto de ônibus), estou com apenas 1 carro em casa. É mais do que suficiente ! Ele deve passar – ao menos – 80% do tempo na garagem. Pra quê teria um outro carro então ? 😯

Já sei … você argumentará que o segundo carro é necessário, pois você trabalha em um lugar e sua esposa (seu marido) em outro, ou que os horários são diferentes … Mas será que é tããão diferente assim ? Será que não haveria um ponto em comum aos dois, em que apenas uma parte do caminho fosse percorrida de outra forma, ou que apenas alguns minutos a mais (ou a menos) fizessem que os dois saíssem juntos ?

Sim, eu sei que é uma “comodidade”, que não adianta nada trabalhar, trabalhar, trabalhar e ficar “sofrendo” pela ausência do carro extra. Mas … será que você tem realmente a capacidade financeira de arcar com este outro carro ? Seu orçamento apresenta um Fluxo de Caixa positivo ? E esta sobra é na faixa dos 50% de seus ganhos ? (sim, exagerei um pouquinho, hehehe)

Pare. Pense. Reflita. Você precisa – de verdade – de um segundo carro ?

ps: esse post foi originalmente publicado em 2012, quando ainda não tínhamos serviços de transporte como UBER e 99 … Portanto, você deve imaginar como a decisão ficou ainda mais difícil de ser tomada agora, não é mesmo ? 😉

Obtenha uma vantagem injusta: comece o quanto antes !!

A incrível vantagem que os mais jovens levam em relação aos “adultos”, mas que insistem em ignorar.

Mais tempo de acumulação ? Não é só isso não …

Confira no vídeo de hoje até onde vai esta vantagem “injusta” e saiba como tirar proveito dela. 😉

Ah … você não é mais jovem ? Sem problema algum !! Repasse o vídeo (depois de assisti-lo, é claro) para algum jovem que você conheça e que acha que mereça esta informação !! 😀

 

 

Ah ! Não deixe de assinar o nosso canal para receber a notificação sempre que um novo vídeo for publicado !

Habemus 2% !! (como ficam os seus investimentos diante da nova SELIC ?)

É, pode comemorar !! Nunca antes na história deste país, vimos uma taxa de juros tão baixa. (tudo bem que nós, meros mortais, nem cogitamos ver isso sendo ofertado a nós … 🙄 )

2% ao ano !! 😀

Você conseguia imaginar o Brasil como uma taxa dessas ? 2% ao ano … O país dos rentistas (leia: Todos contra os rentistas !!!), do 1% ao mês, onde ganhar dinheiro na segurança da renda fixa era o padrão.

Mas agora tudo mudou … Com 2% ao ano, o retorno mensal caiu para +- 0,14% !! E isso pra quem ficar com o investimento na carteira por no mínimo 2 anos, em algo que pague 100% do CDI, tipo um CDB !! (recebendo 1,70% ao ano …)

Tesouro SELIC ? 1,70% ao ano … isso para quem ficar 2 anos ou mais ! Se ficar menos de 6 meses ? 1,55% ao ano, ou 0,13% ao mês !! 😯

Poupança ? 70% da SELIC, lembra ? 1,40% ao ano !!

Sim, praticamente o mesmo ganho que o Tesouro Direto

Mas, agora, quer se assustar de verdade ? Um fundo de renda fixa, que cobre 1% ao ano de taxa de administração vai te entregar 0,70% ao ano !! (para quem ficar 2 anos ou mais) Quem ficar só 6 meses, 0,55% ao ano !! SIM !! Bem menos que a poupança …

Neste momento, mais do que nunca, você precisa ficar ligado em algo MUITO importante: os custos operacionais dos investimentos de renda fixa. Taxa de administração, taxa de custódia … Quanto menor é o rendimento “base” do investimento, mais pesado ficam os custos operacionais … 🙁

Por que você acha que o Tesouro e a B3 zeraram a taxa de custódia do Tesouro SELIC ?

E claro, eu não poderia deixar de falar sobre …

… a sua ida para a renda variável.

Você PRECISA entender que em um cenário de taxas de juros mais baixas, é necessário aportar parte da carteira em investimentos em renda variável. É preciso colocar parte da grana na Bolsa ! Seja em ações, em ETFs, em FIIs … Você precisa colocar um pouco de pimenta nessa mistura, para que ela tenha a oportunidade de entregar um rendimento mais interessante.

Mas saiba que isso não é garantia alguma de que você ganhará mais dinheiro ! Isso é apenas dar a oportunidade para que a carteira tenha um desempenho melhor. E se você não der essa oportunidade, precisará de mais tempo para fazer com que a sua grana chegue nos objetivos de longo prazo que você determinou para ela. Muito mais tempo …

Sim … Você precisará incluir um pouco mais de dúvida, em relação à certeza de ganho, para que possa ter a chance de ganhar um pouco mais. E não, investir na Bolsa não é aquele monstro que pintam. Não, não é todo aquele risco que comentam. Não, não para quem estuda e tenta entender como as coisas funcionam. (e só por fazer isso, você já consegue fugir de grande parte das armadilhas do mercado)

2% ao ano ! Chegamos no “fundo do poço” ?

Prepare-se para sair do seu relacionamento monogâmico com a Renda Fixa. Conheça o Minha primeira vez na Bolsa ! Está na hora de você entrar em Ação !! 😉

O sentimento de culpa que uma segunda nos traz

Vi uma reportagem na TV durante o final de semana que falava sobre academias. Nela um proprietário de uma academia no Rio ou SP falava sobre um fato interessante: a segunda-feira era o dia em que a academia ficava mais cheia. De todos os dias da semana o dia que mais ficava lotada era na segunda. Por quê ? Provavelmente pelo complexo de culpa que foi criado durante as aventuras alimentares do final de semana e que culminaram numa ida em massa dos clientes arrependidos. Nesta hora “desliguei” e comecei a refletir/comparar: “Poxa … algo parecido ocorre no site, será que tem causa semelhante ?”

Sim, é realmente parecido. A segunda feira é o dia em que mais recebemos visitas aqui no Clube. Aproximadamente 20%~25% acima da média diária. Sempre me perguntava o porquê, mas nunca havia feito uma analogia ao caso ocorrido nas academias. Mas será que é realmente um complexo de culpa, por ter gastado mais do que devia durante a folga ? Ou será que existe uma esperança de que a onda de visitas seja decorrência de algo bom … de uma troca de ideias ?

Sentimento de culpa

Se formos por essa linha, as pessoas buscariam – acima da média – informações sobre dinheiro na segunda-feira, novas formas de ganha-lo, como diminuir os gastos, como rentabilizar o que já tem; porque gastaram demais. Ou de menos.

Ligando diretamente a ideia da academia, as pessoas partiriam em busca de informação sobre dinheiro na segunda por terem gastado muito mais do que “podiam” durante o final de semana. Afinal são tantas provocações … sexta, sábado e domingo clamam por seu dinheiro. É balada, são shows, cinema, bons restaurantes, compras no shopping … a lista é grande e o resultado normalmente é um só: gastos além da conta para muitas pessoas.

Entenderam o porquê da analogia com a academia ? Enquanto os que vão correndo para os exercícios o vão porque comeram mais do que deviam, muitos dos que partem em busca de material sobre finanças o fazem porque gastaram demais.

Mas também podem existir os que gastaram de menos. Como ?

Continue lendo …