Clube do Pai Rico
Solicite o seu agora mesmo!

Obtenha uma vantagem injusta: comece o quanto antes !!

A incrível vantagem que os mais jovens levam em relação aos “adultos”, mas que insistem em ignorar.

Mais tempo de acumulação ? Não é só isso não …

Confira no vídeo de hoje até onde vai esta vantagem “injusta” e saiba como tirar proveito dela. 😉

Ah … você não é mais jovem ? Sem problema algum !! Repasse o vídeo (depois de assisti-lo, é claro) para algum jovem que você conheça e que acha que mereça esta informação !! 😀

 

 

Ah ! Não deixe de assinar o nosso canal para receber a notificação sempre que um novo vídeo for publicado !

Habemus 2% !! (como ficam os seus investimentos diante da nova SELIC ?)

É, pode comemorar !! Nunca antes na história deste país, vimos uma taxa de juros tão baixa. (tudo bem que nós, meros mortais, nem cogitamos ver isso sendo ofertado a nós … 🙄 )

2% ao ano !! 😀

Você conseguia imaginar o Brasil como uma taxa dessas ? 2% ao ano … O país dos rentistas (leia: Todos contra os rentistas !!!), do 1% ao mês, onde ganhar dinheiro na segurança da renda fixa era o padrão.

Mas agora tudo mudou … Com 2% ao ano, o retorno mensal caiu para +- 0,14% !! E isso pra quem ficar com o investimento na carteira por no mínimo 2 anos, em algo que pague 100% do CDI, tipo um CDB !! (recebendo 1,70% ao ano …)

Tesouro SELIC ? 1,70% ao ano … isso para quem ficar 2 anos ou mais ! Se ficar menos de 6 meses ? 1,55% ao ano, ou 0,13% ao mês !! 😯

Poupança ? 70% da SELIC, lembra ? 1,40% ao ano !!

Sim, praticamente o mesmo ganho que o Tesouro Direto

Mas, agora, quer se assustar de verdade ? Um fundo de renda fixa, que cobre 1% ao ano de taxa de administração vai te entregar 0,70% ao ano !! (para quem ficar 2 anos ou mais) Quem ficar só 6 meses, 0,55% ao ano !! SIM !! Bem menos que a poupança …

Neste momento, mais do que nunca, você precisa ficar ligado em algo MUITO importante: os custos operacionais dos investimentos de renda fixa. Taxa de administração, taxa de custódia … Quanto menor é o rendimento “base” do investimento, mais pesado ficam os custos operacionais … 🙁

Por que você acha que o Tesouro e a B3 zeraram a taxa de custódia do Tesouro SELIC ?

E claro, eu não poderia deixar de falar sobre …

… a sua ida para a renda variável.

Você PRECISA entender que em um cenário de taxas de juros mais baixas, é necessário aportar parte da carteira em investimentos em renda variável. É preciso colocar parte da grana na Bolsa ! Seja em ações, em ETFs, em FIIs … Você precisa colocar um pouco de pimenta nessa mistura, para que ela tenha a oportunidade de entregar um rendimento mais interessante.

Mas saiba que isso não é garantia alguma de que você ganhará mais dinheiro ! Isso é apenas dar a oportunidade para que a carteira tenha um desempenho melhor. E se você não der essa oportunidade, precisará de mais tempo para fazer com que a sua grana chegue nos objetivos de longo prazo que você determinou para ela. Muito mais tempo …

Sim … Você precisará incluir um pouco mais de dúvida, em relação à certeza de ganho, para que possa ter a chance de ganhar um pouco mais. E não, investir na Bolsa não é aquele monstro que pintam. Não, não é todo aquele risco que comentam. Não, não para quem estuda e tenta entender como as coisas funcionam. (e só por fazer isso, você já consegue fugir de grande parte das armadilhas do mercado)

2% ao ano ! Chegamos no “fundo do poço” ?

Prepare-se para sair do seu relacionamento monogâmico com a Renda Fixa. Conheça o Minha primeira vez na Bolsa ! Está na hora de você entrar em Ação !! 😉

O sentimento de culpa que uma segunda nos traz

Vi uma reportagem na TV durante o final de semana que falava sobre academias. Nela um proprietário de uma academia no Rio ou SP falava sobre um fato interessante: a segunda-feira era o dia em que a academia ficava mais cheia. De todos os dias da semana o dia que mais ficava lotada era na segunda. Por quê ? Provavelmente pelo complexo de culpa que foi criado durante as aventuras alimentares do final de semana e que culminaram numa ida em massa dos clientes arrependidos. Nesta hora “desliguei” e comecei a refletir/comparar: “Poxa … algo parecido ocorre no site, será que tem causa semelhante ?”

Sim, é realmente parecido. A segunda feira é o dia em que mais recebemos visitas aqui no Clube. Aproximadamente 20%~25% acima da média diária. Sempre me perguntava o porquê, mas nunca havia feito uma analogia ao caso ocorrido nas academias. Mas será que é realmente um complexo de culpa, por ter gastado mais do que devia durante a folga ? Ou será que existe uma esperança de que a onda de visitas seja decorrência de algo bom … de uma troca de ideias ?

Sentimento de culpa

Se formos por essa linha, as pessoas buscariam – acima da média – informações sobre dinheiro na segunda-feira, novas formas de ganha-lo, como diminuir os gastos, como rentabilizar o que já tem; porque gastaram demais. Ou de menos.

Ligando diretamente a ideia da academia, as pessoas partiriam em busca de informação sobre dinheiro na segunda por terem gastado muito mais do que “podiam” durante o final de semana. Afinal são tantas provocações … sexta, sábado e domingo clamam por seu dinheiro. É balada, são shows, cinema, bons restaurantes, compras no shopping … a lista é grande e o resultado normalmente é um só: gastos além da conta para muitas pessoas.

Entenderam o porquê da analogia com a academia ? Enquanto os que vão correndo para os exercícios o vão porque comeram mais do que deviam, muitos dos que partem em busca de material sobre finanças o fazem porque gastaram demais.

Mas também podem existir os que gastaram de menos. Como ?

Continue lendo …

Devo usar meu Colchão de Segurança para aproveitar oportunidades imperdíveis ?

Pergunta:

Olá Zé, estou começando agora meus estudos em finanças e comecei a ser um leitor assíduo do clubedopairico. Gostaria de saber a sua opinião em uma dúvida que me surgiu enquanto lia em ordem este post Existe alguma ordem de leitura dos posts do Clube para quem está começando ? e que não vi ninguém perguntando. A dúvida é sobre o colchão de segurança, quando tinha 15 anos minha tia vendeu um terreno por um preço muito inferior ao que valia, e eu agora entendo que foi por falta de educação financeira. Como muitos não tem essa educação e por já ter passado por esta situação que me surgiu a seguinte dúvida; seria valido usar o dinheiro do colchão para fim de investimento? Você compraria um terreno que você sabe que esta sendo vendido por um preço muito menor por causa de uma necessidade da pessoa? Se eu não usar esse dinheiro mesmo que seja reservado somente para \”emergências\” não estaria perdendo dinheiro ao deixar de ganhar? Ou mesmo assim devo guardar religiosamente esta reserva? O exemplo esta direcionado ao terreno por causa da minha tia, mas a dúvida é para qualquer investimento, você fala que o dinheiro não é para \”promoção\”, mas neste caso eu vejo como \”oportunidade\” e não \”promoção\”. Estou muito curioso para saber o que você pensa sobre o caso e aguardo ansioso uma resposta.

Resposta:

Bom dia Felipe,

Ótima pergunta !! 😀

Você tocou em alguns pontos muito importantes nela: colchão de segurança, perder dinheiro por não aproveitar uma oportunidade, necessidade de vender um bem por um preço abaixo do que é praticado pelo mercado. Coisas distintas e que podem ter um elo … a Educação Financeira. 😉

Se eu concordo em usar o dinheiro do colchão de segurança para aproveitar oportunidades imperdíveis ?

Não … não concordo.

Mas por que não concordo ? Por um simples motivo: o dinheiro que está no colchão está lá para ser usado em situações de emergência. Ele está lá “quietinho” aguardando um evento catastrófico que exija o seu uso. Ele está lá “parado” para lhe trazer a tranquilidade necessária para manter sua cabeça em paz durante a sua jornada diária. Ele está lá para lhe tirar aquela preocupação que assola tantas pessoas … “mas e se amanhã eu perder o meu emprego ?“.

Parece ruim … Parece desperdício de dinheiro … Pode se transformar até mesmo em desperdício de oportunidades … Mas ele está lá para lhe trazer a segurança necessária, que somente uma reserva financeira pode proporcionar.

Você pode até pensar que poderia usar o dinheiro dele para aproveitar a oportunidade, comprando algo por um preço muito abaixo do “certo”, e que obterá lucro ao revender. Mas … você sabe quanto tempo levará para revender o que comprado ?

Por exemplo … Você compra algo que custa R$200 mil por R$100 mil. Um ótimo negócio, não é mesmo ? Sabe que vale R$200 mil, portanto é garantia de lucro certo ! Basta comprar por R$100 mil e em seguida revender por R$200 mil. Fantástico !!

Mas … quanto tempo levará para conseguir vender por R$200 mil ? Se fosse algo realmente simples, a pessoa que lhe vendeu por R$100 mil teria conseguido obter um preço melhor na venda, e você não teria tido a oportunidade de comprar. Você poderá dizer que compraria por R$100 mil e aguardaria um comprador interessado em pagar o preço “certo” … Mas e se nesse meio tempo você tiver a necessidade de usar a grana do colchão ? 😯

Lembre que sua tia “vendeu” mais barato porque precisava de dinheiro rápido. Se você tiver a necessidade do dinheiro do colchão, que agora está imobilizado no terreno, precisaria vender o mesmo a qualquer custo. Se bobear, poderia precisar vende-lo por menos de R$100 mil … Já pensou nesta possibilidade ?

O que não existe neste caso é tempo. Já que o dinheiro lá investido é do colchão de segurança, você não se pode dar ao luxo de comprar o terreno e ficar esperando algum interessado que pague o preço “certo”.

Continue lendo …

Livros ||| Alocação de Ativos

Esta semana foi marcada por um fato muito importante: finalmente temos um livro decente que retrata de forma realista, detalhada e de fácil compreensão, o tema Alocação de Ativos. E o melhor de tudo, ele é em português ! 😀

A obra é fruto do trabalho do amigo Henrique Carvalho do site http://hcinvestimentos.com, que por sinal merece todos os elogios pela qualidade do material. Apresentação gráfica impecável, gráficos claros, exemplos diretos, diagramação perfeita ! Só de bater o olho no negócio eu já fiquei boquiaberto, ficou muito bem feito mesmo. Mas o melhor ainda estava reservado … a leitura ! 😉

Como disse no “Pergunte ao Pai Rico” de hoje de manhã, todos já são conhecedores de meu posicionamento sobre o tema diversificação, ou melhor … daquilo que dizem ser diversificação. Muitos insistem em dizer que diversificar é somente espalhar seu capital por um determinado número de ações, dando preferência às que sejam de setores de atuação “diferentes”, para evitar o risco de determinadas empresas e/ou áreas de atuação. O problema (como já dito no artigo citado) é que eles se esquecem de um pequeno detalhe … por mais ações que sua carteira tenha o risco do mercado de ações em si continuará fazendo parte dela. Mas você “diversificou” …

Tenho a mais absoluta certeza que após a leitura do e-book “Alocação de Ativos” o tema ganhará outros ares. Nele o conceito correto de diversificação de seu patrimônio é tratado da forma correta, distribuindo seu capital em ativos diferentes, de “espécies” diferentes, com riscos de mercado diferentes.

Risco da carteira

O tema é perfeitamente detalhado, mostrando através exemplos gráficos e práticos como seu patrimônio seria afetado pelo risco e qual o retorno obtido em determinados períodos do mercado. Mais, muito mais do que somente apresentar os perfis de investimento “Conservador, Moderado e Agressivo” e sugerir o que cada um deles deve fazer, como fazer a alocação de ativos de sua carteira …

Por que a carteira com 2 ativos se comporta de determinada maneira ? E com 3 ? E 4 ? E mais ? E se colocar um pouco de ouro … ? Ou de imóveis ? Sim, tudo isso é detalhado com cuidado e clareza.

Para que você tenha uma ideia, são “somente” 311 páginas de pura informação e conhecimento, que certamente foi adquirido pelo Henrique à duras custas, depois de muito estudar o assunto. (se não me engano foram mais de 10 livros, que tratam somente do tema Alocação de Ativos, todos em inglês … afinal até o lançamento deste livro o nosso mercado não contava com nenhum outro a altura dele)

Rebalanceamento de carteira

Você está lembrado que logo após a publicação de meu artigo falando sobre a diversificação de ações falei sobre o tema “Rebalanceamento de carteira” ? Sim, dei somente uma pincelada de leve sobre o assunto … Já o e-book Alocação de Ativos dá um show ! Traz detalhes de como proceder e o melhor, apresenta mais de uma forma de fazer esta readequação de seu patrimônio, de forma que você possa aproveitar as euforias e depressões dos mercados, permitindo que você venda caro e compre barato, e com isso traga um aumento (considerável) no rendimento de seu portfólio.

Prefere não mexer (não efetuar vendas) na carteira de ativos em si ? Sem problemas … afinal os aportes estão ai justamente para nos ajudar, e claro que são sugeridos e exemplificados no livro.

Resumindo …

Leitura mais do que recomendada, seja você iniciante ou profissional de mercado; quer tenha sobrevivido à crise de 2008, ou não; queira você já tendo um método de Alocação de Ativos eficiente ou não. Lembre-se: nada é tão bom que não possa ficar ainda melhor ! 😉

Compre, leia, aprenda, mude ! Seu bolso (e sua saúde) só tem a agradecer. 😀



Nota do Site:
5 Moedas