Clube do Pai Rico
Solicite o seu agora mesmo!

Opera com travas ? Abra o olho …

pequeno gafanhoto - kung fu

O nosso mercado de opções vem passando por uma série de mudanças nos últimos tempos. Alguém se lembra que há “pouco” nosso vencimento era bimestral ? E que as PUTs não tinham praticamente liquidez alguma ? E que a formação básica das séries de opções era do tipo americano ? É … percebeu que a cada vencimento temos mais e mais opções do tipo europeu ?

Sim, é sobre esse “detalhe” que quero falar. 🙂

Modelo Americano

A principal característica do modelo americano é: o portador da opção pode exercê-la a qualquer momento. Não importa quanto tempo resta para o vencimento, não importa o valor, não importa nada. Se o portador (quem comprou a opção) desejar, ele poderá exercer.

Modelo Europeu

A principal característica do modelo europeu é: o portador da opção pode exercê-la somente no dia do vencimento. Isso … não importa que a opção não apresente liquidez para o desmonte da operação, não importa se ela já não tem um único centavo de gordura, não importa nada. O portador (quem comprou a opção) só poderá exercer o seu direito no dia do vencimento.

E o que isso tem a ver com as travas ?

Pequeno gafanhoto … pare e reflita por apenas alguns segundos … Tenho certeza que você chegará na conclusão desta questão.

Qual a principal vantagem de uma trava ? Você sabe, desde o início, qual será sua perda máxima em sua operação. Sim, desde o início. Afinal você sabe quanto precisará desembolsar para entregar as ações exercidas, bem como o valor recebido por elas. Um exemplo prático. Caso lance (venda) PETRC299 e trave (comprando) com PETRC309.

Você receberá (caso seja exercido) R$29,25 para cada opção exercida. Como está travado na C309, poderá exercê-las, pagando R$30,25 para cada opção em seu poder. Claro, estamos assumindo que o valor da ação exija que você faça isso, digamos … com a cotação a R$32. (assumindo também que não é mais válido comprar o papel no mercado, vender a C309, para obter sua gordura, etc etc etc)

Se o exercício acontecesse com a cotação abaixo dos R$30,25 você simplesmente compraria as PETR4 no mercado, venderia as PETRC309 e teria um prejuízo menor do que os R$1 (limite) da trava.

A parte boa é que isso pode ser feito a qualquer momento, afinal as duas são do tipo americano … Pronto, agora você entendeu onde quero chegar. Não ? 🙂

Sim, me diga … o que aconteceria, caso você fosse exercido há uma semana do vencimento e tivesse em mãos, uma operação com ponta travada do tipo europeu ? É … não poderia exercer esta opção antes do dia do vencimento. Sim, você teria uma trava que não trava por completo … Afinal existe o risco de ocorrer uma janela entre o exercício e o dia do vencimento em si.

Sim, eu sei que o exercício antecipado não é algo muito comum … Mas acontece. Eu já fui exercido antecipadamente umas 2 ou 3 vezes. (em mais de 15 anos operando com venda de opções) Parece pouco ? Mas o “pouco” pode lhe trazer muita dor de cabeça caso aconteça …

Portanto …

Na hora de montar sua trava, preste atenção se a ponta comprada dela é do tipo americano. É de fundamental importância que seja. A não ser, é claro, que a ponta vendida também o seja … 😉

Um pequeno detalhe … mas que pode te livrar de uma bela incomodação. 😀