Clube do Pai Rico
Adquira o seu agora mesmo!

#freeboyday – 1 ano depois

É … O tempo passa, o tempo voa … e a gravação do Joesley fez 1 ano.

Parece que foi ontem … (se bem que o mercado parece que “comemorou” como se fosse, com uma queda superior a 3%, a maior do ano)

Essa barrinha vermelha é o tal #freeboyday … Uma queda de -8,8% !

Eu não preciso fazer aquele resuminho mequetrefe do que foi o 18 de maio de 2017 … Né ? Todo mundo sabe que foi o dia seguinte à divulgação de uma matéria do O Globo, onde o Joesley (da friboi) alegava ter gravado o presidente Temer e que na gravação existiriam declarações bombásticas dele.

Pegou todo mundo de surpresa. Um Cisne Negro do tipo clássico ! Quem em sã consciência poderia imaginar que isso pudesse ser possível ? Quem poderia pensar que um presidente se encontraria com alguém, no “calar da noite”, num lugar “isolado”, com alguém suspeito (de ter vínculos fortes com políticos) sem nem ao menos um revista básica.

Caramba, é o presidente !! 😯

Cogitou-se o impeachment, a renúncia, um processo … mas no final, tudo ficou na mesma. E o Temer ainda está lá. 😀

O mercado recuperou-se da desabada de forma surpreendente. Depois de algumas semanas andando de lado (possível ver no gráfico acima), iniciou uma retomada da tendência de alta – muitos imploravam por uma correção que pudesse permitir a entrada dos “atrasados” – e nos levou para cima do nível anterior à denúncia. Nos levou para um novo topo histórico.

1 ano depois …

… te pergunto: de lá pra cá, o que mudou na sua forma de operar ?

O susto foi enorme. Muita gente se desesperou com o ocorrido. Ver seu patrimônio encolher 10% em um único dia é algo assustador para alguns. 20% (como ocorreu com a PETR4 na abertura) então … 🙄

Muitos disseram que não voltariam ao mercado, que aquilo só mostrava quão manipuladas as coisas eram, blá blá blá …

Neste período de 1 ano o índice subiu 36% ! (isso que ontem desabou, como já falei …)

Será que aqueles que tinham uma estratégia bem detalhada, um método de investimento, se “afetaram” com o evento ?

Você pode ter certeza: só reclamou do #freeboyday aquele que não tinha nem ideia do que estava fazendo na Bolsa … Aquele que investe na base do jeitão. No “eu acho que …” Ou seria “eu torço que …” ?

Quem sabe como as coisas funcionam, que tipo de risco existe, que tem uma estratégia estabelecida, provavelmente tenha agradecido pela oportunidade. 🙂

Não, não que uma queda de quase 10% não assuste … Só um robô para não ter emoção alguma diante do evento. Mas se você tem uma estratégia, que visa o longo prazo, e sabe como a Bolsa funciona, qual o motivo para desespero ?

Estou falando do #freeboyday mas …

… isso também vale para o dia de ontem.

Da mesma forma que você soube se “comportar” diante daquela hecatombe, saberá como proceder diante da queda de ontem.

Não, não sei te dizer se haverá uma recuperação na mesma velocidade ou proporção da que vimos. Mas sim, essa é uma possibilidade.

Bem como é uma possibilidade a de vermos novas quedas nos próximos dias.

Pergunte a quem tem uma estratégia estabelecida se ele está preocupado, de verdade, com isso. 😉

1 ano depois eu te pergunto:

De que forma aquele evento mudou sua forma de encarar o mercado ? Mudou ?

Qual foi a principal conclusão que você tirou do ocorrido ?

 

ps: tem mais alguém comemorando 1 ano 😉

COPOM surpreende e mantém SELIC inalterada em 6,5% ao ano

É … Sabe aquela coisa, quando você vai assistir a uma partida de futebol, já “sabendo” qual será o resultado, qual será o time que sairá de campo com a vitória, e depois que o jogo acaba você fica com cara de tacho por conta do resultado final?

Digamos que a reunião do COPOM, que se encerrou ontem de noite, trouxe sensação parecida … 🙄

O corte de 0,25 pp (e não amigos jornalistas, não seria 0,25% …) era dado como certo. Toda vez que o Ilan falava, era nessa direção que a informação vinha. Todas as declarações do COPOM vieram nessa linha …

Mas … Mas … Mas …

É, ficou tudo como estava: 6,5% ao ano

Sem choro, nem vela. Inflação tá baixa ? A atividade econômica volta a dar sinais de que está patinando ? A “recuperação” não deslancha ?

Não importa … O BC preferiu agir com cautela e ao invés de cortar a taxa, manteve tudo igual.

Surgiu um ingrediente mágico, explosivo, e inesperado na balança. A arrancada do dólar, dos R$3,20 para os R$3,70, em poucos dias, não tinha sido combinada. 🙁

E como você bem sabe, pois já sentiu na pele, uma alta no câmbio, nesta proporção, tem um efeito direto na inflação. Muita coisa é diretamente dependente de insumos vindos do exterior, e se o câmbio muda … o preço também muda.

Some-se a isso a forte alta apresentada pelo petróleo nos últimos dias. A somatória dólar + oil é explosiva para nós. Combustíveis subindo é aumento da inflação, e você sente isso de forma pesada.

Então, me diga: por quê se arriscar ? Pra que cortar a taxa, em um momento onde surgem sinais vindos de fora, sinais que não temos o mínimo controle, que não temos o mínimo poder de influência ?

Sim, eu achei uma atitude correta. 🙂

Prefiro parar por um instante, dar uma respirada, olhar com cuidado os próximos passos do câmbio, e se houver algum sinal de melhora ou de estabilidade, ai sim, numa próxima reunião, cortar os juros.

Já vivemos um período onde os cortes aconteciam por acontecer. Na base da porrada, da canetada. Do grito …

E deu no que deu … 🙄

Efeito para o mercado ? (Bolsa)

O mais provável é que a Bolsa sinta o impacto e apresente alguma queda após a manutenção da SELIC.

O corte era dado como certo pela ampla maioria do mercado e isso já estava nas contas de muita gente.

Não … 0,25 pp não fazem tannnnta diferença assim. (fazer faz, em breve falarei sobre isso) Mas com a mudança – da perspectiva – é preciso atualizar algumas projeções.

Zé, isso vai fazer com que o povo deixe de ir para a Bolsa ?

Olha … se deixar é por outro motivo. Com uma taxa anual de 6,5% você PRECISA ter parte do seu capital destinado aos investimentos alocado em renda variável. Você PRECISA ter parte do seu patrimônio na Bolsa. É praticamente a única forma de apimentar a rentabilidade da carteira.

Não, você não precisa (nem deve) migrar 100% da renda fixa para a Bolsa em sua estreia. Deve ir devagar, para sentir o terreno. 10%, 15%, 20% do patrimônio seria algo mais interessante para quem vai começar.

Acredito em uma correção do Ibovespa, nem que seja apenas para um “ajuste” de ideias. Os próximos passos surgirão em seguida. 😉

Mas me diga, você também se surpreendeu com a manutenção da SELIC em 6,5% ao ano ?

De volta para o futuro – II

Na semana passada eu te perguntei o que você diria a si mesmo se pudesse viajar no tempo. Uma única frase, uma única dica, uma única orientação.

Os mais variados tipos de conselho apareceram, como já era imaginado. 🙂

Algumas pessoas priorizaram a dica quente, pura e simples. Outras tentariam corrigir algum evento específico de seu passado, na tentativa de trazer um futuro desejado para a atualidade. Mas por que será que agiríamos assim ?

Vou tentar listar os principais tipos de viajantes do tempo para tirarmos proveito da experiência. 😉

 

#1 – o da dica quente

Quem não gostaria de receber aquela dica quente que poderia transformar sua vida para melhor. Muito melhor. Hein ?

Compre bitcoin“, “compre determinada ação“, no melhor estilho Biff Tannen de ser, muitos gostariam de ter a oportunidade de ganhar uma bolada instantaneamente graças à dica quente. Quem não gostaria ? 😀

Uma única tacada seria capaz de transformar a vida de qualquer um. Ou a de muitos …

Já pensou se a viagem no tempo não fosse uma exclusividade sua, e todos os viajantes pudessem dar a mesma dica que você estaria recebendo ? No mínimo uma bela confusão … Concorda ?

O preço da bitcoin, afinal essa foi a dica preferida, não teria chegado onde está com uma antecedência muito grande ? Será que chegaria ? Será que ainda existiria ?

Quem prioriza a dica quente, normalmente, é aquele que quer tudo para ontem. Não pensa em algo que pode ser construído aos poucos e que no futuro será gigante. Além disso … Mesmo se receber a dica quente, faturar alto, mas não tiver a preparação adequada, o que garante que poderá aproveitar por completo o resultado obtido ?

Quantas e quantas pessoas que ganharam verdadeiras fortunas na loteria viram o dinheiro simplesmente evaporar ? Um grande prêmio faz milagres, mas ele sozinho não garante o seu futuro.

 

#2 – mudar um evento específico

É … aquela menina, aquele concurso, aquele dia … Por que não voltar ao passado e dizer “Olha Doc, no dia tal você vai ser baleado e por conta disso morrerá. Que tal usar um colete à prova de balas ?”

Um conselho que poderá mudar a sua vida por completo. Podendo ter algum tipo de consequência em relação às suas finanças, ou não.

Quem preferiu usar sua oportunidade para isso, é porque tem dúvida sobre como poderia ter sido sua vida se aquilo tivesse acontecido. Provavelmente por não estar satisfeito com a direção que ela tomou … 🙁

Nada é garantia de que teria sido melhor. Mas a dúvida sobre como poderia ter sido atormenta até hoje.

Quem sabe essa mesma decisão não possa ser tomada hoje mesmo ? Não garantiria o presente idealizado, mas vai que o futuro será ?

 

#3 – mudar o futuro

A construção do futuro depende de suas decisões do seu passado. Ou ainda … (por que não) de hoje.

Leia Pai Rico Pai Pobre o quanto antes“, “não gaste tanto com roupas“, “economize e invista“, são coisas que você não pode fazer naquele momento, mas que hoje estão ao seu pleno alcance. Seria a dica que daria ao seu eu mais jovem, mas já é o que faz hoje ?

Quem escolheu esse tipo de orientação, é quem vê o quão importante tais eventos foram para o seu eu atual. Imaginar como teria sido se tivesse tido acesso alguns anos antes é fabuloso e incentivador. 🙂

Você que gostaria de fazer isso a si mesmo, faz com os mais novos que estão ao seu redor ? Você que viu quão importante foi a leitura de um livro, ou o acompanhamento diário do Clube (valeu João !!), para uma transformação atual, costuma indicá-los aos seus filhos, sobrinhos, ou às pessoas mais jovens que o cerca ?

Infelizmente não temos acesso a tal máquina ou oportunidade … Mas podemos fazer isso pelas pessoas que nos acompanham e que têm uma vida inteira pela frente. A dica quente não está acessível. A mudança de um evento específico também não … Já a preparação de um futuro fantástico … isso sim é possível. 😀

Lembre-se:

Embora ninguém possa voltar atrás e fazer um novo começo, qualquer um pode começar agora e fazer um novo fim.

Chico Xavier
(1910-2002)

 

 

E agora … você manteria sua frase ?

Educação Financeira agora é matéria obrigatória nas escolas !!

Sim, você pode comemorar !! 😀

Na última sexta-feira o Banco Central divulgou nota informando que agora era oficial, que a partir do próximo ano letivo o ensino da Educação Financeira faz parte da grade curricular do ensino fundamental. Um passo importante para que grande parte da população tenha acesso a uma ferramenta tão importante quanto essa. 🙂

Não, não será uma disciplina específica, como Português, Matemática ou História, mas algo que deverá ser apresentado em conjunto com as matérias “tradicionais”, entregando o conteúdo de forma natural e interligada.

Por exemplo, nas aulas de matemática poderão ser dados exemplos referentes ao uso do juro composto. Tanto do lado de quem toma o dinheiro emprestado quanto o de quem investe seu próprio dinheiro. Outro exemplo seriam nas aulas de história, onde a criação do dinheiro poderia ser apresentada em conjunto com o desenvolvimento da sociedade.

O problema é: sem termos uma “cadeira” específica de Educação Financeira, eu não consigo enxergar como o conteúdo a ser apresentado poderia ser expandido. Por exemplo: em qual disciplina seria incluída a criação de um orçamento doméstico ? E sobre os danos causados pela inflação em nosso patrimônio futuro ? Isso que não estou nem pensando que serão apresentados os tipos de investimento disponíveis, afinal será Educação Financeira de base para o ensino fundamental. (dos 6 aos 14 anos)

Pô Zé … tu já tinhas que encontrar problema né seu chato !

Não … Longe disso ! Estou realmente pensando em como esse universo poderia ser ampliado sem atrapalhar a entrega dos outros conteúdos das disciplinas …

Só tem uma coisa que me preocupa … Na verdade duas:

1) Qual será o tipo de preparação ou treinamento que os professores receberão antes de preparar as aulas ? Pois como bem sabemos o acesso aos principais conceitos de Educação Financeira é “restrito(não mate a narrativa !!) e muitos professores não tiveram a oportunidade de conhecê-los.

Dependendo das experiências do professor (ou até mesmo a falta delas), a compreensão do conteúdo pode ser prejudicada.

Por exemplo, nas aulas onde for abordado o tema juros e empréstimos, o professor levará em consideração que existem outras taxas que compõe o pedido de empréstimo ? Lembrará de falar aos alunos que além dos juros a pessoa tem que arcar com custos extras, como IOF e outras taxas que podem influenciar na taxa real ? A meu ver isso é até mesmo mais importante do que ensinar a calcular o percentual em si …

2) Como a ideologia política de cada professor pode influenciar a forma com que o conteúdo será apresentado …

Afinal de contas, como todos bem sabem, muitos professores de história e geografia tendem a ser mais ligados ao lado esquerdo da coisa. Se eles irão abordar o tema dinheiro, o que os impedirá de demonizar o assunto ? Dependendo do rumo que for dado, as crianças podem receber um conteúdo que poderá afastá-los (ainda mais) das reais oportunidades que o mundo dos investimentos pode proporcionar.

Vamos aguardar mais detalhes, como por exemplo a real “grade curricular” a ser apresentada. Enquanto isso, você pode dar uma olhada na notícia originalmente publicada no site do Banco Central. 😉

Como eu disse, é algo a ser comemorado. É um primeiro passo e toda jornada se inicia com ele. 😀

S&P rebaixa o rating brasileiro !!

Quarta-feira: a queda ocorrida no Ibovespa dá permissão para o início da tão aclamada correção no mercado local. Todos ansiosos por novas oportunidades após a forte alta vista no Rally de Natal.

Quinta-feira: ABORRRRRT !!!

Uma alta das boas faz com que o índice recupere as quedas de terça-feira e de quarta-feira. Quase consegue romper o atual topo histórico, próximo dos 79.400 pontos …

Penúltimo pregão antes do exercício de opções de janeiro. Só quem já passou algumas primaveras neste mercado sabe a força que eles têm. E pelo o que vimos ontem, mostra que a turma estava com vontade, que tinha a força necessária para fazer acontecer.

Ou …

Quinta-feira: (de noite)

BREAKING NEWS !! S&P rebaixa o rating brasileiro !!

É … Aquela notícia que tantos temiam no final do ano passado, que poderia adiar o Rally de Natal, e que por não vir pode proporcionar a alta vista, veio.

A pergunta que todos se fazem neste momento é a mais óbvia de todas. “Como o mercado irá reagir ?

Como eu disse, o mercado esperava pela notícia. Não será exatamente um surpresa. Mas … 🙄

A única coisa que eu sei é que hoje podemos ter um dia de fortes emoções. Sendo o último pregão negociável antes do vencimento de opções, com a divulgação do rebaixamento sendo feita com os mercados já fechados (as ADRs ainda eram negociadas no after market americano e passaram a operar em queda após a notícia), a proximidade do topo, a possível precificação do evento … Tudo isso promete acirrar os ânimos para hoje. 🙂

É garantia de queda ?

Não … No mercado não existe garantia de nada. 😉

Se a notícia tivesse ocorrido durante o pregão, com os negócios acontecendo, a reação poderia ser bem assustadora. Se tivesse sido assim, a reação normalmente é mais exagerada. (lembra quando houve o corte da Fitch durante o pregão ?)

A queda está afastada ? Não.

Então é dia de alta ? Não.

Então o que vem pela frente ? Não sei … 😀

Só sei que agora o mercado precisará digerir a notícia. Digamos que foi uma surpresa, mas que já era aguardada.

O que fazer !?

A única coisa que eu posso lhe dizer é: siga o seu plano original.

Acredito que você detalhou o que faria caso algo de diferente da sua expectativa inicial ocorresse. Não ? Você não especificou uma estratégia de STOP ? (se não fez, FAÇA !)

Pois então … A única coisa que você deve fazer é seguir o seu plano !

Pode ser que o seu plano seja comprar mais ações caso caia … Como eu disse, você tem um plano, cada um tem o seu próprio plano. 😉

O que não pode acontecer é você sair feito um desesperado para operar uma notícia que ocorreu com o mercado fechado. Aguarde os desdobramentos … Deixe o mercado andar. Deixe as coisas ficarem mais claras. Deixe a água rolar. 🙂

Como disse, era uma notícia esperada, que não veio na hora imaginada, mas que por algum motivo já pode até mesmo estar precificada. (confesso que não é exatamente o que eu acredito, mas …)

Então, sim, até mesmo uma alta é possível de acontecer. 😯

Mas Zé, o que você acha que vai acontecer ?

O que eu acho não importa. O Sr Mercado simplesmente ignora o que eu acho ou deixo de achar. Provavelmente ele dê gargalhadas em relação aos meus pensamentos. Ou simplesmente dê de ombros …

Isso não me afeta. Afinal de contas a minha “briga” não é com ele. A minha “briga” diária é comigo mesmo, tentando melhorar sempre e sempre. 😀

Até acredito que hoje será um dia de queda. Mas como acabei de dizer: “Who cares ?

Fique tranquilo. Tenha seus planos em mãos e siga em frente. 😉