Clube do Pai Rico
Solicite o seu agora mesmo!

Livros ||| A próxima grande depressão

Se você alguma vez achou que minhas análises têm um tom mais baixista leia este livro e veja o quão “belo” é o cenário que eu traço. Em “A próxima grande depressão” (Campus/Elsevier, 2011) temos a nítida impressão de que o apocalipse está próximo (#2012Feelings ?) e que seremos arrastados pela destruição que se aproxima. 😯

Sério … eu que sou urso assumido (ei, nada de pensar besteira, urso no sentido de operar mais na ponta da venda do que na da compra, ok ?) fiquei com um pé atrás com as previsões feitas no livro. Coisa para enlouquecer quem vai precisar da grana que está na bolsa – e que esteja amargando prejuízo – nos próximos anos …

O pior ? O autor usa dados que realmente fazem sentido, que não parecem ter sido escolhidos ao acaso, que – aparentemente – são verdadeiros e que o caminho da bolsa pelos próximos anos já está traçado. Claro … a amplitude do movimento apontado por ele pode estar errada, mas a direção das cotações parece não estar.

Quer se assustar ? Para Harry Dent o índice Dow Jones chegará perto dos 4.000 pontos !! (para lhe situar ele se encontra hoje, 26/01/12, na faixa dos 12.750 !!) E então, já juntou seu queixo ?

Tudo graças aos ciclos

Como disse, a previsão de Dent parece fazer sentido. Para chegar a tal catástrofe ele faz uso de diversos ciclos (já conhecidos e estudados …) que “coincidentemente” apresentam o seu ponto de inflexão justamente “agora”. Quando um ciclo chega ao fim o mercado em que ele “atua” acaba sentindo o peso da exaustão do movimento, do fim da procura.

Ciclo das commodities (30 anos); Ciclo de nova economia (80 anos); Ciclo demográfico;  Ciclo de tecnologia …

Por exemplo, o ciclo demográfico “rege” o ciclo de gastos da população. No momento estamos chegando no ápice da geração Baby Boom (já citado no livro “Profecias do Pai Rico“), com isso o ciclo das moradias sofre alteração, bem como o de gastos “como um todo”.

Fica difícil para que eu entre em maiores detalhes … pois são quase 350 páginas que explicam justamente isso, tentar resumir provavelmente só atrapalharia a compreensão do conceito …

E será que ele vai acertar ?

Ah ! Esse é um ponto importante a ser abordado … O livro foi escrito em 2008, justo quando as coisas pegavam fogo na crise do subprime.

Com essa informação em mãos sabemos que o autor “errou” na previsão ! 😯

Certamente esse é um prato cheio para os que não gostam de análises que tentam “prever o futuro”. Correto ? Pior que não … ele “errou”, mas a lista de acontecimentos parece estar sendo “perfeitamente” seguida, somente com um lag … nada mais. (as atitudes dos governos em relação à crise …)

Uma coisa que pode ter sido decisiva para o erro foi o fato de não ter sido levantada a hipótese de injetar dinheiro à rodo como vem sendo feito. (o que a meu ver só empurra o problema com a barriga e infla mais a “bolha”)

Vale a pena a leitura ?

Sim, vale. Muito ! Primeiro porque você é apresentado (ao menos eu fui …) a uma forma diferente de analisar as coisas. Segundo que, mesmo – possivelmente – errando, você recebe muita informação que poderá te auxiliar na tomada de decisão para os seus investimentos nos próximos anos.

Aprendi muita coisa diferente, que não está diretamente relacionada ao mercado financeiro mas que me trouxe uma bagagem cultural extra. 🙂

Nota do Site:

4 Moedas

A próxima grande depressão
Harry Dent

Editora: Campus Elsevier
Ano: 2009
Edição: 1
Número de páginas: 360
Acabamento: Brochura
Formato: Médio