Clube do Pai Rico
Solicite o seu agora mesmo!

Sell in may and go away ! (v.2019)

Sim !! O já tradicional post anual do Clube do Pai Rico está de volta ! Mais um ano se passou e é chegada a hora de iniciarmos o acompanhamento do “sell in may and go away” de 2019 !

Depois de mais um ano onde a estratégia falhou, estamos acompanhando desde o ano 2.000, e neste período o desempenho da Bovespa se resume em: 8 quedas, 6 altas e 5 anos de estabilidade. Em 2018 foi por pouco … +1,5% de alta, mas foi alta. 😀

2018 foi marcado pela greve dos caminhoneiros, e o triplo twist carpado da Petrobras, levando o Ibovespa aos 69 mil pontos. Em seguida tivemos a eleição presidencial, que fez o índice se recuperar, indo até os 91 mil pontos ! Junte a tudo isso uma correção dos mercados mundiais nas últimas semanas dos ano e vemos o índice testando os 84 mil pontos.

É, 2018 foi um ano de MUITA volatilidade … 🙂

Se a estratégia funciona ?

No período tivemos 42% de acerto “direto”, com quedas mais interessantes. Mas se levarmos em consideração os anos em que o índice não se mexeu, o que permitiria que você alocasse sua carteira em investimentos de renda fixa e com isso garantisse alguma valorização no período, o índice de acertos saltaria para mais de 68% de acerto ! 😯

Sim, eu acho que ao menos desconfiar de sua serventia você deve … 😉

Se olharmos apenas o mês de maio (que não é exatamente o que a estratégia indica), tivemos um mês de queda de 2010 até 2018. Sim, 100% de acerto. 100% de queda.

Qual será o nosso ponto de referência em 2019 ?

Uma chuva de estrelas no topo do gráfico mensal. Não, isso não é um bom sinal. 🙁

O nosso ponto de partida para 2019 será a marca de 96.353 pontos.

O que podemos encontrar no gráfico acima ?

IFR se aproximando da zona de sobrecompra;
– As 3 estrelas que falei antes …;
– Uma LTB (que poderá ser melhor observada nos próximos gráficos) bem perto da cotação atual e rompida recentemente.

Mas o mais incrível de tudo é isso:

Sim, maio de 2018 também nos brindava com 3 estrelas no topo !!! 😯

O IFR estava um pouco mais esticado do que em 2019 … Mas o atual não é de se ignorar.

Dando uma olhada no semanal:

Que bela lateralização, hein ? Praticamente desde janeiro !!!

Sim, com limites amplos, mas pode olhar e constatar que andamos, andamos e andamos, e não saímos do lugar …

(não, o doji não pode ser levado em consideração, pois a barra atual ainda está em formação)

Vamos olhar no diário qual pode vir a ser o ponto de definição ?

O ponto de virada “imediata” apareceu no candle de segunda-feira passada, onde sua mínima, os 96 mil pontos, precisavam ser respeitados para que não viesse uma correção …

Perdeu os 96 mil, com uma recuperação da marca no próprio pregão. Mas porteira ficou aberta … 🙄

Olhando o gráfico acima, temos a região dos 92 mil pontos como a zona de guerra do Ibovespa. É ele que separa o índice de uma simples correção, de algo maior.

É … a perda dos 92 mil pontos permitiria uma correção maior, até a faixa dos 85 mil pontos … 😯

De olhooooooo

Fiquemos atentos nos 92.000 e nos 85.000 pontos. E nos vemos em breve ! 😉

Não conseguiu entender direito o que foi dito aqui no post ? Indico que você leia o nosso e-book “Como o Zé ganha na Bolsa“. Solicite o seu, é de graça !!! 😀