Clube do Pai Rico
Solicite o seu agora mesmo!

Todos contra os rentistas !!!

Agora você entende o problema que é o rentismo. Imagine que nesse grupo aí, um resolvesse cobrar juros (cobrar sem ter produzido)? O ciclo parava no meio e embananava tudo. Temos de combater o rentismo, o Brasil é para de quem trabalha.

 

(esta foi uma mensagem deixada em um comentário de um post aqui do Clube)

Então ninguém poderia se aposentar ?

Não conte pra ninguém, mas as aposentadorias são pagas desta forma … A pessoa acumula um determinado capital durante sua vida de trabalho (seja de forma particular ou através do INSS), essa grana fica lá acumulando e rendendo, até chegar o momento da aposentadoria, onde a pessoa vai sobreviver com a grana originada dos rendimentos do que foi acumulado …

É … TODOS os aposentados sobrevivem como rentistas. Legal né ?

Ops … quer dizer … deveriam sobreviver. Não é o que vem acontecendo na pirâmide que forma o sistema previdenciário brasileiro.

Quer você queira acreditar, ou não, mas aqui no Brasil, as aposentadorias são pagas com a grana obtida com as contribuições de quem ainda está na ativa. É … quem está trabalhando está custeando quem está aposentado.

Pior: além de serem os da ativa que custeiam os aposentados, o sistema previdenciário brasileiro tem um déficit aproximado de R$300 bilhões anuais. Então, todos juntos cobrimos o rombo das aposentadorias …

É um discurso muito bonito esse de “malditos rentistas que apenas mamam nas tetas do governo !!“. Na verdade, é o (des)governo que mama nas tetas dos rentistas, que colocam seu dinheiro, suas poupanças, suas economias, em títulos do tesouro, na expectativa de rendimentos futuros, para bancar os gastos (exagerados …) do governo.

Sabia que se não houvessem “rentistas” o governo não teria como arcar com os gastos ? É … ele precisa recorrer aos empréstimos (que é o que acontece na hora em que alguém troca um título do tesouro por dinheiro) para “fechar as contas”.

Quer acabar com a “vida fácil dos rentistas” ? Comecemos então pela racionalização dos gastos governamentais !!

Mas voltando ao papo “fora rentistas”, qual seria a tua sugestão para que as aposentadorias fossem pagas então ? Como disse, num sistema previdenciário sério, as aposentadorias são pagas com os rendimentos do que o trabalhador acumulou durante sua etapa “produtiva”. Todos os meses ele deposita um determinado valor (seja em uma conta própria, seja através do INSS), onde o valor vai aumentando e rendendo. Lááá na hora de se aposentar, a pessoa para de contribuir e passa a “comer” parte do bolo todos os meses.

O ideal é que retire apenas o rendimento real daquele bolo, deixando o original lá, rendendo. Ops … não pode render, eu me esqueci disso …

Sabe o que aconteceria neste caso ? Sabe o que aconteceria se essa “utopia” sugerida existisse ? Ninguém mais poderia se aposentar. Todos precisariam trabalhar eternamente, afinal de contas o Brasil é para quem trabalha. Não é mesmo ?

O que as pessoas que defendem essa ideia maluca de “fora rentistas” precisam entender, de uma vez por todas, é que TODOS NÓS somos rentistas. TODOS !

Esqueça aquela ideia idiota que te falaram, que quem come os recursos do “governo” (que não é do governo, é seu e meu) são os bancos. Não, não são os bancos !! Quem recebe essa grana somos todos nós que temos algum tipo de aplicação, e sim … a tua aposentadoria é uma destas aplicações.

Ou, como disse, deveria ser …

Todo fundo de pensão aplica o dinheiro de seus integrantes em títulos do tesouro, para poder pagar suas aposentadorias. Estes aposentados são os rentistas demoníacos que você se refere ?

Ou existem os maus rentistas e os bons ?

Sério … esqueça esse papinho de que os rentistas são o problema do país. Quem eles são ? São os que mamam nas tetas do governo … os que têm regalias mil …

De novo: se o Brasil é para quem trabalha, abaixo os rentistas, devemos apoiar a ideia de que ninguém mais deva se aposentar e todos deveriam trabalhar até o último dia de suas vidas ?

Quero investir mas não consigo juntar dinheiro. Onde estou errando ?

Não, você não precisa ter vergonha. Na verdade admitir que esse é o seu problema lhe ajudará, e muito, na sua jornada.

Acredite: querer investir, mas não ter dinheiro para fazê-lo é algo MUITO mais comum do que você pode imaginar. Em alguns casos a culpa é realmente da pessoa … Noutros é da situação … (e por situação entenda como sendo a realidade de nosso país)

Muitos colocam a culpa da falta de investimento da população no baixo índice de educação financeira dela. Outros colocam nos hábitos consumistas que caracterizam a sociedade ocidental. Alguns ainda jogam pro colo do Estado mãezona …

Mas te garanto, quanto mais cedo você assumir as rédeas, quanto antes dizer “eu sou o real responsável por tudo o que acontece comigo“, mais cedo encontraremos uma solução. 😉

Sim, tudo isso que eu falei são motivos e justificavas para deixar de investir. Mas não adianta ficar procurando desculpas, tentando encontrar muletas para servir de apoio para algo que você poderia reverter. Sim, pode.

Basicamente são dois os motivos que te impedem de ter dinheiro para investir: ou você ganha muito pouco, insuficiente para cobrir seu orçamento mensal com o mínimo de “dignidade(que não é a palavra que eu gostaria de usar, mas por falta da correta é a que foi usada); ou você gasta mal aquilo que ganha.

#1 Gastando mal … como sobrará alguma coisa ?

Não existe mágica: se você fizer mau uso do dinheiro, gastando de forma errada, naquilo que não precisa; ou gastando de forma a aparentar algo que não é, para pessoas que não se importam com quem você realmente seja, não será possível ter dinheiro para investir no final do mês.

Ok Ok Ok … você pode ser um dos poucos afortunados que formam a casta superior brasileira e com isso tem acesso a uma renda mensal superior a R$20 mil, R$30 mil, e isso te dá espaço para ter alguma sobra de capital para investimento. Acredite: mesmo nesse grupo a realidade é outra … Mesmo na faixa da população que tem acesso a um rendimento mensal desse porte, a falta de investimentos constantes é mais comum do que deveria ser.

Pessoas que ganham MUITO dinheiro, mas o usam de forma MUITO errada. (e não, não estou querendo julgar ninguém … mas já julgando)

Quantas e quantas pessoas que ganham verdadeiras fortunas e ainda assim estão afundadas em dívidas ? O crédito consignado, que era algo – teoricamente – para ajudar, foi a pá de cal para muitas delas. Uma promessa de dinheiro fácil e barato, quem não gostaria ? …

Mas o mau uso do dinheiro no orçamento doméstico não é exclusividade desse grupo. Pessoas que ganham BEM menos e gastam como se ganhassem BEM mais é o que mais vemos. Vai dizer que você não conhece pessoas que ganham R$4 mil, R$5 mil e têm carros de mais de R$100 mil ? É … acredite.

Ou então aquela pessoa que ganha pouco mais de R$1 mil, mas que tem um iPhone de última geração ?

Ou então aquela pessoa que vai no shopping e sai de lá com trocentas sacolas ?

Ou então aquela pessoa que vai todo final de semana almoçar e jantar fora ?

Ou então aquela pessoa que viaja pra fora 3x por ano ?

Ou então … tá, você entendeu.

Não, não é que não mereçamos esse tipo de “mimo” … O problema é que as pessoas estão tão mimadas que se mimam com coisas que não poderiam ter, só porquê … não podem ter. É, se “presenteiam” para se recompensarem por terem uma vida puxada e difícil, gastando o que não têm, e se esforçam ainda mais para poder pagar por aqui.

Vai sobrar dinheiro para investir ? Como !? 🙄

#2 Ganha mal ? E o que está fazendo para mudar a sua realidade ?

Do outro lado temos o grupo dos que ganham pouco … “90%” da população brasileira poderia se enquadrar neste perfil. (o pior que isso deve ser literal)

A realidade brasileira é sofrível. Ganhamos pouco, gastamos muito para manter o Estado, e não recebemos nada em troca. Com isso precisamos arcar com despesas de forma dobrada. Pagamos para o Estado nos entregar saúde, educação, segurança, etc etc etc, de qualidade, mas acabamos precisando buscar na iniciativa privada a saúde, educação, segurança, etc etc etc, que o Estado não fornece.

Então, com o pouco que ganhamos, manter as coisas em ordem é tarefa Hercúlea. 🙁

Essa é a verdade. Essa é a realidade. Simples e direto assim.

Como eu disse, 90% da população enfrenta essa realidade. Pouco dinheiro … Mas se juntarmos a esse grupo o mau uso do dinheiro BOOM !! Como … Como investir !?

O que fazer então ?

Não existe milagre, você precisará se envolver nas duas tarefas: melhorar a forma com que gasta o que ganha e aumentar as receitas. É a única forma possível para você gerar um Fluxo de Caixa positivo que te permitirá investir. (esse é um outro problema … o brasileiro, em sua maioria, sempre está esperando por um milagre …)

Use de forma consciente. Use somente com aquilo que precisa. Esqueça o “eles vão ver, vou comprar tal coisa pra mostrar que eu posso !”, pois isso não te leva a nada. Valorize o que tem, mesmo que seja o pouco que tem. Faça um planejamento adequado. Pense no hoje e no amanhã, não jogue para os outros as suas responsabilidades.

Tente encontrar maneiras de ampliar seus ganhos. Outras fontes de renda, outros serviços que poderiam ser feitos fora do horário. A tão mal falada reforma trabalhista ajudou MUITO nesse quesito. Como disse, não existe milagre … ou você faz a sua parte ou a coisa não anda.

Lembre-se: Quer ganhar mais dinheiro ? Então … ESTUDE mais ! Isso é comprovado !! Quem tem mais tempo de estudo, maior nível educacional, ganha mais dinheiro. Esqueça os “gurus” que alardeiam aos quatro ventos que IBM, Apple, Google, etc etc etc, estão deixando de contratar pessoas formadas em uma universidade. A realidade é outra, ainda mais aqui no Brasil.

Estude !! ESTUDE !!!! ESTUDEEEEE !!!

Sim, você vai precisar se dedicar, se esforçar, se cansar, ficará exausto possivelmente … Mas em algum momento da sua vida isso será necessário, e sim, também será recompensado. 🙂

Você quer investir mas não tem dinheiro ? Me diga então o que precisa fazer: ganhar mais ou usar melhor o que ganha ? E mais: o que irá fazer: ganhar mais ou usar melhor o que ganha ?

Se o que eu falei te acertou em cheio … me desculpe. Esse é o tipo de verdade que precisa ser dita e que poucos serão amigos o suficiente para te dizer. Esse é o Clube. Esse é o Zé. 😉

Mas uma coisa eu te garanto: estou aqui diariamente, disposto a te ajudar no que for preciso para que você consiga atingir o seu objetivo. 😀

Boa sorte !! 😉

Leituras sugeridas:

– Existe algum investimento que tenha um retorno 100% garantido, de verdade ?
– Quer ganhar mais dinheiro ? Então … ESTUDE mais !
– Como sair da pobreza absoluta e se tornar um milionário da noite para o dia ?

Existe algum investimento que tenha um retorno 100% garantido, de verdade ?

Pergunta:

Prezados,

Existe algum tipo de investimento baixo e com retorno \”garantido\”?
Ou existe algum tipo de curso ou treinamento que ensine os leigos a investir?

Grato,
Walter

Resposta:

Bom dia Walter,

Esta é uma regra básica do mundo dos investimentos: todo e qualquer investimento tem um determinado nível de risco (de perdas) atrelado a ele. É aquela história, aquele ditado que diz que o risco é proporcional ao retorno oferecido, lembra?

Mas … como toda boa regra, existe uma brecha nesta também. Sim, existe um investimento (e somente um único investimento) que é capaz de lhe proporcionar retorno garantido, em 100% dos casos, quando decidimos investir nele. Não, esse não é papo de vendedor, não é conto de fadas, não é nada disso. É apenas a mais pura verdade.

A melhor parte desta história, é que este único investimento 100% livre de risco é um investimento do tipo renda variável. Sim, nada de renda fixa … Ele é do tipo de investimento que lhe permite acessar um nível de retorno muito acima da média. E o melhor, mantendo risco zero.

Outra característica muito interessante dele, é que você tem a capacidade de nunca ficar de fora da “mesa“. É um investimento que lhe permite investir cada vez mais alto, nunca ficando sem “fichas” para continuar “apostando” em uma nova oportunidade. Basta que você queira continuar investindo e tudo está pronto para que você continue lá.

Você duvida ? Não acredita que possa existir tal coisa ? Acha que para ter acesso a ele precisará investir verdadeiras fortunas, pois ele – provavelmente – só está disponível aos investidores com maior poder financeiro, que somente investidores qualificados é que têm permissão para destinar seus recursos para ele ?

Está muito enganado … Este investimento está disponível para todos, independente da situação financeira do interessado. Você consegue imaginar algo que seja tão bom assim ?

Pois bem … este investimento é a EDUCAÇÃO ! Sim, a boa e velha educação. O verdadeiro motor que move todas as coisas, o conhecimento. Quanto mais você investe nele, maiores são as chances de você crescer. Quanto mais você investe, mais ganha. E nunca, nunca mesmo, perderá o que aprendeu. 🙂

Você tenta uma primeira vez. Pode até mesmo não ganhar nada com isso … Mas não perderá o que foi adquirido, ficará lá, guardadinho para um momento mais oportuno. Aquilo que aprendeu poderá ser usado a qualquer momento, basta a situação precisar. Não deu certo ? Volte à “mesa“, estude um pouco mais. Faça um “preço médio” com aquilo que já aprendeu, aumente sua aposta, suas chances aumentarão exponencialmente !

E o melhor de tudo é que as alternativas de investimento nesta modalidade são infinitas e disponíveis para todos os gostos, para todos os bolsos. Não tem muito para investir ? Sem problemas ! Provavelmente encontrará uma “mesa” que não lhe cobre absolutamente nada para entrar naquela “partida“. Tem um pouco mais de grana disponível ? Poderá participar de uma “mesa” um pouco maior, com “jogadores” mais experientes, com possibilidades de ganho ainda maiores.

Não deu certo de novo ? Sem problemas, você continua melhorando o seu “preço médio“. Sua carteira de conhecimento aumentará a cada nova investida. Não há perdas neste caso.

Sério ! Invista, sem medo, em sua educação. Seja ela financeira ou profissional. O retorno é 100% garantido. Pode até não acontecer de forma instantânea … Mas o que você conseguiu acumular será usado a seu favor, em benefício próprio, quando menos você esperar.

Este é um daqueles casos onde o fator sorte fala alto, muito alto. Sabe ?

 

Sorte é estar preparado para a oportunidade quando ela aparece.

Disrael

Espero ter lhe ajudado. 😉

Abraços !

Exercício de Reflexão: do que você NÃO abriria mão ?

A situação econômica de muitas famílias brasileiras continua delicada em decorrência da grave crise herdada da 1ª fase do (des)governo da dona mandioca. Muitos se enganam ao afirmar que as coisas melhoraram, que o crescimento já pode se visto, que o pior já passou.

Ok … talvez o pior já tenha realmente passado. Talvez já tenhamos parado de cavar mais fundo. Mas, voltar a crescer ? Não … isso eu ainda não vejo.

São tantas empresas e negócios que vejo fechando diariamente, tantos pontos comerciais vagos e vagando. Tantas pessoas que ainda estão perdendo seus empregos, que não temos como dizer que a recuperação se faz presente.

Todo esse cenário acaba afetando diretamente a vida das famílias. Seja por conta da perda do emprego e a não recuperação dele, seja por conta da manutenção do trabalho mas sem ganhos reais. O problema é que em todos os casos as contas não param e elas não param de crescer …

Sim, um crescimento acima da inflação. Exemplo ? Energia elétrica subindo perto de 15% ao ano … Planos de saúde na mesma faixa … Educação dos filhos … Isso sem contar com TODO o resto. É, os índices de inflação são tão generalistas que não se aplicam à realidade de praticamente ninguém.

Como lidar com essa conta que não fecha ? De um lado os gastos aumentando … Do outro a renda paralisada ou encolhendo. (isso quando não desapareceu de vez …)

Como manter as coisas em dia se a situação não melhora ?

“O colchão de segurança !” Ok … Em alguns casos, alguns usos, você poderá usar parte do valor que lá foi acumulado. Só tome cuidado para não cair na besteira de justificar qualquer gasto “tolo”, como tendo origem na crise e por isso é um gasto emergencial. 😉

Mas, quer você queira, ou não, em algum momento será preciso cortar gastos “desnecessários”. Você precisará enxugar o seu orçamento. Precisará trazer as coisas para algo mais perto da sua realidade atual.

Correto ?

Sim, correto. Você não poderá permanecer consumindo como consumia antes, pois o seu orçamento agora é outro. Ajustes se fazem necessários … sempre.

E neste momento eu repito a proposta que dá título a este post: do que você NÃO abriria mão ?

Quais seriam os gastos que hoje formam o seu orçamento que você não cortaria “por nada” ? Lembre-se: cortar … não me refiro a procurar um equivalente ou semelhante. Ok ? 🙂

Escola dos filhos ? Academia ? Carro ? Casa ? Alimentação ? Plano de saúde ? Viagens ? Curso de idiomas ? Salão de beleza ? Roupas ? Presentes ? Festas ? Happy Hour ? Celular ? Internet ? TV a cabo ? Ar condicionado ?

Por quê ?

Podemos expandir um pouco o exercício: da lista acima, quais seriam os primeiros itens a se cortar ?

Como disse, é um exercício de reflexão. Não importa se (felizmente) não é a sua situação atual. Encare como sendo um exercício de preparação para o pior. 😉

Sim … pior. Lembra que sempre devemos ter um Plano B em mãos ? 😀

A Copa começa hoje !!!! Já está preparado ?

Se tem uma coisa que “une” todos os brasileiros, é a Copa do Mundo de Futebol.

Não importa a região que more, a classe social ou o partido que torce, todos esperam – ansiosamente – o evento que ocorre de 4 em 4 anos. E não me diga que você não dá bola … Garanto que já até combinou com os amigos a programação oficial dos jogos do Brasil !! (onde verá, qual será o cardápio, etc etc etc)

É … brasileiro ama futebol acima de tudo. Até dele mesmo … 🙁

Quer ver como é verdade ?

Você provavelmente saiba de cor todas as seleções que estarão participando da Copa do Mundo da Rússia. Se bobear, sabe a escalação de cada uma das 34 seleções. Se duvidar … até mesmo quem estará no banco de reserva.

Das principais seleções, já sabe os pontos fortes e os fracos. Quais são os destaques, as surpresas, os “jogou onde ?” desses times. Sabe em quais clubes os jogadores atuam, qual foi a média de gols, o salário, o valor do passe … até como anda o namoro/casamento de cada um deles. 🙄

E os investimentos que fez para assistir os jogos ? Trocou o sofá ? E a TV ? Fez um estoque de petiscos e bebidas ? Pesquisou direitinho antes de comprar, né ? 😉

É simplesmente sensacional como nós nos dedicamos, de corpo e alma, ao futebol. Especialmente à Copa do Mundo

Ah !! E como não esquecer da febre que foi/é o álbum da Copa !?!? 😯

A “criançada” endoida com isso. Os pais se esforçam para participar da brincadeira e ajudar suas crias na hora de completar a coleção. Gastou quanto pra isso ? Uns R$500, R$600 ?

Graças a Deus que existe a Copa do Mundo !!!!

Tá, agora corta para a realidade …

Você já me conhece, é claro que eu não estou falando isso de uma forma séria. Por mais que 99% de vocês realmente encarem tudo isso que eu falei desta forma. 🙁

Eu fico impressionado com o “valor” que damos ao futebol. Falei sobre os investimentos que grande parte fez nos preparativos para os jogos. Consegue imaginar o quanto gastaram com isso ? Agora me diga: quanto você gastou em sua formação como investidor ? Quanto destinou aos cursos que podem te preparar para uma mudança radical em sua forma de ganhar dinheiro ?

Comprou o álbum ? Gastou perto do valor que eu disse ? E quanto gastou em livros sobre finanças ? Hein ? 🙄

Conhece as seleções que irão participar ? Os pontos fortes e fracos de cada uma ? E os tipos de investimento que estão disponíveis para o seu perfil de investidor ? Conhece quais ? Sabe as vantagens e desvantagens de cada um deles ? Quando foi a última vez que parou para conversar com um amigo sobre algum tipo de investimento ?

Fica horas na frente da TV acompanhando uma partida do campeonato nacional do Zimbábue ? Quando foi a última vez que você parou para acompanhar o mercado, as cotações da Bolsa ? Do mesmo jeito que você não conhecia nenhum daqueles jogadores antes de começar a acompanhar, é isso o que acontece em relação às ações …

Sério … Você dá a mesma atenção à sua Educação Financeira que dá ao futebol ? Você sabe que o futebol não te levará a lugar algum, não é mesmo ? Já o investimento que é feito em você mesmo, nas suas finanças, seja estudando sobre finanças pessoais, investimentos, educação financeira de base, etc, tem consequências diretas no seu futuro !!

Me diga:

Do que adianta saber que o Beckham, capitão do time da Inglaterra nesta Copa, é casado com uma Spice Girl, se não sabe que o Tesouro IPCA é um dos poucos investimentos que te garante um retorno real ? (garante, garante, garante)

Do que adianta saber que a Alemanha tem 63,7% de chances de ser a campeã deste ano, se não sabe que a SELIC hoje é de 6,5% …

Do que adianta que Zagalo foi campeão tem 13 letras, se não sabe as letras que formam o ticker das ações preferenciais da Petrobras ?

Sério … Dedique parte da energia e atenção que você dá ao futebol às suas finanças. Será muito melhor termos um país campeão nesta área do que no futebol. Até mesmo porque haverão aqueles que continuarão se dedicando ao futebol …

Faça uma promessa a si mesmo: nos próximos 4 anos você dedicará parte do tempo que dedica ao futebol, ao estudo sobre investimentos. Fechado parça ?

 

ps: o jogo dos “7” erros tá valendo !! (responda nos comentários) 😉