Clube do Pai Rico
Solicite o seu agora mesmo!

Alavancagem – O que o Zé faz para ganhar dinheiro na Bolsa de Valores ?

Como eu havia dito no último post desta série, os textos envolvendo a apresentação das ferramentas gráficas que uso em minhas análises acabaram, o restante da série – que já está quase acabando … – focará outros pontos que envolvem minhas operações.

No texto de hoje: Alavancagem !

Mas, o que é alavancagem ?

O termo alavancagem significa resumidamente “fazer mais com menos”. Pode ser uma alavancagem operacional, onde você conta com a mão de obra de outras pessoas para realizar a tarefa em menos tempo, podendo desta forma produzir mais, ou uma alavancagem financeira, onde com uma quantia x de dinheiro pode realizar operações que envolvem n vezes x.

Na operacional pudemos ver há algumas décadas uma re-alavancagem, usando robôs no lugar de trabalhadores. O que fez com que a produção fosse aumentada e o tempo necessário fosse diminuído. Mas não é esse o tipo que nos interessa hoje, a mais importante para nós é a financeira. O que você acha de poder realizar investimentos de milhões de reais com apenas poucos milhares ? (tá … estou exagerando um pouco … mas nem tanto quanto você imagina que eu esteja)

A alavancagem financeira é permitida de diversas formas, dentre elas o empréstimo, pois você trabalha hoje com o dinheiro dos outros pagando no futuro, e de preferência em parcelas suaves … mas essa ainda não é a forma de alavancagem que “usarei” hoje. 😉

A alavancagem em bolsa

Até hoje fiz uso desta ferramenta de investimento em dois tipos de operação: Aluguel de ações e Opções. (ainda existe uma terceira possibilidade, que é a operação a termo, mas sobre isso não vou falar pois nunca usei)

– ” Aluguel de ações como alavancagem, como assim ? “. Simples ! Já viu o valor necessário para se deixar de margem para este tipo de operação ? Normalmente gira em torno de 15% do valor que lhe foi emprestado … portanto “se você somar 2+2” verá que é possível se alugar uma posição maior do poderia operar no caso de uma compra. Correto ? (para refrescar a memória em relação a operações de aluguel, mais especificamente a operação de venda de ações alugadas)

Já para opções a alavancagem é “mais clara”, afinal você poderá operar com lotes muitas vezes superior ao que poderia se fosse operar ações, por causa da natureza delas. Não vou aprofundar muito o lado explicativo das opções pois este será o assunto do post da semana que vem, hehehe. Um detalhe, a operação com opções possibilita uma alavancagem nas duas pontas, tanto para operações de compra quanto para as de venda.

O problema é que a alavancagem funciona tanto para o “bem” quanto para o “mal”. Afinal, você estará operando com lotes muito maiores do que poderia, correto ? No caso de sua operação dar certo … que maravilha … mas e se der errado ? O prejuízo virá na mesma proporção ! E é ai que mora o perigo …

A minha experiência

Tenho boas histórias para contar, tanto de um lado (o vencedor), quanto no outro … (o perdedor).

Durante muito tempo realizei vendas alavancadas, em 3x o meu capital. Por exemplo, se tinha dinheiro para comprar 1.000 Vale5 operava na venda com 3.000. Era uma maravilha, média de 10% ao mês (viram como é fácil ganhar dinheiro em operações alavancadas ?) por quase 1 ano ! Nunca ganhei tanto dinheiro como naquela época. Operava única e exclusivamente com Telemar, olhando apenas para o gráfico diário, em média uma operação por mês. E o incrível é que nenhuma operação deu errado … foi 100% de acerto ! Até que … resolvi olhar para uma outra ação: ELET6 … (dá até calafrios, só de escrever …)

Conhece a história de que “time que está vencendo não se mexe” ? Não deveria ter mudado … deveria ter permanecido somente com as minhas Telemar …

Resumo da ópera: Perdi tudo o que tinha, e mais um pouco. Sim … é possível você perder mais do que tinha … Mas hoje já me recuperei, sem contar a lição que foi aprendida nesse episódio. Mas esse fato foi um marco em minha vida, divido tudo em “antes” e “depois” da ELET6.

Com opções a experiência já é melhor, só o lado bom da história. Mas isso provavelmente só ocorreu porque meu pai passou por uma experiência parecida com a que tive neste caso da venda, com compra de opções. Por ele ter passado o que passou eu aprendi a lição por “osmose”. (sim, sei que o termo é errado, mas é o termo usado, hehehe)

Em opções tenho a experiência de venda coberta, compra seca e venda descoberta. Só não as usei em operações mais complexas. Mas para o item alavancagem falarei somente das operações de compra seca e venda descoberta.

Na venda de opções descobertas, opero somente no curtíssimo prazo. Sempre analisando os gráficos intraday – normalmente o de 60 minutos. Já na ponta compradora opero das duas formas, operações de curto e de prazo mais longo, dependendo do que o mercado me oferece. Uma das melhores partes desse tipo de operação – a meu ver – é que além da alavancagem oferecida, posso fazer um gerenciamento de risco financeiro bem mais direto.

Os dois lados da moeda

Como você pode ver, a alavancagem pode te trazer muitas flores, porém se mal usado pode trazer espinhos …

No caso da derrota ocasionada pela venda alugada, meu maior erro foi não ter usado o STOP. (lembra o quanto sofri até conseguir usa-lo ?) Graças a esta estupidez perdi todo o meu capital, e o pior, a operação só parou porque o capital também acabou … se não tivesse existido essa barreira, se o prejuízo pudesse crescer indefinidamente, eu poderia estar até agora naquela operação …

Mas como disse, graças a ela também tive várias lições, concordo que o custo foi meio alto … mas tudo bem. Hoje dificilmente passo de uma alavancagem de 2x neste tipo de operação, além de que a alavancagem só é feita a partir do momento em que a operação começa a dar lucro. (antes vendia tudo num preço único)

Não tenha medo de usar a alavancagem como ferramenta de velocidade (afinal os lucros virão mais rápido em caso de acerto), apenas saiba respeitá-la. Mesmo tendo levado essa incrível porrada, ela continua fazendo parte dos meus planos. 😉

Abraços ! E acompanhem semanalmente a série. Aconselho a todos que assinem o Feed RSS e o Twitter, pois desta forma serão sempre avisados quando um novo texto for publicado.

Outros textos desta série:

Um resumão de tudo o que já passei

Não sabendo de nada, segui os outros …

A minha escolha: Análise Gráfica !

STOP !!

Um estranho no ninho

Suportes e Resistências

Candlestick

Volume

Médias Móveis

Fibonacci

IFR

Bollinger Bands